Liberdade de imprensa ainda é única ponte entre os fatos e os seres humanos

Resultado de imagem para liberdade de imprensa frasesPedro do Coutto

A Associação Nacional dos Jornais, Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão e a Associação Nacional de Editores de Revistas publicaram nesta sexta-feira, nos grandes jornais do país, peça publicitária altamente importante, focalizando a liberdade de imprensa cuja comemoração mundial ocorreu no dia de ontem. Entre os grandes jornais, a mensagem foi reproduzida pelo O Globo. No texto, as Associações destacaram, com plena razão, que a liberdade de imprensa não se destina a homenagear jornalistas, mas sim destacar o direito que se refere à opinião pública.

O texto acrescenta que a liberdade de imprensa interessa diretamente a todas as pessoas, inclusive revelando opiniões diversas para os fatos que acontecem no dia a dia.

A ABI, CALADA – Surpreende o silêncio da ABI, cuja história através dos tempos por diversas vezes foi marcada por confrontos entre o jornalismo e o poder. Esta verdade é mundialmente abrangente e, para termos noção exata do que ela representa, basta citar as ditaduras em relação as informações e versões.

A primeira medida das ditaduras é suprimir a liberdade de expressão e opinião. Basta dar como exemplo o Nazismo de Hitler, extrema-direita, e o de Stalin, extrema esquerda, cenário em que podemos incluir Cuba e Venezuela, com a ressalva da ditadura de Vargas de 1937 a 1945, que tinha viés trabalhista.

É horrorosa a figura torpe dos que tentaram abafar as vozes que se levantaram para assegurar a volta de direitos humanos perdidos no tempo.

Resultado de imagem para liberdade de imprensa frasesO ESSENCIAL – É claro que não se pode dizer que tudo o que os jornais, emissoras de rádio e televisão e agora incluindo as redes sociais, tudo seja verdadeiro e razoável. Mas não tem importância isso. O essencial é garantir a liberdade, que é o tema principal que rege os regimes democráticos. No qual pode se afirmar inclusive a presença das vocações e das emoções de todos nós. É fato que a verdade não resulta de nenhuma tendência absoluta, mas sim decorre de um processo multilateral que impulsiona a espécie humana.

Além disso, é só medir a capacidade que a mídia em geral possui de se comunicar ao mesmo tempo com milhões de pessoas, caminho que não pode ser percorrido individualmente. Daí a expressão comunicação de massa.

O Brasil já viveu tempos de censura: o Estado Novo de Vargas, derrubado pela entrevista de José Américo de Almeida ao repórter Carlos Lacerda, do Correio da Manhã, em fevereiro de 1945.

À LUZ DOS SÉCULOS – A luta pela liberdade apresenta-se à luz dos séculos como um esforço gigantesco contra o arbítrio e também contra a violência do poder, especialmente a tortura e o assassinato no cárcere, que constituem os maiores crimes hediondos praticados pelos agentes da escravidão ditatorial.

Portanto, nós jornalistas, no dia de ontem, encontramos motivo para irmos ao encontro da opinião pública, sem temores e rancores do passado.

8 thoughts on “Liberdade de imprensa ainda é única ponte entre os fatos e os seres humanos

  1. Por que o artigo saiu com esses “olhos” com citações de Hitler e Lenin? Para contestar os críticos da mídia com um argumentum ad hominen? O pensador americano Leo Strauss, um dos padroeiros intelectuais do neoconservadorismo,dizia que o fato de Hitler ter dito determinada coisa não bastava para provar que tal coisa era errada.
    É bastante óbvio que jornalistas e donos de jornais tem suas tendências e preferências pessoais, e não é incomum que tentem impô-las ao público. Aqui no Brasil não vimos a midia tentando fingir que Luciano Huck era um fortíssimo candidato a presidente? Nos Estados Unidos, os candidatos a presidente considerados ‘inconvenientes’ são criticados ou, talvez pior, ignorados. Ron Paul não existia para a imprensa americana quando foi pré-candidato republicano em 2012. Em 2004, Howard Dean teve sua candidatura pelo partido democrata demolida depois dele ter virado algo de piadas da mídia que o acusou de gritar histericamente num comício, quando na verdade o tal ‘grito’ só existiu por conta de um erro de digitalização de um telejornal, como foi reconhecido pela mídia muito tardiamente, quando Dean já não era candidato. Bernie Sanders foi desproporcionalmente criticado pela mídia americana,
    Muitas vezes também os jornalistas enxergam como fatos coisas que lhes agradam, sem se preocupar em checar devidamente. Nos primórdios da guerra civil na Síria, a mídia internacional heroicizou uma suposta blogueira lésbica opositora do governo Bashar Al-Assad, até que foi descoberto que a tal blogueira era um personagem criado na internet por um britânico.
    E, no final das contas, a atual campanha contra ‘fake news’ não é uma forma de restrição às liberdades de expressão e de imprensa, onde a grande mídia se arroga o monopólio do direito de informar, demandando que tudo que sai nos jornalões seja verdade oficial?

  2. Com a internet hoje, tudo isso ou quase tudo, agora é passado.

    A manipulação da imprensa ou de líderes políticos ficou bastante prejudicada com ela.

    Ainda bem.

    Ps. Só para não esquecer, durante a ditadura militar, as redações, todas dominadas pelo marxismo cultural, vulgo esquerdinha, impingiam uma censura total contra jornalistas que não pensavam igual a elas, não os admitindo no jornal ou demitindo-os, coisa que Pedro do Couto sabe muito bem, não como vítima, ao contrário da própria ditadura militar que apenas censurava textos. ( os donos de jornais estavam alheios a isto e não interferiam nelas)

  3. Quanto a “direitos humanos perdidos no tempo”, vale ressaltar que era no gabinete do deputado Messias Bozonaldo que o termo direitos humanos foi escurracado, literalmente.

    No website www bozobaldio ponto com ponto br o sujeito publicou fotografia publicitaria do site pessoal segurando uma camiseta com os dizeres “DIREITOS HUMANOS – ESTERCO DA VAGABUNDAGEM”

    E virou presidente da republica, isso que ta aí….

    E, outro bozolado, o filho, tuitou a foto recomendando usar a frase como dica de redação para o Enem. Uau, gentes -fiínas….

    https://static.congressoemfoco.uol.com.br/2017/11/bolsonaro-esterco1.png

    Com o ‘pacote dos costumes’ a censura deve chegar com força de mandato total, decreto lei….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *