Kassio Marques “se autoconcedeu” o ttulo de desembargador. diz Marco Aurlio Mello

Comeou errado", diz Marco Aurlio Mello sobre inqurito de fake news

O cargo de juiz, no de desembargador, afirma o ministro

Sarah Tefilo
Correio Braziliense

Em julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na manh desta quinta-feira (8/10), envolvendo um pedido do presidente Jair Bolsonaro, o ministro Marco Aurlio Mello aproveitou para alfinetar o desembargador Kassio Nunes Marques, do Tribunal Regional Federal da 1 Regio (TRF-1), que foi indicado, pelo chefe do Executivo, para ocupar o lugar do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que se aposenta na prxima tera-feira.

Marco Aurlio disse que Marques se autoconcedeu o ttulo de desembargador, porque na verdade ele apenas juiz do TRF-1. Para confirmar, citou o caso da prpria filha.

DISSE MARCO AURLIO – Tenho uma filha que marchou visando preenchendo uma cadeira em um tribunal regional federal. Marchou com as prprias pernas. Submeteu-se ao procedimento com sabatina e, para o meu gosto e de minha mulher, disseram-me que ela foi muito bem na sabatina e acabou nomeada”, disse o ministro, acrescentando:

“Pagou um preo enorme, como se tivesse sido nomeada graas minha atuao e atuao de minha mulher que essa, sim, desembargadora, porque integrante de Tribunal de Justia, no o candidato indicado pelo presidente, que se diz desembargador porque se autoconcedeu esse ttulo pomposo. s buscar o ato de nomeao dele para ver para que cargo ele foi nomeado: cargo de juiz do Tribunal Regional da 1 Regio.

SEM RESISTNCIA? – Antes de indicar oficialmente Marques, Bolsonaro buscou articulao junto ao Supremo, para que no houvesse resistncia. Na semana passada, o chefe do Executivo foi casa de Gilmar Mendes, ministro da Corte, com o indicados. Esteve presente no encontro, tambm, o ministro Dias Toffoli, ex-presidente do STF. Bolsonaro apresentou aos magistrados a sua escolha para substituir Celso de Mello.

O indicado precisa, ainda, passar por sabatina no Senado e tem se movimentado para buscar apoio na Casa. Em meio ao corpo a corpo, porm, ele enfrenta polmicas relativas ao seu currculo reportagem do jornal do O Estado de S. Paulo mostrou que a Universidad de La Corua, na Espanha, negou que o desembargador tenha sido aluno de um dos seus cursos de ps-graduao.

PLGIO NA TESE – Alm disso, na ltima quarta-feira, foi divulgado que a dissertao de mestrado do desembargador, apresentada em 2015 na Universidade Autnoma de Lisboa, em Portugal, possui trechos idnticos aos de artigos de outro autor, o advogado Saul Tourinho Leal, publicados em 2011.

Leal negou plgio, mas realmente existem trechos literalmente transcrio na tese de Kssio Marques, sem meno ao verdadeiro autor.

7 thoughts on “Kassio Marques “se autoconcedeu” o ttulo de desembargador. diz Marco Aurlio Mello

  1. Essa intimidade entre o Executivo e o Judicirio suscita suspeita. Nos USA a Corte Suprema evita esse tipo de promiscuidade. o que temos. Em compensao aqui no h furaces.

  2. Que marcha esta que leva uma advogada de pouca presena em julgados a entrar em uma lista de indicao imposta pelo maldito quinto constitucional ? H quem acredite e publique. E os demais republicam.

    Ainda bem que no h mais “presidenta”:

    A PRESIDENTA DA REPBLICA, no uso das atribuies que lhe conferem o art. 84, caput, inciso XVI, e o art. 107, caput, inciso I, da Constituio, e de acordo com o que consta do Processo n 08001.008566/2013-12, do Ministrio da Justia, resolve

    NOMEAR

    LETCIA DE SANTIS MENDES DE FARIAS MELLO, para exercer o cargo de Juza do Tribunal Regional Federal da 2 Regio, com sede na cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, em vaga destinada a Advogado, decorrente da aposentadoria do Juiz Frederico Jos Leite Gueiros.

    Braslia, 18 de maro de 2014; 193 da Independncia e 126 da Repblica.

    DILMA ROUSSEFF

    • Da mesma forma aconteceu com a filha do Fux, aqui no TJ-RJ, que foi nomeada desembargadora do Tribunal de Justia do Rio de Janeiro, aos 35 anos, na vaga destinada ao quinto constitucional da advocacia pelo ex-goverbador Pezo.

      Podemos dizer que no h distino entre a poltica e o judicirio. Querem se perpetuar no poder.

  3. E ainda h quem defenda as instituies e esta democracia,no defendo nenhuma das duas pois esto podres no seu funcionamento.Minha luta e defesa pelo socialismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.