Mais um escândalo: R$ 7,6 bilhões sem licitação na Petrobras

O diretor Paulo Roberto Costa, que assinava os contratos bilionários

Deu na Agência Estado

José Jorge, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), disse ser no mínimo “estranho” que se tenha R$ 7,6 bilhões em contratos sem licitação no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Segundo ele, esses contratos foram firmados pela diretoria de Paulo Roberto da Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras e pivô de investigação sobre um esquema de propina na estatal.
O ministro frisou ainda que os contratos foram firmados na época em que o diretor ainda estava no cargo. As obras a que ele se referem são as do Pipe Rack (R$ 1,87 bilhão), da Unidade de Coqueamento Retardado (R$ 1,94 bilhão), e da Central de Desenvolvimento de Plantas de Utilidades (R$ 3,80 bilhões) – esse último contrato é o que pode ter os pagamento interrompidos caso o José Jorge decida por uma paralisação cautelar.Ele informou que até a próxima sessão do TCU terá tomado a decisão. “Vou analisar e definir daqui para o fim da semana que vem. Até a próxima sessão eu decido”, afirmou. O ministro ainda observou que o projeto da Comperj é grande e passou por muitas mudanças. Segundo ele, cada área do governo e da Petrobras informa um valor diferente para a obra. “O mais grave é que cada órgão do governo vê essas obras com valores diferentes. Na Petrobras, que tem diversas diretorias, cada uma tem um valor diferente”, disse. “A auditoria foi ver como a Petrobras se estrutura de forma tão frouxa para um contrato tão grande”, ponderou.

6 thoughts on “Mais um escândalo: R$ 7,6 bilhões sem licitação na Petrobras

  1. Nunca antes na história deste país houve uma equipe de administração da corrupção, com direito a Gerenta e tudo mais.

    Palavras do Barba antes de ser eleito:

    “Acho que empresário corrupto tem que ter medo do PT, pessoas que degradam o meio ambiente têm que ter medo do PT, pessoas que praticam corrupção têm que ter medo do PT, aqueles que querem manter relações com o Estado entrando pela porta dos fundos têm que ter medo do PT…”
    (Candidato Lula, Caros Amigos, 2001)

    “No meu palanque, corrupto não sobe, no meu governo, corrupto não entra”
    Candidato Lula em 2002

    Palavras da Gerenta:

    “O governo, como as pessoas, tem que ter honra, porque aqui não se cultivam escândalos. Agimos com transparência, não criamos cabides de emprego”
    Dilma Rousseff (PT), pré candidata a presidente
    Fonte: Diário do Pará
    31/03/2010

    Experiência de um mentiroso:

    “A desgraça da mentira é que, ao contar a primeira, você passa a vida inteira contando mentira para justificar a primeira que contou”.
    Presidente Lula,
    (17/07/2005)

    • Guilherme
      Hoje entendo os recados do “grande bufão” quanto aos corruptos.
      Ele quis dizer: cuidados que nós do PT vamos colocá-los no chinelo. Ninguém será maior do que nós, até mesmo em relação a corrupção.
      Promessa cumprida.

  2. Leio no sáite do PCB: citando o pensador alemão Walter Benjamin: “quando a esquerda perde a oportunidade de mudar a sociedade a consequência é sempre um período de barbárie”… E foi o que aconteceu nos últimos 12 anos. Agora… PT corre atrás da esquerda querendo voto… agora é tarde… mais de uma vez ouvi/li sobre a “esquerda burra” que não apoiava o PT… a “esquerda burra” continua ética… sonhando com um Brasil mais ético…

  3. Anteriormente, coisa de dois ou três meses atrás, debatemos aqui no blog, matéria sobre denuncias que já pairavam sobre o Comperj , complexo petrolífero que está sendo montado em Itaboraí, no Rio de Janeiro.
    Agora, confirmados os sussurros e murmúrios… ministro do Tribunal da Contas já se manifestou. Ele achou “estranho” que o TVU tenha descoberto quase R$ 8 BILHÕES de reais em contratos sem licitações…quando o Paulinho, amigão do Lula, ainda era diretor da Petrobras. Vale leitura, atenta, do texto da Agência Estado.
    De bilhão em bilhão, a Petrobras virou coração de mãe do Partido dos Trabalhadores, e os trabalhadores, os abestados que trabalham quase 6 meses de um ano só para pagar impostos, dinheiro público, impotentes, assistindo a corrupção dessa gangue instalada no governo…
    E, por incrível que pareça, ainda há quem defenda esses safados…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *