Major Olímpio e deputados do PSL pedem a Augusto Aras a prisão de Lula pela Lei de Segurança Nacional

Senador acusa Lula de incitar a violência contra a ordem pública

Daniel Weterman
Folha

O líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), entrou com uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) pedindo a prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com base na Lei de Segurança Nacional.

O argumento do senador é que o petista, livre da prisão desde a última sexta-feira, dia 8, incitou a violência contra a ordem pública ao pedir para a militância “atacar” como manifestantes no Chile. No sábado, dia 9, em São Bernardo do Campo, Lula chamou militantes para uma reação ao governo do presidente Jair Bolsonaro, declarando ser necessário “atacar” e não apenas se defender.

“QUESTÃO DE HONRA” – “É uma questão de honra a gente recuperar esse País. A gente tem que seguir o exemplo do povo do Chile, do povo da Bolívia. A gente tem que resistir. Não é resistir. Na verdade, é lutar, é atacar e não apenas se defender. A gente está muito tranquilo”, declarou Lula.

Na representação, Olímpio pede ao procurador-geral da República, Augusto Aras, para requerer a prisão preventiva de Lula por incitar a subversão da ordem pública e instaurar procedimentos para responsabilização por crimes previstos na Lei de Segurança Nacional e na legislação que tipifica os crimes contra o Estado e a ordem política e social.

PROJETO DE PODER – “Uma incitação desta natureza ultrapassa qualquer razoabilidade de liberdade de expressão e demonstra um projeto de poder que quer se utilizar da violência e da quebra da ordem pública para a proteção de criminosos”, diz Olímpio no documento encaminhado à PGR.

Os deputados federais Carla Zambelli (PSL-SP) e Ubiratan Sanderson (PSL-RJ), da ala bolsonarista do partido do presidente, também enviaram ofício ao procurador-geral da República Augusto Aras solicitando a prisão preventiva do ex-presidente. Segundo os parlamentares, o petista discursou ‘chamando a população a tomarem as ruas’ após ser posto em liberdade.

“AMEAÇA” – No entendimento dos bolsonaristas, a fala de Lula representa uma ‘ameaça à ordem pública’. “As declarações do ex-presidente Lula, transmitidas ao vivo pelas maiores redes de televisão do Brasil, proferidas não só aos seus correligionários, mas para o país como um todo, tiveram como principal objetivo a subversão da ordem pública, a incitação da violência e a promoção da insurreição popular”, afirmam.

Zambello e Sanderson embasam o pedido sob o artigo 312 do Código de Processo Penal, que prevê a prisão preventiva de uma pessoa para garantir a ordem pública e/ou econômica ou assegurar a aplicação da lei penal.

O instrumento foi utilizado pela Lava Jato para deter investigados antes mesmo da apresentação de denúncia formal. A prisão preventiva pode ser decretada a qualquer momento e independe de sentença condenatória.

APOLOGIA – Os bolsonaristas também acusam Lula de promover incitação pública e apologia ao crime, citando a Lei de Segurança Nacional. Segundo os parlamentares, Lula estaria ‘incitando a violência com intuito de promover desagregação, confusão e balbúrdia no seio da população brasileira’.

O pedido de prisão preventiva foi solicitado ao procurador-geral Augusto Aras. Se aceitar, Aras deverá elaborar um pedido à justiça para decretar a detenção do petista. 

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG 
Representações para inglês ver e com o intuito de conquistar espaço na mídia apenas. A justificativa de incitação pública à desordem e ameaça à democracia são parciais, já que representantes da cúpula da legenda agem da mesma forma sob a bandeira da “liberdade de expressão”. De ambos os lados, destaque-se (!), o que interessa é fazer barulho na tentativa de estimular as massas. É muita manobra para um país que aguarda por efetivações. (Marcelo Copelli)

14 thoughts on “Major Olímpio e deputados do PSL pedem a Augusto Aras a prisão de Lula pela Lei de Segurança Nacional

  1. A intenção da lei depende da interpretação do juiz. Pelo menos é o que se viu e vê no infamous STF. A segunda instância teve 5 votos a favor de juizes sabidamente de boa reputação e 5 votos contra de crápulas notórios.
    MInha opinião moderada é prender o ladrão Lula com base na Lei de Segurança Nacional independentemente dos gritos dos calhordas que sempre se colocam a favor de bandidos.
    Agora vou rezar dois padre-nossos, 3 ave-marias e um monte de Credos de Nicéia para inspirar o nosso presidente frouxo a fazer alguma coisa.

  2. Quando vejo o Evo fugindo com dois carros fortes de empresa brasileira (alí pode estar também o dinheiro nosso da Refinaria roubada em sociedade e omissão dos petralhas e do maior ladrão do Brasil) e o “capo após ser solto por seus iguais e cúmplices dizendo que façam igual a Bolívia e Chile(sabe de tudo de crime organizado e terrorismo) é que tenho certeza de que o Foro de São Paulo é a maior organização criminosa e narcoterroista das Américas, e que o “maior ladrão do Brasil é o Comandante” e ainda tem um “corte de estimação” para se locupletarem da América Latina toda. Fiquemos atentos para os próximos passos do bandidos petralhas e o restante das quadrilha latinas !!!

  3. Um pais que precisa fazer reformas agraria, agricola urbana as três estão conectadas,reforma do sistema financeiro na educação que forme cidadão que pensem, uma verdadeira implantação do SUS,reforma na mídia para que a população tenha acesso direto aos meios de comunicação ,pois não é possível que 5 ou 6 famílias monopolizem a mídia dividindo nos estados com políticos ex Sarney,Colhor ´REnan entre outros.

  4. 1) O radicalismo verbal do ex-presidente Lula é só palanque.

    2) Assim que foi eleito no primeiro governo fez acordos com o ex-presidente Sarney, Maluf e outros que tais.

    3) É o famoso marketing eleitoral… para impressionar os que não tem memória…

  5. Nós é que precisamos atacar o calhorda luiz inácio que conseguiu encantar uma multidão de mulas com cabrestos colocados até mesmo no STF.

    Brasileiros indignados com esse matuto metido a malandro, vamos dar o que esse cretino merece, ou seja, uma vigilância em seus atos sempre com tendências terroristas e covardes que tentam amedrontar o nosso povo.

    Bolsonaro, e toda a sociedade brasileira não devem titubear com esse condenado em terceira instância, e se preciso enquadrá-lo na LSN.

  6. Tudo conversinha. A soltura do Lula foi tramada no acordo dos 3 poderes.

    Essa escrotidão toda de um acusar, ofender o outro é jogo de cena. É só para parecer que estão de rixa. Tudo cineminha.

    O objetivo foi alcançado, qual seja, soltar o Lula a pedido de Tóffoli e Gilmar Beiçola Mendes. Com os três juntos (Lula, Tóffoli e Gilmar Beiçola Mendes) já está formada a quadrilha.

    Na política, a única coisa podemos cravar é que eles, os políticos, vão roubar, sempre!!!

    Passagem aérea para lazer, uso de carro oficial para ir à academia e outras coisas mais, são formas de corrupção.

    Então, ficam aqui os comentaristas se esperneando para nada.

  7. Prezados Antônio Rocha, Luiz Fernando e Renato:
    O acordo já está feito:

    TU FALA MAL DE MIM QUE EU FALO MAL DOCÊ.

    É a velha e surrada tática usada pelo pt e psdb, é tantos outros partidos e políticos. No fim eles se acertam e quem se fode é o povo.

    Lembram do Telecach? É igualzinho.

    Só fingimento!!

    Simples assim.
    Atenciosamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *