Justiça Federal não pode processar governador Cid Gomes por contratar Ivete Sangalo

Carlos Newton

Não é difícil entender por que a Justiça Federal do Ceará não aceitou a ação civil pública ingressada pelo Ministério Público Federal, com objetivo de fazer  o governador Cid Gomes (PSB) devolva os R$ 650 mil pagos como cachê à cantora Ivete Sangalo, para inaugurar um hospital. O show aconteceu no último dia 18 durante inauguração de um hospital estadual em Sobral (240 km de Fortaleza), terra dos irmãos Cid e Ciro Gomes. A obra custou R$ 227 milhões.

Ditador cearense…

Na semana passada, o Ministério Público Federal no Ceará entrou na Justiça contra o governador do Estado pedindo a devolução do dinheiro. Mas a juíza Elise Avesque, responsável pelo caso, alegou que a Justiça Federal não tem competência para julgar a ação, já que não foi utilizado dinheiro federal para realizar o pagamento do cachê da cantora. O caso foi devolvido ao Ministério Público Federal.

A juíza tem toda razão. O processo deve ser movido na Justiça estadual, numa Vara da Fazenda Pública. Qualquer cidadão pode fazê-lo, inclusive algum a membro do Ministério Público Federal. A única exigência é de que o autor da ação seja eleitor. E não são cobradas custas judiciais. É incrível que membros do Ministério Público Federal (procuradores da República, aprovados em concurso) não saibam distinguir o que é uma ação em Vara Federal e o que é uma ação em Vara da Fazenda Pública, que pode envolver autoridade ou entidade estadual ou municipal.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

One thought on “Justiça Federal não pode processar governador Cid Gomes por contratar Ivete Sangalo

  1. Em Novo Hamburgo/RS há um Sr. Zergui Pfleger que encaminhou vários processos através do MP ( Ministério Público ) com denúncias dos atos do prefeito e não obteve resposta de absolutamente nenhum processo. Significa que está tudo podre, dominado e contaminado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *