Kassab cortejado por todos os candidatos, mas prefere favoritos e no aposta em pangars

Imagem analisada visualmente

Charge do Toni (Arquivo Google)

Vicente Limongi Netto

A jornalista Eliane Cantanhde (Estado, dia 20/02) quer saber quem o esperto e volvel Gilberto Kassab namora, atualmente, no jogo da sucesso presidencial. Se Lula, Rodrigo Pacheco, Eduardo Leite ou Bolsonaro? Kassab, antes de sair de casa, joga bzios e cartas, para ver o nome que mais se coadune com seus interesses eleitoreiros.

Para o criado e dono do PSD, os planos esto dando certo. Kassab sabe que em poltica vale tudo, menos perder. Flutua com desembarao em todos os partidos. Tem amizade e respeitado por todos os candidatos.

Neste momento, o nome do corao dele o de Eduardo Leite. Est convencido que o jovem governador gacho tem qualidades e chances de tirar do marasmo e do impaludismo poltico a ofegante terceira via. Como no gosta de pegar chuva na poltica, nem bola nas costas, Kassab sempre tem por perto um imenso e seguro guarda-chuva. Aceitar de bom grado a vice-presidncia da Repblica na chapa de quem tenha mesmo chance de vitria e jamais aposta em pangar.

VOLTA DA CENSURA – Lamentvel, vergonhoso, ultrajante e inacreditvel. o fim da picada que o Correio Braziliense tenha censurado meus comentrios-cartas sobre Arnaldo Jabor. Tudo indica que o Correio providenciar um busto, na entrada do prdio, para incensar o crpula Jabor.

O centenrio jornal, que guarda em suas pginas, matrias minhas, assinadas, do exterior, ao tempo do saudoso Ronaldo Junqueira, jogou no lixo meu direito ao contraditrio, uma regra bsica, saudvel e democrtica, que dignifica e valoriza o bom jornalismo.

Jamais esperava, com 77 anos de idade, 50 deles como jornalista, voltar a ser censurado. O mais grave, censura prvia. Como na poca que escrevia para a saudosa Tribuna da Imprensa, do bravo e inigualvel, Hlio Fernandes, entre 1968 e 1978, quando censores oficiais tomavam conta da redao.

DUAS NOTAS – Que ningum se atreva, dentro do governo Bolsonaro, a tentar atrapalhar a escalada de subservincia do procurador-geral da Repblica, Augusto Aras. Colocou as unhas de fora e gostou de lambuzar-se em puxa-saquismo. Age como esmerado capacho de Bolsonaro. Jogou suas fichas na reeleio do atual presidente.

Assim, espera ser premiado com a indicao para o Supremo Tribunal Federal. Senadores tm parcela de culpa, pois aprovaram Aras na sabatina pela reconduo na PGR, j sabendo quem na verdade era ele, quando Aras portou-se como samaritano, tentando enganar a todos. Ins agora morta.

Por fim, as lgrimas do veterano reprter Flvio Fachel, da TV Globo do Rio, cobrindo a tragdia de Petrpolis, foram emocionantes, exibindo aflitos clamores das boas almas e dos coraes indignados com tanta violncia, tragdias e descasos com o ser humano. O choro de Fachel repdio coletivo aos governantes incapazes, insensveis, demagogos e despreparados.

One thought on “Kassab cortejado por todos os candidatos, mas prefere favoritos e no aposta em pangars

  1. S no Brasil mesmo.

    Um corrupto desse naipe ainda est livre , leve e solto e ainda no comando de um Partideco Corrupto para projetar o destino do Pis…

    ah, Cabral, cad t.??

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.