Maia sai em defesa de youtuber alvo de ataques virtuais e o convida para discutir PL das fake news

Bolsonaristas disseminaram fake news contra o youtuber nesta semana

Deu no O Globo

Em uma publicação no Twitter, neste sábado, dia 1º, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ),  saiu em defesa do influenciador digital Felipe Neto, que tem sido alvo de ameaças e notícias falsas nas redes. Maia afirmou que pretende acelerar a tramitação do projeto de lei de combate às fake news na Câmara e convidou o influenciador a dar sugestões sobre o tema. Em resposta, Neto disse que aceita o convite e agradeceu o apoio.

“@felipeneto, a covardia é a virtude dos fracos. Esses ataques só reforçam o caráter daqueles que são incapazes de vencer um debate com argumentos e com respeito. Por tudo que você tem sofrido nesses dias, nós vamos acelerar o projeto de combate às fake news”, escreveu no Twitter, acrescentando: “E te convido para uma reunião na próxima semana para discutir e melhorar o PL que está na Câmara. Convite feito Valeu!”

 

CONVITE ACEITO – Em resposta ao presidente da Câmara, Felipe Neto escreveu: “Convite aceito, Rodrigo. Vamos conversar! Muito obrigado pelo apoio”. Felipe Neto, que se tornou um dos principais nomes da oposição a Bolsonaro nas redes, tem sido alvo de ataques e mensagens falsas.

A hashtag #TodosContraFelipeNeto ficou em primeiro lugar no Twitter nesta semana, associada a um tuíte falso acusando o influenciador de pedofilia. A montagem atribuída a Felipe Neto estampava a frase “criança é que nem doce, eu como escondido” e foi classificada por diversos serviços de checagem do país como falsa.

DESINFORMAÇÃO – A mesma frase já havia aparecido em um meme com ataques ao Papa Francisco. Em seus perfis, Felipe Neto informou que só no Facebook e Instagram conseguiu retirar do ar, entre a última segunda e terça-feira, mais de 1,8 mil vídeos com informações falsas, entre elas as que o acusavam de pedofilia.

Na última quarta-feira, um grupo  acompanhado de um carro de som ameaçou o youtuber em frente à sua residência no Rio de Janeiro. Na ocasião, participou da ação um homem que se identifica nas redes sociais como Cavalieri, o “guerreiro de Bolsonaro”, e que também participou de uma ação que lançou fogos de artifício contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

13 thoughts on “Maia sai em defesa de youtuber alvo de ataques virtuais e o convida para discutir PL das fake news

  1. Mais um q acordou. Sentiu q o ódio faz mal ao Brasil. Que a mentira não sobrevive. Só intenções não enchem barrigas. Mais um ex que agora vira inimigo e precisa ser perseguido de todas as formas. Ele que se cuide.

  2. Provérbio caipira: “Gentalha e fezes fedem; mas também servem de adubos”.
    A Arca de Noé era o suprassumo de tudo que uma sociedade, por mais reduzida que pareça, encerra em si. Com o advento da internet, surgiram muitos “vocacionados”, e outros que viviam enrustidos mostraram a cara. Para cada rebanho surge a nessecidade de um “boi-guia”. A moçada cabeça de vento, ou maria-vai-com-as-mídias, precisam de um influenciador ou digital influencer, para puxar-lhe pelo cabresto. Indivíduos dessa mesma récua, se os países tentarem dar-lhe um conselho, o coice é imediato: “Ô credo! Pai tá chato, cafona, ultrapassado, troglodita……’ Porém, se em vez de conselho, o papi der um Concelho, aí o pupilo agarra com unhas e dentes. -Quem não quer uma Prefeitura?
    E aí, sentindo que são capazes de adestrar e açular, os bacanas influenciadores se acham no controle, e tiram proveito disso!

  3. Idealismo versus oportunismo, a luta continua. Na verdade, trata-se de uma luta quase que inglória para o idealismo, mas não deixa de ser instigante. Inglória, porque é uma luta injusta, uma contenda na qual as chances do idealismo vencer são remotas, até porque o oportunismo é um adversário perigoso, liso, rápido no gatilho, está sempre de plantão, espreitando todos os passos do idealismo saltando à sua frente, o qual, face à sua natureza cuidadosa, quase sempre caminha meio que sozinho, como que pisando entre ovos, cercado pelos inimigos. Ademais o oportunismo, entre outras vantagens conta tb com a grande vantagem de não ter escrúpulos, de não ter compromisso com a verdade que realmente liberta, com a ética e a boa-fé, vê a oportunidade dando sopa se joga sobre nela de qualquer jeito e o resto que se dane, e o Bolsonaro tb é um bom exemplo disso. E o coitado do idealismo, por seu turno, movimenta-se lentamente com o máximo de cuidados, constrói o prato lenta e silenciosamente às suas próprias custas e sacrifícios, e de quebra sempre cabresteado pela verdade, pela ética e pela boa-fé, com as quais tem o rapo preso. Nesse contexto, grande parte da mídia, por sua vez, que sempre se faz de santa, na verdade vilã, joga no time do oportunismo, daí a constatação de que enquanto a verdade coloca a gravata a mentira já deu várias voltas ao mundo, de modo que, em grande medida, ela é tb tão vagabunda quanto o sistema apodrecido , que tem os seus bandidos de estimação, que os alimenta conforme as suas conveniências espaciais e temporais, a qual ajuda a fazer do Brasil um país apodrecido, alicerçado nas velhas e famigeradas fake news, mentiras e enganações da ora, conforme os interesses imediatos do oportunismo, do mercenarismo, do sofismo e seus monstro$, que, depois de criados e soltos em meio a multidão, o coitado do idealismo e afins precisam sair correndo atrás para tentar neutralizá-lo, para tentar evitar novos erros ainda piores do que os já praticados pelo conjunto das obras do oportunismo.

    • O “Nesinho do Jegue” pode até já ter tomado todas hj, mas continua mais sóbrio do que nunca, ao que parece. E o que cabe ao idealismo, no caso do Brasil, ao que parece, é repetir a advertência: ” não erre de novo, o novo de verdade, no Brasil, é o projeto novo e alternativo de política e de nação, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso”, muito embora a tendência do país e da população, influenciada pela mídia e afins, seja sempre a mesma trajetória errante.

    • Nelsinho do Jegue, você salvou meu domingo. A realidade, a atualidade, a visão ampla e a honestidade de princípios de sua oração foi para mim um bálsamo na cruel dúvida de que eu estivesse sozinho nas minhas crenças e percepção da realidade sócio-política do nosso país. Você precisa aparecer mais para trazer uma aragem de coerência e possibilitar a troca de ideias.

  4. Espertalhões como Maia e Felipe Neto possuem cadeira cativa no teatro de horrores da Tribuna da Internet.

    “O youtuber havia recebido duas parcelas do benefício: R$ 1.200. De acordo com a assessoria, Neto soube do depósito em sua conta apenas nesta sexta-feira (31), e já efetuou a devolução do dinheiro ao Ministério da Cidadania”:

    https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/verso/felipe-neto-devolve-r-1200-ao-governo-apos-ter-nome-inserido-no-auxilio-emergencial-1.2972654

  5. Fico pensando, mas não mais indignado do que ates, quando vejo um deputado federal, presidente da casa e que se elegeu com 75.000 votos, agora virando rei do “gado”!
    Alguém, de sã consciência, consegue enxergar alguma possibilidade de tornar-se o Brasil numa nação, mas não apenas no papel?
    Só não vale dizer que temos de “purificar” as instituições nas próximas e próximas eleições!

Deixe uma resposta para Jair dos Santos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *