Loures na berlinda: ou delata Temer ou assume a culpa

Resultado de imagem para rocha loures  charges

Charge do Amarildo (amarildo.com.br)

Merval Pereira
O Globo

A defesa do presidente Michel Temer no processo que ser analisado pela Comisso de Constituio e Justia da Cmara mais jurdica do que poltica, e essa pode ser sua maior falha, no sentido de que, para desvencilhar-se da j famosa mala com R$ 500 mil que seu ex-assessor Rodrigo Rocha Loures arrastou apressado pelas ruas de So Paulo, o advogado Antonio Claudio Mariz garante que o presidente Temer nunca autorizou Loures a fazer tratativas esprias em seu nome.

No restar alternativa ao ex-assessor: ou assume a culpa, confessando-se um ladro solitrio que usou o nome de Temer em vo, ou esclarece as coisas em uma delao premiada que parecia estar a ponto de fazer quando foi providencialmente liberado da cadeia para a priso domiciliar.

RVORE ENVENENADA – A defesa de Temer, voltando a atacar a gravao feita por Joesley Batista como se fosse ilegal, pretende anular tambm a mala de Loures, aplicando a teoria dos frutos da rvore envenenada, criao da Suprema Corte americana acolhida no nosso ordenamento jurdico: se uma prova ilcita, as demais colhidas em consequncia dela tambm o so.

Entretanto, como no h uma relao de causa e efeito entre ela e os depoimentos, estes so vlidos. E a mala um fardo arriscado, pois resta ainda a possibilidade de Rocha Loures ter sido liberado pelo ministro Luis Edson Fachin para justamente fazer a delao premiada fora da cadeia. Alm do mais, aquelas imagens do ex-assessor de Temer correndo com a mala cheia de dinheiro dificilmente se apaga da memria coletiva por uma teoria jurdica.

SEM PROVAS? – O raciocnio da defesa de Temer semelhante ao dos demais advogados de defesa de acusados na Lava Jato. Alega Antonio Claudio Mariz que no existem provas, nem mesmo indicirias, de crimes cometidos pelo presidente da Repblica: Igualmente, no h nos autos do inqurito um elemento informativo sequer que demonstre que tenha o Sr. Presidente da Repblica cometido ou consentido com a perpetrao de eventual crime de corrupo passiva. Tirante as declaraes prestadas por Joesley Batista e Ricardo Saud no sentido de que o dinheiro entregue a Rodrigo Loures seria para Michel Temer, no h nenhuma prova sequer indiciria de que tenha ele praticado qualquer ilcito, afirma a defesa.

Lembrando que irresponsabilidade da Procuradoria-Geral da Repblica alegar que os R$ 500 mil da mala de Loures eram para Temer, garante a defesa: A infamante acusao vem desprovida de provas. No se aponta quem entregou para quem; aonde ocorreu o encontro para a entrega; qual o dia desse encontro, horrio. Enfim, dados fundamentais para que no pairasse a pecha de leviandade e de irresponsabilidade sobre esta malvola atribuio. E esses dados no foram colocados na denncia simplesmente porque inexistem.

FILMAGEM – Na verdade, a mala foi devolvida por Rocha Loures depois que o vdeo mostrando-o correndo pelas ruas de So Paulo deixou claro que ele recebera um dinheiro do principal assessor da JBS. Confrontado com as crticas de que a pea acusatria falha, o Procurador-Geral Rodrigo Janot disse, ontem mesmo, em entrevista a Roberto Dvila na Globonews que todos os elementos esto elencados na denncia, e que espantoso que a gravao da conversa de Joesley com o presidente Temer e fatos posteriores no sejam ligados numa cadeia lgica de raciocnio, que se esclarece com as delaes premiadas e as gravaes de Rocha Loures fazendo tratativas junto ao Cade para favorecer a JBS.

Janot contou que sentiu nsias de vmito quando recebeu a gravao, por entender imediatamente o que estava sendo tramado naquela noite no Palcio Jaburu. A defesa tcnica do presidente no ter muito efeito se o nimo majoritrio for de permitir que o processo v adiante. E quanto ao papel poltico, ele pode ser utilizado pelo prprio Procurador-Geral, se decidir aceitar fazer a acusao oral na Comisso de Constituio e Justia da Cmara.

5 thoughts on “Loures na berlinda: ou delata Temer ou assume a culpa

  1. At agora no houve acordo entre Globo e governo federal. Nomeado para relatar a denncia de Janot, Srgio Zveiter, cuja famlia ligadssima Globo, no conseguiu ainda as garantias necessrias para todos os envolvidos no acordo, que so:
    1 O governo federal, atravs do Ministrio da Justia no entregaria s autoridades que investigam a Globo nos Estados Unidos e na Espanha os documentos que confirmam parte das delaes de J.Hawilla, ex-scio da famlia Marinho, preso nos Estados Unidos e outros documentos fiscais que comprovariam que Marcelo Campos Pinto, ex-homem forte da Globo, pagou propina para que a Globo ganhasse durante dcadas direitos de transmisso de jogos da Copa do Mundo e da Copa do Brasil.
    2 Ele tambm no obteve ainda a garantia que se der o parecer a favor de Michel Temer, o governo entraria fundo para salvar a cabea do seu irmo, Luiz Zveiter, que est pendurada no CNJ.
    Ou seja, se a Globo tirar o p do acelerador contra Temer e noticirio ficar dando apenas o factual, o relatrio ser pela improcedncia da denncia da PGR. Caso contrrio, se no salvarem seu irmo da guilhotina no CNJ e a Globo das garras do FBI e da Promotoria da Espanha, o relatrio vir com fora total pedindo a cabea de Temer. O jogo est jogado, as peas esto no tabuleiro, vamos esperar os prximos lances. ..Blog do Garotinho

  2. Quem disse que a economia se descolou da poltica?

    Indicador antecedente de emprego cai em junho e mostra perda do mpeto de contratao, diz FGV

    O IAEmp recuou 2,4 pontos e chegou a 96,9 pontos; a maior queda ocorreu nas contrataes na indstria

    https://goo.gl/XiJRPu

Deixe um comentário para coelho Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.