Lula só viaja no jatinho de Seripieri, o rei dos planos de saúde

Lula e Marisa em Angra, no iate de Seripieri

Lauro Jardim
Veja

As viagens de Lula pelo Brasil, seja para o Rio de Janeiro, seja para Brasília, não têm sido em voos de carreira.

José Seripieri Junior, dono da Qualicorp, colocou à disposição de Lula seu Cessna 680, um jato de dois motores capaz de transportar nove passageiros com conforto.

Junior tem sido um amigo generoso para Lula. Também foi na casa dele, em Angra dos Reis, que o ex-presidente passou o último Réveillon. Foi a segunda vez, consecutiva, que o ex-presidente festejou o Ano novo na mansão de Seripieri Junior.

Lula, Marisa, filhos e noras chegaram dia 30 de dezembro, para ficar até o primeiro fim de semana de 2015.

Lula saiu de barco para pescar todos os dias. Fez uma pausa apenas para ir à posse de Dilma Rousseff no dia 1º de janeiro.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGEsta nota de Lauro Jardim, enviada pelo comentarista Isac Mariano, mostra a metamorfose ambulante em que Lula se transformou, ligando-se a empresários bilionários e esquecendo os parentes e velhos amigos de outrora. Lula mudou muito, e para pior. Ainda bem que, em sua gestão, deixou o atendimento médico-hospitalar do SUS à beira da perfeição… É um farsante, que ainda se julga o homem mais importante do mundo, quando todos já sabem exatamente quem ele é. (C.N.)

24 thoughts on “Lula só viaja no jatinho de Seripieri, o rei dos planos de saúde

  1. Mais um pouco do nosso rico dinheirinho para Angola:
    “Um aporte extraordinário de capital do governo de Angola na Unitel, a empresa de telefonia do país, pode trazer prejuízo para a Oi e, consequentemente, para o governo brasileiro. Sem conseguir negociar com a empresa africana seus direitos de acionista na Unitel, a Oi pode ver seus 25% da empresa caírem para 0,8%, transformando em quase nada os investimentos do BNDESPar e dos fundos de pensão Previ, Petros e Funcef, que são acionistas da empresa.

    A Oi está disposta a solucionar o impasse com a Unitel e aposta no poder de persuasão do governo brasileiro para resolver a crise, herdada da Portugal Telecom (PT). Na semana passada, o presidente da empresa, Bayard Gontijo, esteve com o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, e com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Armando Monteiro Neto, para pedir ajuda.

    Os ministros estarão em Angola em 1º de abril, como parte de um périplo pela África, e serão recebidos pelo presidente José Eduardo dos Santos. Além disso, a tele brasileira pretende avançar nas negociações para a venda de seus ativos africanos no segundo semestre. Para que isso ocorra, porém, precisa reestabelecer a conturbada relação.

    “Primeiro, a Oi deve resolver o conflito, depois começa o trabalho de vender a participação, mas é preciso estabilizar essa relação antes”, afirmou uma fonte próxima à companhia. A Oi quer se desfazer dos 75% da Africatel, que é dona dos 25% da Unitel e usar os recursos para capitalizar a empresa.

    O imbróglio com a Unitel foi herdado pela Oi da Portugal Telecom, quando a operadora brasileira incorporou a empresa portuguesa. A PT vendeu, em 2007, parte da Africatel, a empresa que controla sua parte na Unitel, para o fundo de investimentos nigeriano Hellios, à revelia do conselho de acionistas.

    A empresa angolana não reconheceu a venda e, desde então, dificulta para que a PT assuma sua parte como acionista, inclusive retendo o dividendos devidos a Oi que chega a 400 milhões e impedindo que a empresa nomeie representantes para o conselho de acionistas. A Oi tem direito a indicar três dos cinco membros.

    Fontes da empresa confirmaram ao Estado que a relação com a Unitel põe em risco os investimentos da empresa, mas afirmam que é uma questão política, e que tentam vencer em negociações com o governo angolano. O aporte de recursos é pequeno para a empresa, dizem. Seriam US$ 10 milhões para não ter a participação de 25% diluída, o que a Oi garante não ser problema. No entanto, como a Unitel não reconhece a empresa como acionista, não permite que faça o aporte de recursos necessário. (AE)

  2. Macunaima de São Bernardo do Campo,o herói sem nenhum caráter, só sabe mentir, enganar, apesar de analfabeto é muito inteligente sabe lograr como ninguém, mestre na arte da perfídia.
    Reencarnação de Macunaíma, o personagem de Mário de Andrade. Se adapta a todos os meios, o que se expressa nas alianças que faz e na malta de comparsas que reúne a sua volta, de Maluf, Sarney, Renan, dos usineiros e banqueiros elogiados por ele como também aos ditos sem-terra .
    O Macunaima de São Bernardo do Campo é incapaz de ética da moral e dos bons costumes, desconhece os princípios e causas e só vê as oportunidades. E delas faz uma abordagem animalesca.

  3. O PT sucateou os Hospitais Universitários para privatizá-los através da EBSERH. O filho do Lula abriu uma empresa para vender ‘planos de saúde populares’ para empreiteiras… Algo a ver ?

  4. PLANALTO SEM INGERÊNCIA LULISTA É MELHOR AO PAÍS

    A relação entre Lula e Dilma atingiu seu pior momento. Em meio à crise que abarca o governo, o ex-presidente tem dito a aliados que a sucessora não o escuta mais e, mesmo que concorde com suas sugestões, não aplica nenhuma delas na prática. Após a demissão de Cid Gomes do Ministério da Educação, por exemplo, Lula aconselhou Dilma a colocar Aloizio Mercadante no MEC e Jaques Wagner na Casa Civil.

    Dilma Rousseff, por sua vez, não deu sinais de que efetivará a troca, exceto se o próprio Mercadante se dispuser a mudar de área, hipótese considerada remota. De um deputado do PT, sobre Dilma ter negado uma reforma ministerial ampla: “Ela estava com a bola na marca do pênalti, mas chutou pra fora. Aliás, ela é craque em perder pênalti”.

    MARQUETEIRO – A irritação do ex-presidente Lula se estende a João Santana. Lula fez diversas sugestões para o pronunciamento de Dilma no Dia da Mulher, que motivou panelaço em várias cidades do país, mas também não foi ouvido. Jaques Wagner tem se preservado da disputa por espaço na articulação política e prefere não ir para o Planalto agora.

    Texto: Vera Magalhães-Folha /// Título: Rede PDT 12 VS.

    POST ANTERIOR – Considero erro avaliar que o governo anda como se não existisse, quem sabe isto possa ter sentido para as cúpulas conservadoras que já não interferem tanto no Planalto mas seguem bem ancoradas no Congresso. A presidente Dilma Roussef se mostra serena e tranquila na análise da Operação Lava-Jato e seus reflexos na crise. Lula, ao contrário, não fala com a imprensa desde o fim de 2012, quando estourou o caso Rose. Ele devia dizer o que rola nos bastidores, se contrapondo às imagens negativas que enseja a falta de informações… https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1596664070549858&set=t.100006188403089&type=1&theater

  5. As operações de Palocci na Lava Jato
    Consultorias do exministro
    teriam sido usadas para
    desviar R$ 100 milhões ao PT. Agentes da PF relacionam
    intermediação de petista à doação milionária à
    campanha de Dilma em 2010
    Claudio Dantas Sequeira e Mário Simas Filho
    A pedido da Procuradoria Geral da República está em curso na Justiça Federal do Paraná uma
    investigação sobre a participação do exministro
    da Fazenda e da Casa Civil, Antônio Palocci Filho,
    no esquema do Petrolão. Entre os alvos principais do processo estão contratos feitos entre a Projeto
    – consultoria financeira pertencente ao exministro
    – e empresas que fizeram direta ou
    indiretamente negócios com a Petrobras. Com base em delações premiadas, documentos
    apreendidos e até na prestação de contas feitas pelos partidos, procuradores e delegados da
    Operação Lava Jato calculam que consultorias feitas por Palocci possam ter sido usadas para
    desviar cerca de R$ 100 milhões do Petrolão para os cofres do PT. “Vamos demonstrar que, assim
    como o exministro
    José Dirceu, Palocci trabalhou para favorecer grupos privados em contratos
    feitos com a Petrobras e canalizou ao partido propinas obtidas a partir de recursos desviados da
    estatal”, disse um dos procuradores na tarde da quartafeira
    25.

  6. Lula certamente está entre os maiores farsantes da história desta Terra.

    Enquanto ele curte as “generosidades” do amigo bilionário, controlador da QUALICORP, a maior operadora de planos de saúde no Brasil, a saúde pública brasileira fica cada vez pior, mês após mês.

    As operadoras de planos de saúde, no entanto, faturam cada vez mais. Porém prestando serviços cada vez piores, com a anuência da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), é claro!

  7. Chamem o Chico Buarque:

    ” Quem te viu, quem te vê ” ” Mas o que eu quero lhe dizer…a coisa aqui tá preta…” ” Pai, afasta de mim este cálice”,
    ” Dormia nossa Pátria mãe tão distraída, sem perceber que era subtraída, em tenebrosas transações”, ” pintou um lance legal, um lance lá na Capital, nem tem que ter ginasial”, …

    Saudações,

    Carlos Cazé.

    • Pelo menos, os pilotos brasileiros dispõem de melhores serviços médicos e maluco não se cria nos ares, ao contrário dos da LUFTHANSA que, segundo a edição dominical que hoje, domingo 29/03/15, se insere no jornal alemão DIE WELT sob o nome de WELT AM SONNTAG, carece de serviço médico adequado para tratar os pilotos dessa companhia aérea de primeiro mundo. A propósito, aqui em baixo tem um aeroviário que sabe que os nossos são excelente, embora injustiçados, como no caso da Varig.

      • Além do mais, duvido que o Seripieri, que pelo nome não se perca, como Rei dos Planos de Saúde, não dê cobertura médica total ao (s) seu (s) piloto (s). Não é trouxa e desleixado como o presidente da LUFTHANSA.

  8. O acidente com o filho do Governador, infelizmente foi uma tragédia, e poderia acontecer com qualquer um de nós, minhas sinceras condolências ao Governador Geraldo Alckmin!
    Seripieri você não soube parar e se envolveu com vários políticos, e não adianda falar que não é uma troca de favores, todos sabemos que a ganância, o poder, e o dinheiro, nessas horas não valem nada e a sua empresa SERIPATRI, QUALICORP e o seu dinheiro não vai trazer a vida de cada um deles de volta, pense nisso!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *