Maioria dos candidatos militares fracassou nas urnas, apenas 11 se elegeram

Resultado de imagem para MILITARES CHARGES

Charge sem assinatura, reproduzida do Google

Ricardo Balthazar
Folha

A maioria dos integrantes das Forças Armadas que decidiram entrar na política neste ano fracassou nas urnas. De 117 militares cujas candidaturas foram acompanhadas por oficiais da reserva durante a campanha, somente 11 conseguiram se eleger. A lista não inclui o deputado federal eleito Hélio Barbosa Lopes (PSL-RJ), amigo de Jair Bolsonaro que se tornou o mais votado no Rio de Janeiro. Conhecido como Hélio Negão, ele é subtenente do Exército, mas estava fora do radar do pessoal da reserva.

Com ele, são seis os militares com cadeiras asseguradas na Câmara dos Deputados. Eles tomarão posse em fevereiro. Outros cinco se elegeram para vagas nas Assembleias Legislativas dos estados.

EXÉRCITO – Os seis que chegaram à Câmara são todos do partido de Bolsonaro e membros do Exército. Peternelli, 64, foi para a reserva há quatro anos como general de divisão, com três estrelas. Ele se elegeu para a Câmara com 74 mil votos.

Ele foi contemporâneo de Bolsonaro na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), e foi o capitão reformado quem o encorajou a entrar na política quando se aposentou, recomendando que se filiasse ao PSC, sigla em que o presidenciável estava antes do PSL.  Os dois também estudaram na Aman com o outro general da reserva que fará parte da bancada bolsonarista na Câmara, Girão Monteiro (RN), que há duas semanas defendeu a destituição e a prisão de ministros do STF que soltarem investigados por corrupção.

Segundo o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), a partir do ano que vem a Câmara terá 60 deputados identificados com forças de segurança, incluindo os integrantes das Forças Armadas e policiais militares e civis.

3 thoughts on “Maioria dos candidatos militares fracassou nas urnas, apenas 11 se elegeram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *