Lindberg e Benedita, brigam pelo nada

Lindberg e Benedita, brigam pelo nada

Ela que já foi senadora e governadora, quer voltar ao senado. Ele, eleito e reeeleito prefeito de Nova Iguaçu, sabe que o caminho é a eleição para o Senado. Apenas uma certeza: nenhum dos dois tem votos para se eleger. E o PT no Estado Rio, desapareceu completamente.

Picciani: quem farei
presidente da Alerj?

Já se considera senador, embora seja uma traição a ele mesmo. Aqui, domina de tal maneira, que acusado de enriquecimento ilícito e exploração de trabalho escravo, nada lhe acontece.

Além do mais, sua “politiquinha” de campanário, nada a ver com Brasília. Mas já tratando de quem elegerá “dono” da Alerj. Incrível, 70 deputados, alguns importantes e competentes, e Picciani e Cabralzinho, fazem fortuna nessa Alerj que controlam.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *