Mais um partido apoia Eduardo Cunha na presidência da Câmara

Partido Solidariedade vai votar em Cunha, líder do PMDB

Ranier Bragon
Folha

A bancada do oposicionista Solidariedade (SD) declarou na tarde desta terça-feira (11) apoio à candidatura do líder peemedebista Eduardo Cunha (RJ) à presidência da Câmara dos Deputados. Cunha deverá ter a adesão de cinco partidos ao seu nome: PMDB, PTB, PR, PSC e SD.

Apesar de liderar na Câmara o maior partido aliado ao PT na coalizão de Dilma Rousseff, Cunha não é bem visto pelo Planalto por ter liderado rebeliões contra o governo no ano passado. A eleição para a Presidência da Câmara será realizada no início de fevereiro. O PT deverá lançar candidato para concorrer com Cunha. Os grandes partidos de oposição também estudam lançar um nome.

A declaração de apoio do Solidariedade foi dada após almoço na sede do partido, no Lago Sul, região nobre de Brasília. O partido tem hoje 22 deputados federais. Para a próxima legislatura, 15 foram eleitos.

Entre os presentes estava o deputado Luiz Argôlo (SD-BA), que teve seu pedido de cassação aprovado pelo Conselho de Ética da Câmara sob a acusação de receber dinheiro e favores do doleiro Alberto Youssef.

A acusação contra o deputado tem como base a operação Lava-Jato, da Polícia Federal, que aponta um esquema de corrupção na Petrobras. Youssef, um dos integrantes do esquema, fez acordo de delação premiada com a Justiça.

Segundo participantes do almoço, Argôlo não falou e saiu antes do término da reunião.

One thought on “Mais um partido apoia Eduardo Cunha na presidência da Câmara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *