Lula se tornou o principal alvo da CPI do BNDES

Estão cada vez mais perto dele…

Deu no Correio Braziliense

Os primeiros requerimentos apresentados na CPI do BNDES da Câmara apontam que o foco da comissão deverá ser as atividades do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A comissão foi instalada na quinta-feira, duas semanas depois de o presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) anunciar rompimento com o governo da presidente Dilma Rousseff. Ele é investigado pela força-tarefa da Operação Lava-Jato.

Lula é alvo de três pedidos de convocação para prestar depoimento na CPI. Apresentados pelos deputados Raul Jungmann (PPS-PE), Cristiane Brasil (PTB-RS) e Carlos Melles (DEM-MG), os requerimentos partem da suspeita de que o ex-presidente, por meio do Instituto Lula, atuou no exterior como lobista de grandes empresas beneficiárias de empréstimos do BNDES.

Lula também já é alvo de procedimento investigatório criminal (PIC) da Procuradoria da República no Distrito Federal, que investiga se houve tráfico de influência internacional do petista em favor da construtora Odebrecht no exterior.

Ao negar a acusação, o Instituto Lula afirma que o petista jamais atuou como lobista, nunca foi membro de conselho ou diretor de empresa qualquer ou contratado para consultoria. Segundo a entidade, o que o ex-presidente fez foi defender interesses de várias empresas e do próprio país no exterior, além de ter dado palestras.

OUTROS PEDIDOS

Jungmann também apresentou requerimentos para convocar o filho de Lula, Fábio Luiz, e quebrar seus sigilos fiscal, bancário e telefônico. O deputado alega que a empresa de Fábio, a Gamecoorp, foi beneficiada em negócio suspeito com a Oi-Telemar, empresa com participação acionário do BNDES.

Foram protocolados ainda pedidos de convocação para os ex-ministros da gestão Lula, como Antonio Pallocci (Fazenda), Guido Mantega (Economia) e Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), além de Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula.

Também poderão ser chamados empresários próximos a Lula, como os acionistas da JBS, Wesley e Joesley Batista, e executivos ligados a empreiteiras investigadas pela Operação Lava-Jato, como Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro (ex-presidente da OAS).

Além disso, há requerimentos de pedidos de informações sobre contratos do BNDES no Brasil e no exterior entre 2003 e 2015, que abrangem os governos de Lula e sua sucessora, a presidente Dilma Rousseff.

Os 71 requerimentos apresentados até a noite de sexta-feira serão colocados em votação na próxima sessão, marcada para terça-feira. O presidente da comissão, deputado Marcos Rotta (PMDB-AM), afirmou que os documentos serão apreciados por ordem de registro.

24 thoughts on “Lula se tornou o principal alvo da CPI do BNDES

  1. COMBATE À IMPUNIDADE E DEFESA DAS INSTITUIÇÕES

    Anotem aí, a dupla Dilma-Temer vai até 2018 e será benéfico que as cúpulas dirigentes continuem contrariadas, fomentando a chamada ‘crise política’, sinal de que algo de diferente está ocorrendo na República. Estimulam a confusão e o divisionismo confrontando pautas desprovidas de conteúdo, para no fundo evitar pressões sobre assuntos econômicos como alta de juros e o endividamento público, por exemplo.

    O lamentável é que nas redes sociais nos deparamos com uma gama de repetidores dessa trama sem causa, inspirados na infrutífera ‘política de bastidores’ (contra coletivos) e agindo como se tudo não passasse de jogo, com discursos vazios e bravatas deliberadas sem qualquer valor ou sentido. É fácil saber quem ganha e quem perde com isto, Leonel Brizola dizia que para mudar o Brasil devia projetar bons exemplos.

    Ou alguém duvida que das boas e construtivas relações da presidente Dilma Rousseff com seu vice Michel Temer depende o futuro? Que foram eleitos pra governar cabendo cooperar um com outro para o bem do país? Então observem como no geral se desdenha essa parceria institucional fazendo aflorar mesquinhos objetivos político-eleitoreiros, quando deviam focar nas ações cobrando resultados satisfatórios.

    O LEGADO DE DILMA http://br29.com.br/legado-de-dilma-e-o-combate-a-corrupcao-e-o-fortalecimento-das-instituicoes-diz-financial-times/ A história haverá de reconhecer.

  2. Se essa Dilma for até 2018, estaremos comprando carne a R$ 200,00.Assim, vamos comer filé de calango que a gente encontra em qualquer pé de muro. KKKKK….

  3. A milhares de quilômetros de distância, o Financial Times está alheio à realidade brasileira, e forma suas opiniões com bases em observações meramente superficiais.
    Em nenhum momento dos treze anos de PT à testa do Brasil, este partido lutou contra a corrupção, ao contrário, ele a instituiu!
    Os roubos contra o erário vieram à tona ou por denúncia de algum cúmplice ou reportagens investigativas.
    Não houve fortalecimento das instituições, mas o aparelhamento do Estado e estas foram cooptadas pelo Executivo, como as aquisições de partidos e políticos à base “aliada de governo” ou a cobrança pela nomeação da presidência de ministros do STF ligados ao PT!
    Dilma enfraqueceu as instituições de tal forma que a presidência do País está sem autoridade moral, tem o mais baixo nível de aprovação da história, Legislativo totalmente desacreditado e Judiciário em cheque pela atuação da sua mais alta corte!
    Sinceramente, Stédile, agradar a Dilma nessas alturas é irônico, deboche, é não entender nada de Brasil.

    • Não busco agradar a ninguém, Bendl, mas sei que minhas opiniões podem desagradar um monte. Quanto ao texto do jornal inglês não trata de ‘legado petista’, interpretei no sentido do exercício de Dilma na Presidência, cada um é livre pra pensar como queira. Abraços.

    • Não que eu aprove a Dilma e o que faz, ela é fraca, covarde e sem carisma algum.
      Mas dizer que os corruptos atuais são só ela e seu partido, é demais!

      Querem me convencer que, então, santinho era o FHC à época da compra hipócrita, cínica e explícita da sua própria reeleição, não é mesmo?
      Oooopppppss, melhor escrever, simplesmente, à época da sua gloriosa reeleição…
      Ou então esperar o Chapeuzinho Vermelho vir ao Brasil, abençoar os antigos governos e suas vestais de araque…

      Digam, os que acusam só o PT de corrupto, digam que outro presidente não foi corrupto, ou omisso na corrupção, dentre todos os pós-ditadura, a saber:
      Sarney? Collor? Itamar? FHC? Lula? Ou os derrotados Maluf e Aécio, ou mesmo Serra?
      Qual destes não foi, ou não é corrupto, com todas as letras?

      Não foi o PT que instituiu corrupção nenhuma, fizeram-lhe a cama, bem suja, e ele só se deitou ali, com tudo pronto, no lugar dos corruptos anteriores, que pensavam nunca mais sair de cima da rapadura… E não saiu mais.

      O PT deu um merecido pé no traseiro da tucanalhada corrupta anterior em 2002 e, depois, apenas mostrou a todos, que era muito melhor corrupto que os anteriores…
      E estrá aí até hoje, não tem melhor…

      • Luiz, não estamos falando de santinhos. Como sempre, a culpa é dos outros? Estamos falando da bandidagem do governa da Anta. Sim, uma anta da melhor espécie.

  4. No final sobrarão quantos dessa sigla? Quantos encalacrados? E quantos os demais partidos envolvidos, juntos entrarão em processo de autofagia até suas extinções, pois os enclausurados não são “políticos nem defendem bandeiras” e já observaram o que o Marcos Valério do mensalão pena até hoje…..

    A TV Portuguesa noticia o que as nossas Tvs nos escondem! Olhem o Lula…lá…… >>

    https://www.facebook.com/gislane.d.pinheiro/videos/883521491720483/

    • Interessantíssimo vídeo este cujo link nos foi apresentado por Zé do Povo. Mostra Lula em Portugal a presenciar o lançamento de um livro do ex-primeiro ministro português José Sócrates. Foi dada a palavra a Lula e este discursou que José Sócrates estava ainda muito novo e que deveria continuar na política em vez de virar filósofo, e tece vários elogios ao então primeiro-ministro português. Hoje José Sócrates está na cadeia, envolvido em propinas recebida da empresa Lena e a Odebrecht, que patrocinou esta viagem de Lula, seu caixeiro-viajante. Este encontro foi em 2013. Afirma a emissora portuguesa que nem Lula nem José Sócrates imaginavam que hoje um estaria preso e o outro sendo investigado por tráfico de influência pró-Odebrecht. Como a negociata foi em Portugal, Lula também está sendo investigado em Portugal porque participou da lambança-consórcio entre a Odebrecht e a empresa Lena, de Leiria – Portugal! Que vergonha ! Vejam o vídeo.

  5. Para quem ainda duvida de que Lula sempre soube de tudo, encontrei nos anais da revista Veja uma entrevista de tempos atrás dada a jornalista da Revista Playboy ao José Dirceu, em agosto de 2007. Cessam aqui quaisquer dúvidas sobre se Lula sabia e controlava tudo:

    RIO DE JANEIRO – Nada como não jogar fora jornais e revistas. Aprendi isso com a família. Um primo advogado, que morava com a mãe, nunca jogou fora um exemplar do “Correio da Manhã”. Os jornais entupiam o 2º andar de um velho sobrado na rua do Riachuelo, na Lapa, nos anos 50. Minha tia era asmática em último grau e aquilo não lhe devia fazer bem. Mas ela também nunca jogou fora suas revistas “Fon-Fon”. Imagino as maravilhas naquelas pilhas empoeiradas.

    Fazendo faxina, caiu-me às mãos esta semana a “Playboy” de agosto de 2007, contendo a entrevista dos repórteres Tom Cardoso e Fernando Barros de Mello com José Dirceu –já ex-ministro da Casa Civil e ex-presidente do PT, mas ainda não julgado pelo mensalão. O presidente era o Lula. Perguntas ótimas e respostas melhores ainda. Eis algumas:

    “[Por que] eu não posso fazer consultoria? No fundo, o que eu faço é isto: analiso a situação, aconselho. Se eu fizesse lobby, o presidente saberia no outro dia. Porque, no governo, quando eu dou um telefonema, modéstia à parte, é um telefonema! As empresas que trabalham comigo estão satisfeitas”.

    “Só o presidente da República pode me revelar o que ele me solicita, o que me aconselha. Eu não posso revelar. Quando ele me pede algo, eu faço com prazer”. “O Lula não dá cheque em branco pra ninguém. Não é da natureza dele. Pelo contrário, ele delega, mas controla, cobra. Ele é um presidente da República que tem controle sobre tudo o que está acontecendo”.

  6. Musiquinha a ser cantada em coro no domingo dia 16. Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai esta chegando a hora, papuda esta se abrindo meu povo pra gente ver o lula la. Ai ai ai……..

  7. Francisco Bendl tem toda a razão quando afirmou que o Financial Times está
    totalmente por fora da realidade brasileira. Nós sabemos que o governo do PT
    fez e faz de tudo para abafar as CPIs e os escândalos de seu governo, quem está
    realmente combatendo e investigando essa corrupção endêmica desse governo são do MP, a PF, o juiz Sérgio Moro que tem se empenhado e jornalistas investigativos. Quem fomentou a crise política foi as mentiras da Dilma para se eleger, foi a apuração secreta das eleições, é a corrupção desde o início do governo do PT, foi o aparelhamento do Estado, foi a gastança desenfreada e o empreguismo para atender aliados e companheiros, levando o país a essa crise.
    Brizola, político sério, honesto e nacionalista, se vivo fosse, não iria compactuar com toda essa corrupção,
    propaganda enganosa e desmando desse governo. Já teria ido a um canal de televisão e mostrado a que veio o PT, se antes disse: O PT cacareja para a esquerda mas põe os ovos para direita, imaginem agora.
    Não se pode alinhar o Brizola com o PDT atual e muito menos com a política do PT.

  8. Bendl e Nelio
    Terminei de ler a matéria e os comentários, até chegar no seu. Minhas conclusões são as mesmas.
    E mais. Dillma não tinha como não sancionar a lei. Fez porque outros já estavam fazendo. Já pensou se vetasse? Mas encaminhar projeto de lei e sancioná-la não significa “combater a corrupção”.
    Governo combate a corrupção não entregando cargos/espaços para vigaristas. E quando os localiza, abre processos. Quantos foram punidos, por Dillma, em seu governo?
    Para aqueles que defendem a corrupção como algo que já existe faz muito, e acham que os outros governantes só deram continuidade, lembraria o velho e mal feito ditado: A OCASIÃO FAZ O LADRÃO.
    No fundo, o correto é: O LADRÃO FAZ E APROVEITA A OCASIÃO.
    De Getúlio à Dillma existiu e existe a corrupção. Cada uma, com a forma e tamanho autorizado e planejado pelo chefe. Infelizmente, todos “passaram a mão por cima” e deixaram escondidos os desvios dos seus antecessores.
    Getúlio honrou sua história, sacrificando sua própria vida. Depois dele, quem teria coragem de assumir a omissão e seus erros?
    Dillma é tudo o que se diz della e mais um pouco – que ainda não conhecemos.
    Pergunto: Ella não mente? Ella não é incompetente? Ella não está perdida? Ella não fala uma porção de bobagens? Ella não era presidente do conselho de administração da Petrobrás? Ella não sabia da corrupção em seu governo? Puxa, se não sabia, me sinto um débil mental.
    Lulla está morto. Não poderá fazer campanha em lugar nenhum. Se aceitar ser ministro, mata Dillma.
    Os fatos que mais deveriam estar nos assaltando as consciências é aquilo que a operação lava-jato está fazendo. Meia dúzia de brasileiros de fato, estão abrindo as gavetas, as caixas, os túmulos de um governo inteiro, sob o olhar, ainda, abobalhado de uma grande parcela da sociedade.
    Amigos, no final deste episódio, o país e seu povo terão um débito de gratidão com estes homens e mulheres que, dia após dia, arriscam suas vidas e as de suas famílias.
    Que Deus os proteja. Mas é preciso termos coragem de enxergar tudo que está diante de nossos olhos. E depois, irmos às ruas dizer que somos brasileiros, que queremos nosso país de volta e que as novas e futuras gerações terão um país digno.
    Um fraterno abraço nos amigos.

  9. Uma lição brizolista que aprendemos no PDT Nacional e várias vezes mencionei no face, quinta-feira inclusive veiculei frase interna a dirigentes do Pdt Ctba via Whatsapp precavendo contra divisionismos, que faço questão de repetir a seguir – “Acima de nós o Brasil e o PDT. Pensem nisto e não haverá manobra capaz de nos desunir” (6/8, 21:59).

    Está certa a presidente Dilma Rousseff – “O Brasil precisa de uma coisa, precisa muito, mais do que nunca, que as pessoas pensem primeiro nele, Brasil, pensem no que serve à nação, à população brasileira e, só depois, pensem nos seus partidos e nos seus projetos pessoais” http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pessoas-precisam-pensar-no-brasil-e–so-depois–noa-partidos-e-projetos-pessoais–diz-dilma-,1741319

    O exemplo serve para dirigentes ou militantes de outras agremiações, evidentemente, cujas crenças respeito mesmo aqueles que demonstram falta de respeito à minha modesta atuação.

  10. Jacob, meu amigo,
    Este foi o meu objetivo em resposta ao Stédile, acima.
    Os “brazilianistas” não conhecem o povo, as suas dificuldades, o que pensa sobre o governo.
    Escrevem de seus escritórios mediante notícias dos jornais, e concluem sem maiores preocupações com a realidade, enviando seus pareceres às empresas contratantes, onde essas também alteram uma que outra informação.
    Então temos uma sopa com ingredientes sem gosto, insossa, apenas servida quente, sem qualquer sabor ou aspecto nutritivo.
    Por outro lado, pode haver o aspecto político nesta reportagem, algo a apoiar o governo atual brasileiro em face de interesses escusos – afinal das contas Dilma é petista! -, então elogios à presidente, simplesmente falsos e sem qualquer veracidade.
    A imprensa também estaria em outra época, de mentiras e artigos infundados?
    Um abraço, Jacob.

  11. Não sei se é teimosia minha ou falta de capacidade de assimilar.
    NUNCA ACREDITEI EM CPI E CONTINUO SEM ACREDITAR.

    Alguém já disse, que no Brasil quando se quer acobertar alguma coisa cria-se uma CPI. Fala-se muito, a politicagem rola e normalmente chega-se a conclusão nenhuma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *