Lincoln dizia que “o voto é mais forte do que a bala”. Pense nisso, ao votar.

Resultado de imagem para a força do voto chaRGES

Charge do Kemp (humortadela.com.br)

César Cavalcanti

No que diz respeito à responsabilidade da execução do que nos cabe fazer, a bem de nós mesmos e dos outros, há uma parte que é só nossa, intransferível. O futuro, nós o construiremos. O amigo, o familiar, o parceiro, o colega, todos podem ajudar nessa busca, mas a cereja do bolo sempre decorrerá de nosso esforço próprio.

Uma frase pinçada do histórico discurso de posse proferido pelo presidente dos EUA, John Kennedy , em 20 de janeiro de 1961 , é muito pertinente – “Por isso, meus compatriotas , não perguntem o que seu país  pode fazer por vocês , mas o que vocês podem fazer pelo seu país”.

SEMEADURA – Qual a semeadura do País, do estado, da cidade sonhada para nós e para os nossos netos? O que nos compete enquanto povo? Ora, compete o respeito ao que é constitucional para obter mais cidadania, direito a serviços públicos de qualidade, bônus pela produção de bens, no caso do empresário parceiro.

Devemos ter atenção ao que fazem nossos representantes políticos, acompanhando cada passo deles, cobrando, sugerindo, propondo ou trocando-os por gente confiável , em caso de negligência. É o melhor meio de participar da vida do país, do estado , da cidade.

É preciso sair da zona de conforto, da crítica pela crítica, e empunhar a bandeira da moralidade, praticando a ética aristotélica, iniciada no estabelecimento da noção de felicidade.

GESTÃO PÚBLICA – É grande o anseio da sociedade por mudanças concretas no ambiente da gestão pública  para que o imperativo da honestidade se traduza em melhor aplicação do dinheiro público e, consequentemente , em melhores serviços à população.

Teremos eleições em outubro. E aqui vale salientar o célebre pensamento do presidente norte-americano Abraham Lincoln: “O voto é mais forte do que a bala”.

Votar é transformar a realidade, de modo consciente e pacífico, orientando, exemplificando, agindo, sobremodo. Nascemos todos para brilhar. E vamos brilhar. Pense nisso na hora de votar.

7 thoughts on “Lincoln dizia que “o voto é mais forte do que a bala”. Pense nisso, ao votar.

  1. Uma marretada na Urna Eletrônica é mais forte que pressionar o dedo no botao da dita-cuja.

    Cadeirada, derrubar da mesa, soltar o plug da tomada, desligar no quadro de força, meter o pé….

    Na hora do voto, pense nisso!

    PARA BRILHAR TEMOS QUE SER LIVRES
    PARA PODERMOS LAPIDAR NOSSO CRISTAL.

    ESSA ELEIÇÃO E UM BALDE DE PICHE NA
    CARA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA

  2. PREGO….. AVANTI FASCISTI!!

    O, BOLSONAR

    Dizionario Tommaseo-Bellini del 1865-1879

    Gran Dizionario Teorico-Militare del 1847

    – Bolzone: Estampas das moedas marcadas (riscadas) para perderem o valor. Moedas boleadas, marcadas para colocá-las fora da lei

    – BOLZONARE
    [bol-zo-nà-re] verbo transitivo
    io bolzóno etc.

    Golpear, bater, ferir com uma flecha

    – Bolzone: Definições de palavras cruzadas:

    Máquina BÉLICA (de guerra) antiga
    Máquinas militares com cabeças de bico de bronze, que eram empurradas contra as paredes.

    Bolzonare. Lat. Arietare.

    Mais comumente uma uma espécie de Flecha (ou dardo) que troca a ponta, usada com uma balestra.

    Grande viga armada com ferro na ponta, com a qual as paredes e as trancas das propriedades eram espancadas, e cidades foram destruídas e demolidas.

    É o carneiro dos romanos, porque a arte de defender e conquistar as cidades nunca foi perdida na Itália após a invasão dos bárbaros, embora tenham mudado os nomes das coisas.”

  3. Eleições no Brasil é delírio coletivo, quando os estelionatários de sempre vem nos enganar com as promessas de sempre , a fazer-nos pensar que nossas opiniões importam p/ o País. Fingem que importam até receberem os votos , e depois, até a próxima eleição, tratam mto bem de manter tudo como está. Esta é a breve história da “nova república “. Nova?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *