Lula voltou imitando Fernando Henrique Cardoso e chamando os outros de ‘vagabundos’.

Carlos Newton

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enfim voltou ao país e participou ontem da posse da nova presidência do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. E mais uma vez imitou seu antecessor Fernando Henrique Cardoso, que sempre foi muito romântico e também dizia bobagens, chegando a afirmar, em sua gestão, que os aposentados eram “vagabundos”.

http://mail-attachment.googleusercontent.com/attachment/?ui=2&ik=b49065ed91&view=att&th=13bab4fd9bb92d36&attid=0.9&disp=inline&safe=1&zw&saduie=AG9B_P84meOSh3h2SMMYqTjYGbvH&sadet=1356001050027&sads=f-O0psEKHqYxi70ThumOJxvObD4&sadssc=1
Agora é Lula que segue nessa toada, ao afirmar que os “ataques” que vem sofrendo são fruto da mágoa de seus adversários pelo sucesso de sua liderança e que, para ser vencido, “vagabundos” terão que trabalhar mais.

“Só tem uma possibilidade de me vencerem: se trabalharem mais do que eu. Mas se ficar um vagabundo em sala de ar-condicionado falando mal de mim, vai perder”, destacou o ex-presidente, atribuindo os recentes ataques a setores da imprensa e a adversários políticos que não aceitariam o sucesso de seu governo, entre eles, o ex-presidente FHC.

Como se sabe, desta vez FHC nada tem a ver com isso. O que está incomodando Lula, além do caso Rosemary Noronha, é o depoimento de Marcos Valério, que o acusou de ter se envolvido diretamente no caso do mensalão, usando até recursos financeiros do esquema. O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou ontem que recebeu os documentos de Valério e que tudo será analisado.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *