“Mal que Lula fez ao Brasil é muito maior que o bem”, diz Ciro Gomes no programa do Bial

Ciro Gomes no "Conversa com Bial" - Vídeo/Reprodução

Ciro, ex-amigo de Lula, bateu duro também em Bolsonaro

Hellen Leite
Correio Braziliense

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) fez duras críticas ao ex-presidente Lula (PT) durante entrevista ao programa Conversa com Bial, na TV Globo, na madrugada desta terça-feira (10/8). O pedetista apontou que Lula cometeu erros durante a gestão à frente do Executivo e traçou um paralelo entre entre os chamados “bolsonarismo” e “lulopetismo”.

“Eu venho de longa data, o Lula também. O Lula comete equívocos estratégicos que tem uma explicação: o lulocentrismo. O egolatrismo absolutamente sem contraste e agora piorado porque os grandes amigos que ele tinha que diziam ‘menos, Lula’ morreram todos. Ele está cercado de bajuladores de quinto nível. O ego do Lula agora não tem reparo, não tem contradição, despirocou geral. Não mudou nem uma ideia sobre nada. E agora tá piorado, porque ele considera, vamos dizer, que o crime compensa”, disse.

MAL E BEM – “Chega! O mal que o Lula já fez ao Brasil é muito maior que o bem que ele fez em algum momento”, completou o pré-candidato à presidência da República.

Ciro ainda comentou sobre as eleições de 2018, após as quais viajou para Paris, França, deixando de participar da campanha do candidato do PT, a quem declarou apoio. Ele disse que Fernando Haddad (PT) nunca entrou em contato para agradecer o apoio ou negociar a incorporação de pontos do plano de governo na campanha.

Sobre o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), Ciro afirmou ter se enganado por imaginar que os militares poderiam moderar o atual chefe do Executivo à época de sua eleição em 2018.

Tudo ao contrário – “Mordi feio a língua. Ao invés dos militares moderarem Bolsonaro, o Bolsonaro subornou essa cúpula militar que está perigosamente sendo transformada num partido político miliciano. É o que nós temos pra enfrentar. Bolsonaro apropriou uma parte da cúpula das forças armadas. Esse General Braga Neto é um fascista mor, esse General Heleno é um fascista mor. É com isso que ele vai enfrentar a democracia, é um delírio”, declarou.

O pedetista seguiu com críticas ao presidente. “Eu conheço o Bolsonaro e sei que o Bolsonaro é um grande canalha desde sempre. Eu fui contemporâneo dele deputado. O Bolsonaro roubava dinheiro da gasolina do gabinete, roubava dinheiro de funcionários fantasmas, roubava dinheiro do auxílio moradia. E o Bolsonaro sempre foi um cara ligado à tortura, ás milícias. Eu em 93, governador do Ceará, pedi a cassação e a prisão do deputado Bolsonaro porque ele tinha feito uma dessas maluquices”, disse.

TRISTE PARALELO – Para o ex-ministro, existe um paralelo entre os chamados “bolsonarismo” e “lulopetismo”. “Claro que qualquer brasileiro sereno sabe que Lula e Bolsonaro são pessoas absolutamente distintas uma da outra. Bolsonaro tá no campo da tortura, da ditadura, do enfrentamento à ciência, da confrontação da cultura, do preconceito, xenofobia, enfim, no campo do perverso. Mas é a mesma governança politica e o mesmo modelo econômico. O Brasil não aguenta isso”, assinalou.

Nos últimos meses, o pedetista vem mantendo um discurso de ataque aos dois nomes mais bem colocados nas pesquisas de intenção de voto para 2022, o ex-presidente Lula e o atual mandatário Jair Bolsonaro (sem partido).

As eleições de 2022 serão a quarta tentativa de Ciro chegar à presidência. Na última pesquisa de intenção de voto divulgada pela Futura Inteligência em parceria com o Modalmais, em 28 de julho, o ex-governador aparece liderando na preferência dos eleitores na chamada “terceira via”.

11 thoughts on ““Mal que Lula fez ao Brasil é muito maior que o bem”, diz Ciro Gomes no programa do Bial

  1. Depois da palhaçada blindada de hoje, dificilmente um militar terá chance de participar de um governo civil do bem. Pegou mal demais para os milicos.

    • Pra quê isso? Você fez parte do governo Lula’, e ainda pegou nosso Marqueteiro João Santana , um dos maiores ladrão que fez parte de nossos quadros, e agora está fazendo sua campanha,
      O que é isso, Companheiro.., Ciro.??

      Tô falando, esses comunopatas são demais da conta, é um vasto repertório de piadas prontas…

      eh!eh!eh!eh

  2. Ciro Gomes é um político ,preparado para o cargo.Inteligente e culto,conhece Direito e aborda com segurança temas econômicos.
    Possui experiência no Legislativo e no Executivo.
    Porém tem um poderoso inimigo:seu temperamento explosivo.
    Se pensasse um pouco,antes de falar,seria um nome magnífico para derrotar,nas urnas Lula e Bolsonaro!

    • Concordo integralmente com o conteúdo de seu comentário, embora o aspecto temperamental me preocupe, pois já presenciei uma explosão e não é bonito.

  3. Ciro já demonstrou sua capacidade como gestor público. e em várias ocasiões.

    Não responde ou respondeu por nenhum processo de corrupção. Nem há notícia que participou de certos esquemas reprováveis conhecidos.

    Seus detratores sempre apontam sua sinceridade, sua fala direta em apontar os erros, como seu defeito.

    Quando fala em propostas de longo prazo para o desenvolvimento do país, assumindo suas responsabilidades, é considerado arrogante.

    Mas será que ele é avesso ao diálogo? Para conseguir ser considerado um bom gestor, há necessidade de dialogar, portanto, ele possui essa qualidade.

    Por enquanto é o candidato à presidência que tem os melhores atributos.

Deixe um comentário para JOSÉ CARLOS DE ANDRADE WERNECK Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *