Lula está esticando a corda ao máximo e ainda sonha receber uma anistia em 2019

Resultado de imagem para lula velho candidato charges

Charge do Duke (dukechargista.com.br)

Merval Pereira
O Globo

Não foi surpresa a decisão pessoal do ex-presidente Lula de esticar a corda até onde for possível para manter sua candidatura à presidência da República no centro do debate político. Lula está convencido de que quanto mais tempo conseguir fazer a disputa jurídica nos tribunais superiores, mais protagonizará a cena eleitoral, tornando secundária a transferência de votos para seu vice Fernando Haddad.

Há quem veja nessa estratégia, que parece arriscada a muitos, a visão de longo prazo de Lula sobre sua própria liderança na esquerda brasileira. Perder a eleição não seria o pior cenário para o PT, que poderia compensar essa perda com a eleição de fortes bancadas no Congresso e no plano estadual, para comandar a oposição a um possível governo Bolsonaro.

NA ATIVA – Lula não deve ficar preso o tempo de sua pena, beneficiando-se da complacência de nossa legislação, e, com um pouco de sorte dele, ano que vem o Supremo Tribunal Federal (STF) mudará o entendimento sobre a prisão depois da condenação em segunda instância, e ele poderá comandar seu grupo de fora do poder, esticando o mais possível os recursos ao STJ e ao STF.

Mesmo que venha a ser condenado em outros processos, o que é provável, terá os recursos infindáveis previstos na legislação para prosseguir sua luta política até que uma eventual anistia o libere. Para isso, precisará de uma forte presença no Congresso.

A possibilidade de seu avatar Fernando Haddad vir a ser competitivo a ponto de disputar o segundo turno é grande, mas não tão certa quanto os petistas mais militantes imaginam.

BOLSONARO – Se as pesquisas depois das primeiras semanas de campanha eleitoral confirmarem a posição estável de Bolsonaro, mesmo com as críticas ácidas que vem recebendo, uma possibilidade é termos um segundo turno entre Bolsonaro e PT, ou Filipinas contra Venezuela, o que não é uma perspectiva animadora para o futuro do país.

O presidente filipino Rodrigo Duterte foi eleito com uma proposta de resolver um dos maiores problemas do país na bala, e tem cumprido a promessa: manda fuzilar os traficantes. Há poucos dias, disse que enquanto houver mulheres bonitas, haverá estupros, outro dos problemas das Filipinas.

Sua fala implicitamente concorda com a agressão que o candidato brasileiro Jair Bolsonaro fez à deputada Maria do Rosário, a quem disse que não valeria a pena estuprá-la. Por isso, responde a um processo no Supremo Tribunal Federal.

BOLIVARIANO – Fernando Haddad seria o representante do PT bolivariano com cara de social-democrata, o seu oposto, com toda a tragédia econômica provocada pelos erros, omissões e corrupção dos governos petistas e promessa de crise social que estamos vendo na Venezuela de Chaves e Maduro.

O socialismo do século XXI, louvado em prosa e verso até hoje pelo pensamento predominante no PT, seria uma perspectiva real diante uma possível vitória de Haddad, que vem se mostrando de uma lealdade canina a Lula que pode ajudá-lo a ser ungido, mas também transformá-lo em um presidente fragilizado por sua própria base parlamentar, com o predomínio do lulismo a guiá-lo para um radicalismo tão perverso quanto o de Bolsonaro.

O PT já está demonstrando o desprezo pelas instituições democráticas aproveitando-se das brechas legais para denunciar uma perseguição política que não existe.

INTERPRETAÇÃO – Depois da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de flexibilizar a interpretação da legislação eleitoral, permitindo que o candidato a vice faça propaganda como se fosse o candidato efetivo, o PT foi além, mantendo no ar a propaganda com Lula como candidato a presidente, e decidiu esgotar o tempo legal para contestar na ONU a Justiça brasileira, reforçando a imagem de que Lula é um preso político.

Os ministros substitutos do TSE, que cuidam da propaganda oficial, têm a fama de serem duros ao fazerem cumprir a lei, e ontem mesmo um deles já obrigou o partido a retirar uma propaganda do ar que ainda mostrava Lula como o candidato à presidência da República.

É possível que nos próximos dias as brechas na legislação sejam tampadas por outras decisões desse tipo, obrigando o partido a oficializar a substituição da candidatura de Lula. Ou, quem sabe, a assumir a atitude suicida de prejudicar a campanha presidencial para tentar aumentar sua bancada no Congresso, armando-se para o confronto com o futuro presidente, seja ele quem for.

25 thoughts on “Lula está esticando a corda ao máximo e ainda sonha receber uma anistia em 2019

  1. O Capeta Chefe das Trevas com toda a razão resiste em receber o Sapo Maldito por medo de sua influência perniciosa e negativa, pode até derrubá-lo.

    Quem sabe mude de ideia e leve este ser malígno para a fornalha principal das profundesas do inferno.

    O Brasil então se libertará deste AntiCristo, respirará aliviado e avançará 1000 anos.

  2. Lula só que achar alguém que se tenha chances de ser presidente e vice-presidente, e que se sujeitem a ser mandado por ele, para governar por tabela. O Brasil se sujeitará a isso?

  3. To esperando pra ver essa “dureza” dos ministros do TSE, por que hoje mesmo vi a propaganda do Lula e lá estava ele como candidato e a sua marionete Haddad como vice, assim mesmo na cara dura.

    • Compra um banquinha para esperar sentado. Do TSE não sai mais nada além do que já saiu e o Lula vai continuar candidato até no final do segundo turno. A única esperança é que não vai ter um petista na final porque os jumentos não vão saber em quem votar na hora que a foto do Bandido não aparecer na urna. Aliás, a urna eletrônica só se justifica para o PT que controla todos os analfabetos do Brasil.

  4. Esta tática de Terra Arrasada que o pestismo está adotando, ou seja, o permanente desrespeito à Lei com a insistência sistemática em querer enfiar goela abaixo do povo uma candidatura que não existe, vai acabar com as candidaturas dos demais pestistas. Esta tática suicida vai inviabilizar as candidaturas de governadores, senadores e deputados. Depois que o partido eleger uma bancada “aguerrida” de meia dúzia de deputados e senadores vão reclamar das decisões egoísticas do presodente.

  5. Caro leitor e comentarista Jorge,
    Aproveitando do seu comentário, permita-me tecer as seguintes considerações.
    De fato, estamos nas trevas com essa corja desclassificada que temos na vida pública nacional.
    Um deputado Federal lê do seu celular uma mensagem feita no Facebook pela deputada federal gaúcha Maria do Rosário.
    Veja e ouça o que disse a deputada federal gaúcha Maria do Rosário sobre o entrevero havido entre o motorista da Uber e três passageiros na cidade de São Paulo.
    Para essa parlamentar gaúcha é melhor um policial morto do que três bandidos.
    O melhor corretivo que essa desclassificada parlamentar merece receber do povo gaúcho é não ser reeleita.
    Na verdade, toda essa desclassificada classe política brasileira, salvo raríssimas exceções.

    https://www.youtube.com/watch?v=GgD_wJ30CJc

  6. Há quem veja nessa estratégia, que parece arriscada a muitos, a visão de longo prazo de Lula sobre sua própria liderança na esquerda brasileira. Perder a eleição não seria o pior cenário para o PT, que poderia compensar essa perda com a eleição de fortes bancadas no Congresso e no plano estadual, para comandar a oposição a um possível governo Bolsonaro.

    DISCORDO TOTALMENTE DESSA AFIRMAÇÃO E VOU PROVAR PORQUE.
    EM 2014, VÁRIOS POLITICOS ALIADOS, A COMEÇAR POR EDUARDO CAMPOS IMPLORAVAM A LULLA PARA QUE ASSUMISSE A CANDIDATURA A PRESIDENTE, EDUARDO CAMPOS INCLUSIVE DISSE QUE ABRIRIA MÃO DE SUA CANDIDATURA CASO O LULLA SE LANÇASSE. MUITOS ALIADOS, MESMO QUE NÃO FOSSEM GRANDES ESTRATEGISTAS JÁ ENXERGAVAM UM IMINENTE DESASTRE NUM FUTURO 2º MANDATO DA “DILMANTA”.OUTROS “ALIADOS” COMO O PMDB CLARAMENTE TORCIAM PARA A DILMANTA REELEITA. NO CALCULO DELES,OS VERDADEIROS “AMIGOS DA ONÇA”, JÁ ESTAVA COMPUTADO O ENFRAQUECIMENTO DA DILMANTA E A POSSIBILIDADE DE UM FUTURO IMPEACHMENT. NÃO DEU OUTRA.
    POIS, APESAR DE TODOS OS ALERTAS E APELOS, O LULLA AFINOU, DEIXOU A GERENTONA SE IMPOR PARA SER CANDIDATA E SEQUER SE PRECAVEU COM UM MANDATO NO SENADO POR EXEMPLO, QUE LHE DARIA IMUNIDADE PARLAMENTAR.
    EM SUA CABEÇA TOSCA, JAMAIS UM “JUIZINHO” DE 1ª INSTANCIA SE ATREVERIA A CONDENAR UM GRANDE LIDER COMO ELE, O “MAIOR DE TODOS OS TEMPOS DO BRASIL E QUIÇÁ DA HUMANIDADE” !
    PORTANTO, O LULLARÁPIO NUNCA TEVE E NUNCA TERÁ UMA VISÃO DE LONGO PRAZO. É NO MÁXIMO ESPERTO, CAPAZ DE BOAS JOGADAS TÁTICAS, MAS NUNCA SE IMPORTA COM O LONGO PRAZO, É UM PÉSSIMO ESTRATEGISTA. A HISTÓRIA NÃO COSTUMA PERDOAR ERROS ESTRATÉGICOS. PORTANTO O LULLA ESTÁ PAGANDO O PESADO PREÇO,EM OUTRAS PALAVRAS, ESTÁ COLHENDO EXATAMENTE TUDO O QUE PLANTOU E DEIXOU PLANTAR!

  7. nerval -nerval- ate tu acreditando nas baoseiras dos petistas acerca do capitao-so porque ele nao abriu a guarda p vc e seus cupinchas da globo-para vc o bem e o adad o lula etc… fala serio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *