Lula mostra que continua sendo o grande vencedor

Carlos Newton

Como sempre, o ex-presidente Lula é o grande vencedor em mais uma eleição. Não adianta dizer que o PT perdeu aqui e ali, que o PSB cresceu, que o PSDB também conseguiu importantes vitórias, que o DEM ainda não morreu – nada disso adianta. A realidade é uma só. Lula continua demonstrando uma liderança jamais vista nesse país, em termos eleitorais.

Poderia ser um dos maiores líderes da História. Mas não tem merecimento. 

As tentativas de compará-lo com líderes do passado, como Getúlio Vargas ou Juscelino Kubitschek, não podem ter justificativas, porque as condições são muito diferentes. O certo é que nenhum dos dois a ele se iguala em termos eleitorais, de boca de urna.

As últimas duas eleições – 2010 e 2012 – mostram que Lula é um líder popular sem paralelo. Se não tivesse cedido às tentações, se pudesse ter contido a desmedida vaidade, se mantivesse a dignidade de um Nelson Mandela, Lula poderia ficar na História Universal como um dos mais importantes políticos de todos os tempos.

Infelizmente, porém, caiu em tentação, tornou-se um político como qualquer outro da safra atual, cercou-se do que há de pior, fez acordo com os banqueiros, permitiu que a corrupção campeasse em seu governo, aliou-se aos Sarneis, Barbalhos e Malufs da vida, deixou-se levar pela vaidade exacerbada.

É uma pena. Sua biografia seria outra, se Lula tivesse uma postura condizente com o amor que o povo lhe devota.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *