Lavanderia assaltada 3 vezes

Primeiro temos que saber se lavava roupa, ou como está na moda, se lavava dinheiro. Neste segunda hipótese, deve estar em nome de Arruda, Paulo Otávio e o presidente da Assembléia”. Nada surpreendente.

O DEM pode
radicalizar no prazo

A divisão no partido é enorme, no momento em que posto esta nota, 11 e meia. Nesse caso, dariam tempo a Arruda para que os fatos só fossem examinados e decididos depois do Natal e Ano Novo. (Também chamado de “ano novo”, não para Arruda). Dentro disso, dariam a ele 15 dias a partir do dia 5, e mais 15 dias para o partido desvendar a defesa do governador. Assim, inicialmente ele teria até dia 20, (fora naturalmente sábados e domingos) e até 5 de janeiro para o DEM se pronunciar. (Também com as exclusões de sábados e domingos).

Conclusão: Arruda teria muito tempo para resolver. E segundo se fala em Brasília, os advogados caríssimos, seriam pagos pelo amigo Estevão, que além de ser muito mais rico, quer mostrar amizade para receber a reciprocidade eleitoral.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *