Maior violência contra o brasileiro é a falta de atendimento médico

Colunista denuncia: por falta de insumos, médicos são obrigados a levar material de casa para hospitais

Este é o corredor de um hospital público no Tocantins

Francisco Bendl

Muitos comentários na Tribuna da Internet têm abordado a violência que ceifa a vida de aproximadamente 60 mil pessoas a cada ano. Volta e meia registramos também reclamações quanto às deficiências da saúde pública,  porém não de forma específica, pois prevalecem nos textos as filas em hospitais e a demora por uma consulta para médicos especialistas, que podem durar alguns anos de espera, inacreditavelmente.

Neste domingo, a Agência Estado divulgou mais uma informação estarrecedora, que foi republicada pelo jornal Zero Hora, aqui no Rio Grande do Sul, revelando que a obesidade tem levado cerca de 45 mil brasileiros a óbito, por ano, por falta de atendimento especializado na rede pública de saúde.

DESCASO – Em outras palavras: este descaso com o ser humano, demonstrado por um governo sem autoridade moral, incompetente, corrupto e desonesto, evidencia-se exatamente no cuidado que deveria ter com o povo, seu bem-estar, sua saúde e qualidade de vida.

Na razão direta que somos explorados e roubados pelos poderes constituídos, o cidadão não tem qualquer importância para o Estado, tanto pelas constantes alegações de falta de recursos quanto pelos desvios de verbas de áreas vitais à população e desenvolvimento do Brasil!

SEM ATENDIMENTO – Se a obesidade é tratada com este desleixo, podemos imaginar o câncer de mama, a tuberculose, os problemas cardíacos e pulmonares, que aniquilam milhares de brasileiros de forma criminosa, irresponsável, pois os impostos arrecadados têm esta finalidade precípua de prestar um bom serviço ao contribuinte, mas os recursos públicos são usados para enriquecer parlamentares e suas quadrilhas, travestidas em partidos políticos.

Definitivamente o cenário nacional é aterrador, sem esperança, sem futuro, um povo sendo enganado e mal conduzido, tendo sua vida regida por ladrões de colarinho branco.

22 thoughts on “Maior violência contra o brasileiro é a falta de atendimento médico

    • Meu caro Cazé,

      Ontem eu estava em dificuldades para responder aos comentários, que faço agora.

      Obrigado pela participação, em princípio, e sobre os dois link que mencionaste, mais adiante vou abordá-los com mais propriedade.

      Um forte abraço.
      Saúde e paz.

  1. Bendl, há quarenta anos eu já brigava na Justiça contra o mau atendimento hospitalar aqui no Rio de Janeiro. Isso quando o atendimento era prestado. Também briguei pela falta do atendimento. Quantas ações?. Perdi a conta. A que mais me marcou foi o caso da paciente Dilma Ferreira. Internada no Hospital Municipal Souza Aguiar com paralisia cerebral e engessada dos pés até a altura da cintura, Dilma emagrecia tanto que as pernas ficaram fininhas, o gesso alargou o espaço e os ratos do hospital todas as noites entravam para comer as carnes das pernas da paciente.

    Assim que li a notícia no jornal, impetrei habeas-corpus em favor de Dilma. Agi por conta própria, sem que a família soubesse. Inicialmente, o juiz me chamou, lamentou a situação, mas disse que não poderia expedir nenhum alvará porque não se tratava de pessoa presa. Então argumentei: perdão, doutor juiz, ela está em situação análoga à de um preso. E até em situação pior. Porque se estivesse consciente, fugiria do hospital.
    Então o juiz me deu razão. A ordem foi expedida. Dilma foi transferida de hospital. A enfermaria foi fechada. O diretor demitido. Dilma morreu meses depois. E a família foi me agradecer e nos tornamos amigos.

    Já contei esse drama de Dilma anos atrás, em artigo publicado aqui na Tribuna da Internet. Hoje a situação se não for pior, é a mesma.

    • Caríssimo dr.Béja,

      Às vezes fico imaginando os casos que o senhor se defrontou na sua vida profissional e que lhe deixaram surpreso e indignado!

      Certamente desta paciente que o senhor relatou o seu drama foi uma das situações mais estarrecedoras já vividas, diante do descaso da saúde pública sobre a sua condição de abandonada em um leito sem qualquer cuidado.

      Pois, sabe-se lá, quantos cidadãos e cidadãs não se encontram deste jeito, largados em enfermarias e sem qualquer atenção a respeito da doença que o levou para aquele hospital ou enfermaria.

      Muito obrigado pelo seu comentário, que pela sua contundência e dramaticidade, traduz exatamente o quadro da saúde no Brasil, onde está explícita e de forma inquestionável, o crime cometido pelos governantes contra a população neste sentido, de negar-lhe a saúde, o atendimento, o leito hospitalar, a consulta médica, os exames de rotina e os mais sofisticados.

      Nessas alturas, com a saúde pública absolutamente deteriorada, sem condições de atender a demanda, o governo e parlamentares quererem reformas na Previdência e leis Trabalhistas, constatamos o cinismo e a hipocrisia em seus ápices, a incompetência em seu apogeu, a corrupção e desonestidade usadas sem qualquer pudor, em consequência, os danos e prejuízos incalculáveis à população, cujo método utilizado tem sido a eliminação das pessoas ou pela falta de saúde ou pela insegurança!

      Ladrões e assassinos nos governam!

      Um forte abraço, dr.Béja.
      Saúde e paz.

  2. Bendl,

    Como já te disse em outros comentários o que mais nos revolta é a nossa impotência em fazer qualquer coisa sobre quando até a Justiça que tanto prezamos não funciona para resolver estes casos. O comentário acima explicita essa situação.

    • Borges, meu prezado,

      Escreveste bem sobre a impotência que sentimos diante dessas situações desesperadoras!

      Se a Justiça poderia ser o último recurso para se exigir um tratamento à altura e necessário para o paciente, esta se mostra ao lado do governo corrupto e desonesto, negando os mais comezinhos direitos do cidadão, e respaldados pela Constituição.

      Jamais, em tempo algum, o país esteve deste jeito, abandonado, porém sendo roubado, explorado e usado pelos governantes e parlamentares impiedosamente, além de terem seus atos nocivos e nefastos corroborados por uma Justiça tendenciosa, política e obviamente injusta!

      Grato pelo comentário.

      Um abraço.
      Saúde e paz.

  3. Caro Bendl,
    Perfeita a sua colocação. A muito tempo a saúde pública vem sendo sucateada.o governo federal, usa a DRU para tirar dinheiro da saúde, o pouco que chega ao estado, ou município, a corrupção estadual e municipal leva boa parte dessa verba.
    Não tenho nenhuma admiração pelo Cezar Maia, mas em seu governo, pelo menos o SUS funcionava bem, o paciente chegava de manhã para marcar uma consulta e era atendido a tarde, no pior das hipóteses era atendido no dia seguinte. De algum tempo, para cá, é conforme você disse, leva meses, para se ter uma simples consulta..
    Enquanto os políticos, vivem pomposamente, como verdadeiros nababos a maioria do povo vive com todo tipo de maus tratos.
    É bom lembrar: a base da revolução chamada de comunista na Rússia foi algo parecido com situação do Brasil. Enquanto os nobres aliados do Czar viviam como nababos e dançavam o minueto nos palácios luxuosos, o povo russo sofria de fome e frio
    Um dia pode aparacer um líder e acordar o povo brasileiro. Torço para que não seja igual a revolução comunista da Rússia.
    Um forte abraço, saúde e paz.

    • Caro Jacob,

      Três preocupações, pelo menos, deveriam ser permanentes em qualquer governo decente e honesto:
      Saúde, Educação e Segurança!

      Simplesmente o alicerce de qualquer país que almeje um futuro para seu povo, consequentemente de desenvolvimento e progresso.

      Pois justamente nessas áreas de maior importância ao povo e Brasil, elas têm sido negligenciadas criminosamente há décadas, atingindo o caos pleno e total nesses serviços essenciais à cidadania.

      Perguntar aos “dignos” representantes da população no Legislativo a respeito de os porquês de jamais terem mostrado um mínimo de interesse que fosse pelos problemas graves nesses setores, eu estaria sendo mais do que ingênuo, ridículo seria o certo, haja vista o parlamentar brasileiro ter apenas um objetivo quando eleito:
      Locupletar-se de todas as formas possíveis e imagináveis, tanto honesta quanto desonestamente!

      Resultado:
      Este artigo e os comentários a respeito da saúde pública, decadente, incompetente, deficiente, mal administrada e propositadamente!

      Um abraço.
      Saúde e paz.

  4. E o pior é que em todo discurso político, eles falam que vão resolver o problema da saúde, educação e segurança…. é só aguardar…2018 vem aí….

    • Suely,

      A política brasileira além de deletéria e abjeta, tem consigo ser a arte do engodo, da enganação, de mentirosa, de ilusão.

      Consequentemente, o povo, inculto e incauto, sucumbe facilmente às artimanhas dos políticos sorrateiros, maldosos, mal intencionados, que são todos, indistintamente, sem qualquer exceção!

      Grato pelo comentário.

      Um abraço.
      Saúde e paz.

    • Celso,

      Concordo que depois do texto do nosso dr.Béja, relatando o drama de uma paciente abandonada dentro do próprio hospital, o registro sintetiza o caos que se encontra a saúde pública!

      Obrigado pela participação.

      Um abraço.
      Saúde e paz.

    • Robert,

      O verdadeiro servidor público, que trabalha, que fez concurso e foi aprovado, tais como os professores, enfermeiros, policias militares e civis, agentes de saúde … estes são pessimamente remunerados!

      Diante do atraso dos salários, o descaso pelas suas carreiras, a falta de reajuste porque os governantes alegam não ter dinheiro – curiosamente parlamentares e magistrados têm seus aumentos salariais mantidos e seus proventos são milionários -, ocasionam que os bons funcionários procuram colocações na iniciativa privada, e a encontram.

      Justamente pela crise causada pelos incompetentes, desonestos e corruptos Executivo e Legislativo, os concursos não são feitos para repor a mão de obra cada vez mais escassa, faltando gente para atender, material, leitos, aparelhos de exames, salas de cirurgias, deixando o pobre do cidadão à mercê das circunstâncias.

      Obrigado pela participação.

      Um abraço.
      Saúde e paz.

  5. Bendl
    Teu artigo só diz verdades.
    No entanto, a pergunta que mais está na boca da maioria dos brasileiros é: E NINGUÉM VAI FAZER NADA?
    Se orienta-se que ingressem na justiça, dizem que não vai dar nada, que vai demorar muito, que não te tempo,
    Aqui no sul, temos assistido médicos descumprindo contratos e fica por isto mesmo. Laboratórios, hospitais, clinicas e empresas fazendo negociatas.
    Amigo, fazemos parte de um povo que, na imensa maioria, não vale muito. São seres humanos de categorias inferiores. Se deixaram imbecializar.
    Para torcer pelo clube, tomar cerveja, fazer sacanagem e ver merda na televisão, estão sempre prontos.
    Como já te disse outras vezes, tem é que bater na cabeça de um por um. Talvez acordem, peguem no tranco ou fiquem mais abobados do que já são.
    Em 2018, vão votar nos mesmos ou em piores. Cobrá-los? Dois dias após as eleições não lembram em quem votaram.
    Ou pior, mentem que não votaram nos trastes.
    Um abraço fraterno e votos de muita saúde.
    Fallavena

    • Meu caro Fallavena,

      Obrigado pelo comentário, onde tu também colocas verdades indiscutíveis, insofismáveis, principalmente na tua crítica costumeira contra o povo, que se deixa conduzir muito facilmente por ladrões e assassinos, que se constituíram Legislativo e Executivo!

      Justamente por essas e outras razões VITAIS, que este sistema político e eleitoral faliu, haja vista que não será mais à base de eleições conduzidas e por uma falsa democracia que solucionaremos os problemas nacionais!

      Desta forma, somente alimentamos o monstro que nos dizima a cada ano, devorando milhares de cidadãos pelo seu apetite insaciável porque a saúde, educação e segurança inexistem.

      Olha, fica muito difícil, Fallavena, apontarmos qual seria o fator mais grave que o Brasil tem pela frente, que deve enfrentar, que deve combater e com muita vontade:
      Se a corrupção, a insegurança, a saúde ou a educação!

      Atingimos um estágio de tamanha deterioração institucional e dos serviços que o Estado é o responsável direto, que eu não saberia onde atacar inicialmente.

      Justamente pela indecisão ocasionada pela gravidade da situação em áreas vitais ao povo e país – qual seria aquela que pede por urgência e importância -, tenho clamado pelo fechamento do Congresso, o grande mal, e intervenção no Planalto, a doença incurável!

      Um forte abraço.
      Saúde e paz, meu amigo.

  6. Caro Bendl, assino em baixo e dos comentaristas. Essas Almas trevosas que estão com o Poder público, nos 3 poderes apodrecido, estão a cada dia, solidificando o Ranger de Dentes, no Além Túmulo. Desde 2000, denuncio os Prefeitos de Guapimirim a 10 autoridades, que se tornam coniventes por omissão, com esse crime hediondo,, em minha cidade, a compra de remedios com super-faturamento de 1.600%, em 2013 e sumiço de equipamentos, compras excessivas, nada acontece, e o Cidadão morre ou fica aleijado, em julho de 2015, sofri um acidente em casa, fui desacordado para o Hospital, levado pelo Samu, 10 dias internado, desacordado, por relato de minha filha, que recebeu do médico, a noticia que eu ia morrer , e se sobrevivesse, ficaria em cadeira de rodas, ela me retirou do hospital, sob sua responsabilidade, já que estava condenado a morrer, morreria em casa, ela gastou minhas economias, com o tratamento, de 6 meses, com sequelas nas pernas e perda parcial de audição, e continuo a sobreviver. Estou Conselheiro da saúde desde 2003, nunca pedi favores a mim e a Família.
    Infelizmente, o atual ministro, ou sinistro da Saúde, é “fanzoca” dos planos de saúde, que exploram o cidadão, por ausência do poder público, fora outras mazelas.
    Tenho ações popúlares, mas, a justiça, com seus passos de cagado, é conivente. em 2006, mandei o TCE fechar, por sua inutilidade, aprovando as contas denunciadas por mim, e hoje, seus sinistros, foram presos, e a justiça solta, ai pergunto que País é esse, que só condena os 3 PS- pobre, preto e puta, e os ladrões de bilhões, continuam a afrontar à Nação, somos escorchados em impostos, entregamos 06 meses de nossos miseráveis salários para serem roubados, e a corja, a rir em nossas caras de idiotas. Os serviço fundamentais, estão no Caos.
    Que Deus, nos ajude, a sair desse Pântano.
    muita saúde e longa vida. Théo.

  7. Meu caro Théo, e decano deste blog,

    Obrigado pelo comentário.

    A tua indignação é a minha, que se somam às injustiças que temos sido alvos por parte deste governo e parlamento corruptos e desonestos.

    E justamente a saúde pública atesta a forma criminosa como somos tratados, como somos desconsiderados, como somos roubados e explorados por ladrões e assassinos!

    Milhares morrem anualmente por causa da negligência, omissão e irresponsabilidade dos governantes e parlamentares, que deveriam ter sido destituídos do poder desde Sarney, o mestre dos corruptos.

    Pois de lá para cá, essa gentalha aperfeiçoou os métodos de roubar o erário e dilapidar o patrimônio público, de manipularem as eleições e adulterarem as urnas, registrando que decidem quem seja o vencedor!

    Não há mais credibilidade neste processo eleitoral, nesta forma “democrática” que inventaram, onde até o voto é obrigatório!

    O Brasil faliu ética e moralmente, em consequência, da mesma forma o sistema que coloca no poder ladrões e assassinos que deve ser extinto e, no seu lugar, um modo de eleição que não deixe dúvidas quanto à sua honestidade e correção!

    Muito obrigado pela tua participação.

    Um forte e fraterno abraço.
    Saúde e paz.

  8. Enquanto quem desvia $ dos sistemas de saúde, etc… Alem de preso, ter que devolver tudo o que foi desviado com juros, correção e multa, mesmo que para isto tenha que se tomar os bens dos familiares em primeiro e segundo grau, realmente não muda não.

    • Prezado Pereira Filho,

      Obrigado pelo comentário.

      De fato os ladrões da saúde pública, tanto aqueles que desviam as verbas destinadas a esta área quanto aqueles que superfaturam os preços para obter propinas, deveriam ser punidos exemplarmente, e esta tua sugestão é procedente, poderia muito bem ser acolhida, não fossem os que aprovam este tipo de condenação os ladrões que estamos comentando!!!

      Um abraço.
      Saúde e paz.

  9. É o resultado da CORRUPÇÃO que se intalou no país, não é só no Rio de Janeiro, se formos averiguar acontece em todo o país, o pior é que os deputados tem assistência médica particular pago pelos contribuintes brasileiros e recebe um péssimo serviço de saúde, segurança e educação,que país mais corrupto e desigual, agora é estas reformas que prejudicam o trabalhador, até quando…

    • Roberto,

      Inquestionavelmente a saúde está nesta situação pela corrupção reinante, mas também pela IMPUNIDADE!

      E nos deixa mais indignados e revoltados, que basta um parlamentar ter flatulência para subir em um avião e consultar um médico, em Boston!

      Evidentemente com as expensas por conta do burro do contribuinte, que aceita pacificamente essas injustiças e crimes praticados sem culpados!

      Obrigado pelo comentário.

      Um abraço.
      Saúde e paz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *