Lula destruiu todas as lideranças do PT, ficou “dono” do partido e indicou sozinho Dona Dilma. Sua intenção é se tornar fundador e único líder de uma república sindicalista?

Haroldo:
“Eu li e reli teu texto Hélio. Vou me aplicar num senso crítico. Hélio: “Lula é muito mais jogador de xadrez do que se imagina.” Está errado isso aí, Hélio. O Lula vem desde 2007, propositadamente, fraudando o processo (“jogo”) democrático porque a democracia é um “jogo” que requer primeiramente o zelo à democracia – o “jogador” que se permitir abdicar do zelo certamente que ou leva a melhor por fraude no “jogo” ou coloca em risco a democracia pelo descaso ao zelo. No caso do Lula (2007-10) está se dando um perverso desfazimento do “jogo” pelo modo bem simples: abolir o zelo (que contém a ética) à democracia. Tal “feito” do Lula vem já há algum tempo e, vai acelerar o desarranjar da sociedade brasileira – que vinha muito bem, bastante apurada – nos tempos vindouros. Veja, Hélio, que o Lula é indivíduo anti-jogo; qualquer jogo para Lula originalmente está mal feito; ele se tem como “fazedor” do jogo, seja qual for.”

Antonio Santos Aquino:
“Hélio, na “Tribuna impressa”, em 2005, eu dizia que nossa elite é estrábica. Em 1954 e 1964 acusavam Getúlio e Jango de querer implantar uma “república sindicalista” no Brasil. Hoje não veem que Lula já implantou a república sindicalista, só falta consolidar. Se ganharem a eleição de São Paulo, a república sindicalista estará consolidada. Na época, o PT apelou para dossiê que foi interceptado,e não ganharam a eleição. Hoje, digo a mesma coisa,se houver uma virada e Mercadante ganhar em São Paulo e Dilma ganhar a presidência, a república sindicalista estará consolidada. A República Sindicalista que esperavam vir pela esquerda, viria pela direita.O PT tem o rótulo de esquerda, mas é DE DIREITA.”

Comentário de Helio Fernandes:
Você está completamente com a razão, Haroldo. Não me fiz entender, quando disse que “Lula é um jogador de xadrez”. Força de expressão, maneira de fazer comparação. É lógico que do ponto de vista formal e real, Lula é bem capaz de confundir tabuleiro de xadrez com aqueles que os garçons usam para servir fregueses em botequim.

Também acertou no coração ao definir o Lula, como o anti-jogador profissional, e é mesmo, se aproveita das brechas do sistema partidário, ocupa todos os espaços  sem pedir licença aos CORRELIGIONÁRIOS ou respeitar os ADVERSÁRIOS. Trucida a todos sem o menor espírito democrático, fingindo que respeita as regras.

Até hoje ninguém se deu ao trabalho de estudar como é que Luiz Inácio da Silva (ainda não havia incorporado o Lula ao nome) conseguiu ser indicado quatro vezes pelo partido, para quatro eleições majoritárias, perdendo todas elas e sendo candidato a uma quinta, quando conseguiu ser vencedor.

Que magia ou truculência Lula exercitava para transformar o PT no que é assumidamente hoje. Arrogante, prepotente, incompetente, subjugou o PT de tal maneira, que não há nenhuma liderança fora a dele, todos são obrigados a R-E-V-E-R-E-N-C-I-Á–L-O.

Candidato a governador de São Paulo, ficou em quarto lugar, na verdade eram apenas quatro os candidatos. Meio sobre o desiludido, foi candidato a deputado federal, tinha que se eleger, sem o menor destaque. Perdão, retumbou que “o Congresso tinha 300 picaretas”.

Depois, inacreditavelmente, foi derrotado seguidamente, três vezes para presidente da República. Conseguir legenda a primeira vez, vá lá, a segunda, o que aconteceu? Mas a terceira candidatura presidencial, aí nenhuma explicação.

(No mundo ocidental, só três personagens disputaram três eleições, mas não seguidas, venceram na terceira. Allende no Chile, Mitterrand na França. E um fantástico pastor dos EUA, que disputou três vezes e perdeu a três. Em 1896 para Mckinley, em 1900 para o mesmo concorrente, que foi assassinado em 1901. Em 1904 não quis disputar com o vice que assumira, Teodore Roosevelt (primo do próprio), concorreu em 1908, perdeu novamente. Não se candidatou nunca mais).

Lula deixa o governo com 80 por cento de “aprovação”, nenhum mistério ou milagre. Nenhuma novidade na afirmação, ele é a “mãe dos ricos e o pai dos pobres”, que juntos deveriam chegar a mais de 80 por cento. Mas para o país, é um retrocesso pior do que o do FHC.

Este DOOU uma parte enorme do nosso patrimônio, esperava-se que Lula fizesse a recuperação. Mas como é um jogador, olhou as cartas de FHC, viu que bastava ENTREGAR um pouco mais e não correria risco. Foi o que fez, ENGANANDO a quem tanto gosta de ser enganado.

***

PS – Agradecendo teu excelente comentário: Lula só pode voltar no limite dos 70 anos, e isso numa avaliação perigosa, até mesmo em relação ao tempo. Mas deixa no lugar Dona Dilma.

PS2 – Como disse, “fui TORTURADA 3 anos”, vai querer se vingar, TORTURANDO por outros 4 anos. O que ela pode fazer além disso?

***

Agora juntando ao teu, Haroldo, a análise também admirável do Aquino. Vocês se cruzaram no trajeto, só que veio da Barra para a Praça 15, e o Aquino da Praça 15 para a Barra, a ordem dos fatores não altera o produto.

O Santos Aquino lembra de um comentário perfeito publicado há 5 anos na “Tribuna impressa”, e que continua atualíssimo. Como ele fixou, “a elite brasileira continua estrábica”. E do alto da incompetência muito bem recompensada, além de estrábica,olha tudo com um binóculo inútil, com as lentes bifocais trocadas ou invertidas.

O Aquino, que é muito bem informado, acerta sempre na análise. Só é bom analista quem é bem informado. Ele mostra (e compara) o que diziam de João Goulart em 1964: “que ele pretendia criar a república sindicalista”. E enquanto muitos “discutem o sexo dos anjos”, ele atira com uma arma tão poderosa com a que matou Martin Luther King a longa distância. Só que a arma de Aquino é verbal e textual, mas arrasadora.

Teve a coragem e a competência de explicar: “O PT tem o rótulo de esquerda, mas é DE DIREITA.” Lula sabe que o sucessor político, hoje, independe de ideologia. Daí ter um discurso para cada auditório, uma Bolsa Família” para cada um dos grupos que pretende atingir.

***

PS – Banqueiros e seguradoras, (fora empreiteiras, mineradoras. indústria imobiliária, automobilística ou estaleiros, e mais e mais) têm seus próprios critérios de “Bolsa Família”.

PS2 – Os que não têm nada, recebem o correspondente a 1 salário mínimo. A ELITE EMPRESARIAL, recebe proporcionalmente, numa SOMA IMPOSSÍVEL de comparar.

PS3 – Para terminar, lembro de um comentário feito por Lula, quando logo depois da posse criou um Conselho com 80 empresários. Entrou e logo falou: “Olha o meu grande amigo, Lazaro Brandão”. (“Dono” até hoje do Bradesco).

PS4 – Comentei no dia seguinte: “Onde é que um sindicalista como Lula fica GRANDE AMIGO DE UM BANQUEIRO?”

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *