Mais duas pesquisas hoje: uma dá Aécio na frente; a outra, Dilma

Carlos Newton

Querem enlouquecer os eleitores, a todo momento sai uma pesquisa com resultados. Depois do Datafolha, que dava Aécio Neves na frente e em poucos dias passou a indicar Dilma Rousseff, agora vem o instituto Veritá prevendo exatamente contrário.

Foi o jornal mineiro Hoje em Dia que encomendou a pesquisa sobre a corrida presidencial ao instituto Veritá.  O levantamento coloca Aécio Neves (PSDB) à frente na disputa, com 53,2% das intenções de votos. A presidente Dilma Rousseff (PT) teria 46,8%. Os percentuais consideram apenas os votos válidos.Considerando os votos totais, Aécio teria 47% e Dilma 41,4%. Os indecisos somam 7,8% e 3,7% declararam que vão votar branco ou nulo.

A pesquisa, realizada de 17 a 20 de outubro, ouviu 7.700 eleitores em 213 cidades de todos os estados brasileiros e tem margem de erro de 1,4% para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que significa há 95% de chances de o resultado estar dentro da margem de erro.

Outra pesquisa divulgada hoje, do Vox Populi, indica que Dilma teria 52% contra 48% de Aécio . Falta agora o Ibope.

O certo é que, com tantas discrepâncias, as pesquisas estão cada vez mais desmoralizadas e os donos dos institutos, cada vez mais ricos.

14 thoughts on “Mais duas pesquisas hoje: uma dá Aécio na frente; a outra, Dilma

  1. Acreditar no Vox Pópuli é duro! Além dele pertencer ao cunhado do Collor, faz pesquisas para a financiada Carta Capital e para a emissora do pastor, patrão do gigante da nossa imprensa Paulo Henrique Amorim. No primeiro turno, ele deu 47% para a Dilma e 23 para o Aécio. Resultado das urnas 41,6% e 33,6%….Quanto ao Veritá, não sei por que tem petista falando que ele não presta, pois ele junto com o IBOPE, foi contratado pela Secom da Presidência, sem licitação, baseado no ‘notório saber’!

  2. Esqueci, tem um boato na praça que a Dilma ou o Lula, irão ‘passar mal’ e internados. Assim além de culparem o Aécio a Dilma foge do debate final na Globo! Já tem pena de aluguel, defendendo um boicote ao debate.

  3. Estes ditos Institutos de Pesquisas parecem o programa “Tudo Por Dinheiro”, do Silvio Santos.

    Quem paga mais assume a Pole Position.

    Até agora o único que parece ser sério é o Sensus, acertou as pesquisas do primeiro turno.

  4. Para os tucanos torcedores, Vox Populi e Data Folha estão nos 5% de erro, enquanto para os petistas ferrenhos o Veritá é que fez uma pesquisa nos 5% de erro. Como não sou nem um nem outro, afirmo com 100 % de acerto que algum instituto está errando mais do que outros.
    Constato que a metodologia empregada não capta todos extratos necessários para um resultado confiável. Se o extrato populacional dos indecisos mais aqueles que pretendem votar em branco ou nulo, mas que se arrependem e acabam votando em um candidato, possui 8 % do eleitorado, qualquer margem de erro abaixo de 4% é impossível.
    Para que os leitores racionalizem mais e se emocionem menos, apresento aqui um prognóstico muito simples, baseado apenas no que aconteceu nas eleições de 2010, tendo os números saídos das urnas eletrônicas, ou seja todo o universo de eleitores e não uma amostra supostamente representativa. No primeiro turno de 2010, Dilma obteve 46,91 %, Serra 32,61% e Marina 19,33 %. No segundo turno de 2010, com a neutralidade de Marina, Dilma ficou com 56,05 % e Serra com 43,95 %. Do primeiro para o segundo turno, com 600.000 eleitores a menos no geral, Dilma agregou para si 17% a mais de votos, enquanto Serra agregou 32 % a mais de votos.
    Utilizando apenas estes índices em 2014, como as máquinas partidárias são as mesmas e a terceira colocada foi também Marina, se a situação do Brasil fosse a mesma que a de 2010, teríamos agora no segundo turno, Dilma com 50.623.000 de votos e Aécio 46.039.000 de votos, portanto Dilma com 52,3 % e Aécio 47,7 %. Diferença vegetativa de 4,5 milhões de votos. Estes números correspondem aos que agora são apresentados pelo Data Folha. Eu não preciso de institutos para me fornecerem os prognósticos do chamado modelo ingênuo de previsão.
    Agora, percebam que a previsão pode falhar depois de quatro anos porque existem alguns fatos extra máquinas partidárias que ocorrem no Brasil de 2014 e não ocorriam em 2010: Inflação sentida pelas classes mais baixas, baixo crescimento econômico, adesão de Marina, adesão de Renata Campos e PSB em Pernambuco, corrupção divulgada na Petrobras e poucas obras do PAC entregues por falta de gestão ou de dinheiro mesmo. Assim, Aécio já parte de 46 milhões de votos de piso, e precisa cabalar votos extras dos que votam em Dilma, na ordem de 2,3 milhões de votos. Não considero impossível este feito pois somente em Minas e Pernambuco Aécio pode obtê-los, pelas últimas pesquisas de MG. Acredito que a diferença será apertada, com menos de 500 mil votos, com ligeiro viés vencedor para Aécio.
    Saudações a petistas e psdbistas.

  5. Fiquem de olhos bem abertos com as pesquisas que, de repente, tornam colocar a Dilma na frente do senhor Aécio…
    Nelas, têm o dedo do marqueteiro Santana, e do Franklin Martins que não se admitem a hipótese de perder esta eleição, perder essa tremenda boca-rica que é o desgoverno do PT, onde deitam e rolam, como antes se aproveitou o publicitário marqueteiro do Lula, que saiu milionário e escapou das grades da denúncia de lavagem de dinheiro.
    Rola, muita, muita grana nessa política sórdida do PT, querendo se perpetuar no poder… e os “amestrados” estão aí para isso mesmo, Mentir, inventar, bater, tudo… para ganhar.
    Para os paulistas as mensagens não são subjetivas… são objetivas, mesmo, querendo culpar o Governador Geraldo Alkmin pela falta de água para os paulistanos, pela seca inclemente que se abate pelo Brasil afora… Paulistas!.. o governador não é São Pedro !..
    Enfim, tudo se transforma em alvo para o PT: os brasileiros divididos; ricos dos pobres; zona sul e zona norte; as VERDADES que só pertencem ao PT… e a total, absoluta inversão de valores com que nos defrontamos HOJE, em que educação e respeito já deram adeus…
    Me engajo na corrente que colocou a urna eletrônica que vai decidir essa eleição, como a maior SUSPEITA de fraude, tecnologicamente, bem superior aos papeizinhos contados um a um na Bolívia, onde 3 % dos votos apurados já davam o índio Morales, como reeleito. Agora, a oposição boliviana reclama, e tudo indica que a recontagem vai morrer na praia…
    No caso da urna made in Brasil, só por nós adotada, o que têm de rapidinha têm de safadinha, com a benção do STE, cujo presidente Dias Tofoli, ex-advogado do PT, é sempre bom lembrar, não quer nem ouvir falar do comprovante do voto, que já conseguiram extirpar da nossa eleição. Mas, adoram os resultados das pesquisas, que ajudam no convencimento…
    Em suma; quem não gostar do resultado dado pela urna, vá se queixar ao bispo ou ao papa…
    Ou, mude de país…

  6. Amigos
    Se existe coisa que não perco muito tempo é avaliar pesquisas. Até porque são coisas meio esotéricas.
    Acabo de receber material sobre uma delas e passo a vocês.
    Alguém que esteja familiarizado com aplicação de índices e dados, poderá me (nos) ajudar.
    Aqui vai.
    ==================================================================
    O Enio MeneghettI publicou a FARSA DA PESQUISA DA DATAFOLHA. analisem pelo próprios dados: Acabei de receber

    FARSA DA PESQUISA DATAFOLHA !!!!!!!!!!
    Analisando os números da própria pesquisa divulgada hoje ( 20/10) por região tem-se o seguinte :

    Região Sul :
    Aécio 61%
    Dilma 39%

    Região Sudeste :
    Aécio 59%
    Dilma 41%

    Região Centro-Oeste :
    Aécio 63%
    Dilma 37%

    Região Nordeste :
    Aécio : 32%
    Dilma : 68%

    Região Norte
    Aécio : 44%
    Dilma : 56%

    Segundo o TSE o número de eleitores por região é :

    Região sul : 20.825.700
    Aécio 61% : 12.703.677
    Dilma 30% : 8.122.023

    Sudeste : 60.968.400

    Aécio 59% : 35.971.356
    Dilma 41% : 24.997.044

    Centro-Oeste : 10.081.500
    Aécio 63% : 6.351.345
    Dilma 37% : 3.730.155

    Nordeste : 38.225.100
    Aécio 32%: 12.233.032
    Dilma 68% : 25.993.068

    Norte : 10.659.600
    Aécio 44% : 4.690.224
    Dilma 56% : 5.969.376

    TOTAL
    AÉCIO : 71.948.634
    51,2 %
    DILMA : 68.811.666
    48,8%

    Esta é a verdade ! Dados tirados da própria pesquisa !!!
    Passem para todos ! Este número divulgado hoje na Globo tem um poder psicólogo muito grande ! Temos que manter o foco e aumentar o entusiasmo ! Vamos a vitória ! E viva o Brasil !!!

    • Também recebi essa informação por e-mail e inclusive foi postada aqui no Tribuna hoje, mas ela é errônea por se utilizar dos dados da pesquisa anterior (14 e 15/10) realizada pelo Datafolha.

  7. Acabei de ler sobre mais um ato dos comediantes da ideologia, os ‘defensores do proletariado’ deram empréstimo subsidiados e sem garantias, para a socialite dos ‘Mulheres Ricas’ ! CIRCO!

    ( Folha de São Paulo ).

    O Banco do Brasil concedeu empréstimo de R$ 2,7
    milhões à apresentadora de TV Val Marchiori, a
    partir de uma linha subsidiada pelo BNDES,
    contrariando normas internas das duas instituições.
    Marchiori tinha restrição de crédito por não ter pago
    empréstimo anterior ao BB e também não
    apresentava capacidade financeira para obter o
    financiamento, segundo documentos internos do BB
    obtidos pela Folha.
    A empresa pela qual Marchiori tomou o crédito, a Torke Empreendimentos,
    apresentou como comprovação de receita a pensão alimentícia de seus dois
    filhos menores de idade. O financiamento, repassado pelo BB a partir de uma
    linha do BNDES com juros de 4% ao ano –mais baixos que a inflação–, foi
    usado na compra de caminhões.
    A Torke não tinha experiência na área de transportes e a atuação da empresa
    até então estava relacionada à carreira de Marchiori na TV.
    Na condição de administradora com poderes plenos na empresa, Marchiori
    tinha dívidas antigas com o BB que representavam impedimento para o novo
    empréstimo. Por isso, foi feita uma “operação customizada”, ou seja, sob
    medida para Marchiori, para liberar os recursos.
    Val Marchiori é amiga do presidente do BB, Aldemir Bendine. A
    apresentadora esteve com ele em duas missões oficiais do banco, uma na
    Argentina e outra no Rio. Em entrevista à Folha, o ex-motorista do BB
    Sebastião Ferreira da Silva disse que a buscava em diversos locais de São
    Paulo a pedido de Bendine. “Fui buscar muitas vezes a Val Marchiori”, disse
    Bendine nega qualquer participação na concessão do empréstimo. Ele
    reconhece que ficou hospedado no mesmo hotel que Marchiori nas duas
    ocasiões, mas diz que a estadia dela não tinha relação com as missões do
    banco, que foram coincidências.
    Oito dias antes de o BB começar a analisar a operação para a Torke, Marchiori
    enviou e-mail a Bendine, ao qual a Folha teve acesso, com perguntas sobre
    outro financiamento do banco, para empresa do marido da apresentadora,
    Evaldo Ulinski.
    O papel dos bancos públicos virou tema de debate entre os candidatos a
    presidente Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT). Aécio acusa o governo
    do PT de usar o BNDES para financiar empresas aliadas. Dilma defende o
    banco, dizendo que 84% dos investimentos da indústria passam pelo BNDES.
    A Torke tomou o empréstimo para, imediatamente, sublocar os caminhões
    para a Veloz Empreendimentos, que é do irmão da apresentadora, Adelino
    Marchiori.
    Uma cláusula da linha Finame/BNDES, de onde saíram os recursos, impede
    cessão ou transferência dos direitos e obrigações do crédito sem a autorização
    do BNDES. A praxe do banco é financiar a atividade-fim do tomador do
    crédito.
    Na análise de risco, o BB apontou que Marchiori não tinha como comprovarreceita compatível com o empréstimo, que tem prazo de pagamento de cincoanos. No item “garantias mínimas” para o financiamento, o banco diz:
    “Coobrigação obrigatória da administradora Valdirene Aparecida Marchiori,
    ainda que sem recursos computáveis compatíveis”.
    Segundo a análise de crédito, os fiadores da operação, o irmão e a cunhada de
    Marchiori, donos da Veloz, também não apresentavam recursos para garantir
    a operação. Assim, o BB dispensou a comprovação de capacidade de
    pagamento da tomadora do crédito e dos fiadores.
    ———————————————————————————————————-
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/10/1535588-bb-dribla-regra-ao-emprestar-para-amiga-de-chefe-do-banco.shtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *