Lula diz que, se eleito, fará referendo para revogar medidas de Temer

Resultado de imagem para lula candidato charges

Charge do Henrique (Arquivo Google)

Deu no Estadão

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou, em entrevista ao jornal espanhol “El Mundo”, que vai propor um referendo revogatório de “muitas das medidas aprovadas” pelo governo de Michel Temer, como uma proposta para recuperar o país caso seja eleito presidente em 2018. “É criminoso ter uma lei que limite durante 20 anos o investimento do Estado. No Brasil, ainda faltam coisas básicas, como saneamento, tratamento de água, casas”, disse.

Questionado sobre a boa repercussão no mercado do governo Michel Temer, Lula disse que isso é claro, uma vez que querem privatizar o aís.

PRIMEIRO E ÚNICO – Na entrevista, ele disse que quer voltar a ser presidente para mostrar ao mundo que o País pode funcionar. “Não há ninguém que saiba governar o povo mais necessitado como eu faço”, afirmou.

O ex-presidente creditou a crise vivida no país à perda de credibilidade, algo que, segundo ele, foi efeito das manifestações iniciadas em junho de 2013.

Lula também reconheceu que houve erros no mandato da ex-presidente Dilma Rousseff. Segundo ele, o primeiro deles foi o “exagero” nas políticas de desoneração de grandes empresas e, o segundo, foi o anúncio do ajuste fiscal. Mas negou que tenha se arrependido de não ter concorrido nas eleições presidenciais de 2014.

LEMBRANDO 1999 – Ele ainda comparou o ano de 2015 com o de 1999, quando quem governava era o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que tinha baixa popularidade e também enfrentava problemas econômicos. “Mas, nessa ocasião, o presidente da Câmara era Michel Temer e ele o ajudou a governar. Nós tínhamos Eduardo Cunha, que rejeitou cada reforma que Dilma propunha. Foi quem levou o impeachment ilegítimo à frente”, analisou.

ACUSAÇÕES – Condenado em primeira instância no caso do tríplex do Guarujá, Lula voltou a criticar a Polícia Federal e o Ministério Público, dizendo que não encontraram prova contra ele e que a sentença do juiz Sergio Moro é “política”.

“Se acreditavam que uma condenação iria fazer eu desistir de ser candidato, conseguiram o efeito contrário.”

Perguntado se o PT tem outras opções caso ele não possa concorrer por causa de uma eventual condenação em segunda instância, ele respondeu que espera poder concorrer, mas disse que ninguém é imprescindível. “Há milhares de Lulas.”

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Os milhares de Lulas se limitam a um só, chamado Luiz Inácio, mas que já está com seu prazo de validade mais do que vencido. (C.N.)

11 thoughts on “Lula diz que, se eleito, fará referendo para revogar medidas de Temer

  1. Para se eleger, Lula teria que ressuscitar Pablo Escobar e as Brigadas Vermelhas. Estes dois sim: dispensavam a todo Tira e a cada Magistrado, o carinho que eles merecem.

  2. NINGUÉM é obrigado a votar no Bolsonaro. Para isso temos o Lula.
    Por sinal, o PT é ótimo para respeitar o resultado de referendos…

  3. Se ele liberar a importação de whiskey talvez tenha meu voto. Mas de antemão sei que a sua religiosidade não cederá á tentação do alcool.

  4. Se, se, se, se eleito em 2018. Agora virou moda, Lula, Ciro e CIA bravatearem que se eleitos em 2018 irão anular as cagadas financeiras de Temer. Mas será que o Brasil, sob Temer, chegará a 2018 ? O povo aguenta o repuxo até lá ? Esse papo de se, se, se, é tática caça-votos. O “Quadrilhão” está dilapidando tudo, aqui e agora, em 2018, Inês já estará morta. A reação tem que ser já, aqui e agora, às favas as eleições de 2018, da qual sairá apenas mais dos me$mo$ a depender dos partidos mais viciados do que éguas barranqueiras no velho continuísmo da mesmice. Aliás, o “Quadrilhão” que está vendendo o pré-sal, Petrobras e cia é mais amplo do que se imagina. A impressão é que até Trump faz parte do “Quadrilhão”, razão da presença das forças armadas norte-americanas em território brasileiro, coincidentemente à época das negociatas, para intimidar e calar a boca de possível reação inclusive militar luso-tupiniquim, fato esse que está dando a Temer a garantia da dilapidação do patrimônio do povo brasileiro, acumulado em décadas de muito trabalho e investimento. Tem mais jeito não, o Brasil está completamente dominado pelo “Quadrilhão” apoiado pelas forças armadas até norte-americanas. Eu sabia que tudo isso iria acontecer, por isso, há décadas elaborei, desenvolvi a RPL-PNBC-DD-ME e pedi ajuda a Deus, o único que pode vencer todos esses canalhas e dar-lhes os castigos que fazem por merecer. E ele já me ensinou como é que uma simples formiguinha pode derrotar uma enorme manada de dinossauros psicopatas, vendilhões da pátria, vampiros do sangue, suor , lágrimas e vidas do povo brasileiro. Me aguardem. É bem possível que até 25 de dezembro de 2017 o Brasil ouvirá o canto da cotovia.

  5. O Sapo Mentiroso sabe da covardia do STF, logo será candidato em 2018.

    Por outro lado, o crápula Michel Temer, fez e fará, tantas sacanagens com o povo brasileiro, que todos correrão para o colo do capeta, digo Lula.

    O Brasil já era!

  6. Já corre um boato pela “infernet”, que o carimimoso italiano, Cesare Batisti teria retornado para compensar Lula pelo favor que o ex-presidente o teria feito, durante o mandato, quando Cesare tivera detido aqui. Que retribuição seria essa: o suposto terrorista planejaria e executaria os algozes do petista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *