LBA, uma sigla que faz falta no combate urgente à miséria, sobretudo em tempo de pandemia

NãoAoPEC241: Proposta golpista tira 54% da verba da assistência social e  atingirá os mais pobres :: CNTTL - Confederação Nacional Dos Trabalhadores  Em Transportes e Logística

IBGE mostra que está aumentando o abismo entre ricos e pobres

Pedro do Coutto

A Legião Brasileira de Assistência foi criada pelo presidente Getúlio Vargas em 1942 para dar apoio às famílias dos integrantes da FAB e teve atuação heroica em campos da Itália na Segunda Guerra Nundial. Sua primeira presidente foi a Sra, Darcy Vargas, que também presidia a Casa do Pequeno Jornaleiro. Nessa época, adolescentes de origem modesta vendiam jornais pelas ruas da cidade do Rio de Janeiro e assim obtinham recursos para estudar e auxiliar em despesas de suas famílias.

O lançamento da LBA foi em um espetáculo musical no Teatro Municipal, em 1942, quando o governo Vargas entrava na guerra contra o nazismo e o fascismo.

MUITAS MUDANÇAS – Através do tempo a LBA passou por mudanças, especialmente quando o engenheiro Luis Fernando da Silva Pinto a presidiu, no governo Ernesto Geisel, que tinha como ministro da Previdência a figura notável de Nascimento e Silva.

Luis Fernando projetou fortes mudança,s modernizando  a Fundação e promovendo uma reforma estrutural necessária para transformá-la num órgão verdadeiramente de Assistência no sentido que de ela representasse, para as camadas pobres, aquilo que o BNDES representava para a área econômica.

Infelizmente, a LBA foi extinta pelo presidente FHC que não compreendeu quais eram os objetivos que marcaram sua transformação numa entidade dinâmica. Aliás, no campo social FHC foi um desastre. Mas esta é outra questão.

PROGRAMA DE NUTRIÇÃO – Luis Fernando criou um programa de complementação alimentar destinado às crianças e também às suas mães, que ganharam nova qualidade de vida.

Na mesma época, instituiu o programa de registro civil, uma vez que em 1976 o IBGE havia descoberto parcelas expressivas da população que não tinha certidão de nascimento. Eram rostos que não possuíam sequer existência legal.

Colocou em prática cursos profissionalizantes e expandiu enormemente as redes de creches em todo o país, destacando sua importância. É preciso acentuar que colocou em ação todos os postos da LBA para campanhas de vacinação. Finalmente instituiu também a campanha de doação de cadeiras de rodas a pessoas bastante necessitadas.

REPROVAÇÃO ALTA – Uma pesquisa organizada pela LBA identificou uma realidade; o índice de reprovação nas duas primeiras séries do ensino público fundamental era de 47%. Mas quando se tratava de crianças que haviam frequentado creches a reprovação baixava para 20%. A queda da taxa se aplicava a um universo de 8 milhões de alunos.

Hoje em dia, olhando-se pelo retrovisor constata-se a  falta que a LBA faz. Outra coisa, já ia esquecendo: a LBA promoveu um convênio com entidade de planejamento familiar porque praticavam-se no país 1 milhão e 500 mil abortos por ano, dos quais 25% acarretavam ações médicas urgentes.

Seria essencial que a LBA existisse hoje para dar um rumo ao governo no combate urgentíssimo à pandemia.

3 thoughts on “LBA, uma sigla que faz falta no combate urgente à miséria, sobretudo em tempo de pandemia

  1. Esse “L” inicial escreve Ladrão e Legião: esta que, ao mesmo tempo, pode ser substantivo coletivo de anjos e demônios.
    No varejo, a corrupção da LBA era de lascar. Conheci muitos candidatos a vereador que faziam suas campanhas nutridas e regadas a leite. De vez em quando, eu era contemplado com um saco de 30kg. Não sei como os bacanas tinham uma facilidade tremenda de requisitar caminhão carregado de donativos.
    Acredito que o calcanhar Aquiles consistia no fato de a presidência da Entidade ser exercida pelas primeiras-damas, no âmbito do Executivo Federal, assim como no Estadual.

    https://acervo.oglobo.globo.com/em-destaque/as-primeiras-damas-no-catete-no-planalto-dos-cartuns-escandalos-na-lba-18733670

  2. Um bom artigo descritivo-histórico.

    Verdade indiscutível a parte do texto “… a LBA foi extinta pelo presidente FHC que não compreendeu quais eram os objetivos que marcaram sua transformação numa entidade dinâmica. Aliás, no campo social FHC foi um desastre.”

    Aliás, não devemos esquecer que foi FHC quem nomeou o beato Gilmar Mendes para o STF…

  3. No Brasil, infelizmente, toda sigla que é criada , com suposta função social, econômica ou o que seja, logo se torna um aglomerado de pilantras interessados com o de sempre.
    Forma-se verdadeiras quadrilhas a usufruir e tirar proveito do bem público.
    A sua função pré estabelecida, que se dane.

    Logo……

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *