Lula mudou, não quer saber de festa juninas e não aceita participar de outras quadrilhas

O PT não leva a sério o golpe que denuncia

Antes da Lava Jato, Lula gostava muito de formar quadrilhas

Vicente Limongi Netto

No quartel-general petista é palavrão falar em festas juninas. Lula perdeu o encanto por arraiais. Adorava dançar quadrilha, com dona Marisa. Agora, fica irritado. Arrancou do dicionário a palavra quadrilha. Quer distância das festas com quadrilhas e até de simples aglomerações.

É natural, depois de condenado com acusações pesadas de corrupção e ficar preso 580 dias na cadeia… Agora, Lula alega que pode ser mal interpretado pelos adversários e virar memes.

É TEMPO DEMAIS – Leio, estarrecido e indignado que a Policia Federal tem 30 dias para concluir o inquérito da morte de Genivaldo de Jesus, podendo ainda, acreditem, prorrogar o prazo. É de pasmar o bom senso e envergonhar mais ainda o Brasil aos olhos do mundo.

As imagens são claras, escandalosas e pavorosas, merecedoras de enérgico repúdio da nação.  Os três policiais da Policia Rodoviária Federal (PRF), foram irresponsáveis e incompetentes na abordagem.

Agiram com truculência e despudorada covardia. Assassinaram Genivaldo de Jesus. Resta saber se os policiais serão severamente punidos ou se serão acolhidos, como de costume, pelo corporativismo. Tenho ânsia de vômito.

INDO AO ESPAÇO – “Viagem surreal e emocionante”, comemorou o engenheiro Victor Hespanha, que foi ao espaço dentro de foguete de Elon Musk.

A novidade ficou por conta do foguete. Porque diariamente o brasileiro vai e volta do espaço. Encara viagens amargas e desalentadoras. Vai ao espaço com o cheque especial; vai ao espaço em busca de emprego e de comida; vai ao espaço vítima de golpistas; vai ao espaço atrás de cobertores para não morrer de frio; vai ao espaço sofrendo nos hospitais; vai ao espaço com as prestações que aumentam sem avisar. Vai ao espaço acreditando em políticos inescrupulosos. 

Por fim, não rendeu dividendos políticos para a candidata Simone Tebet sair na capa da “Veja” e declarar amor eterno ao PSDB e ao ex-governador Eduardo Leite. As pesquisas indicam que a senadora não desgruda dos 3%. Até Michel Temer entrou na gelada. Sem êxito. A candidatura de Tebet vai acabar melancolicamente conhecida como nota de 3 reais.

9 thoughts on “Lula mudou, não quer saber de festa juninas e não aceita participar de outras quadrilhas

  1. 1) Lembrei de antiga frase:

    2) “Quanto mais batem no Lula e no PT, mais eles crescem, igual massa de pizza”.

    3) Mesmo que ele não seja eleito, o PT fará numerosa bancada.

    4) É um dos princípios da publicidade: “falem mal, mas falem de mim”.

    • Quanto amor pelo PT!

      Quanta vontade ver seu querridinho rato barbudo pagando mico dançando com sua quadrilha com a nova ratinha velha.

      Quanta senvergonhice!

      Nem nos meus vinte e sete anos de Estácio vi tanta promiscuidade.

      Petista é assim mesmo, nem preso, toma vergonha.

    • Garuda, o protetor e libertador da própria mãe, é amigo ou inimigo e destruidor das “serpentes”?
      Quem nisso crê, deveria abster-se e “expectar-dores”!

  2. O Lula já é o mentor da maior quadrilha brasileira. E como tem malandro tirando uma lasquinha do bando. Hoje, elogiar o Lula e o PT só se fizer parte da quadrilha.

  3. Se eles estipularam este prazo para o inquérito indo fundo nas motivações dos ‘assassinos’, exemplo que corrente política eles frequentam que sites eles participam, virar e revirar seus celulares e computadores, de amigos e familiares para chegarmos ao cerne da motivação, sim leva tempo.
    Aqui em Pernambuco a PM tirou a vista de dois transeuntes que só passavam e não tinham nada a ver com a passeata PACÍFICA contra o governo do ‘tosco’. Um dos atingidos, estava com os braços levantados e informando que só queria passar e foi alvejado no rosto; uma vergonha. Quais motivações levaram aquele pm’s a tomar aquela atitude???!!!
    Não sei se vai longe o inquérito ou se vai se perder nas ‘calendas’ do tempo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.