Mandetta sinaliza desistência da candidatura e vê possibilidade de o União Brasil apoiar Moro

Mandetta: "Cloroquina nunca teve viés de saúde" | Dagmara Spautz | NSC Total

Mandetta vem dialogando com Sérgio Moro há vários meses

Nilson Klava
G1 Brasília

Em reunião nesta semana com a cúpula do União Brasil, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta sinalizou ter desistido da pré-candidatura à Presidência da República. Na reunião, o nome do ex-ministro da Justiça Sergio Moro foi tratado como uma possibilidade real de apoio do partido para 2022.

O União Brasil surgiu da fusão do PSL com o DEM. A reunião da cúpula desta semana debateu os cenários para 2022. A avaliação foi de que o foco do novo partido não deve estar na tentativa da construção de uma candidatura própria à Presidência.

PARTICIPANTES – Estavam presentes na conversa Luciano Bivar, que será presidente do novo partido, ACM Neto, secretário-geral, Antônio Rueda, vice-presidente, o deputado Elmar Nascimento e Mandetta.

Na reunião, Mandetta disse que agora deve focar na estruturação do partido em Mato Grosso do Sul e nas conversas por composições com outros nomes para a corrida presidencial.

Ao blog de Gerson Camarotti, Bivar confirmou a desistência de Mandetta. “O Mandetta disse que prefere disputar cargo no legislativo em Mato Grosso do Sul. Não descartamos apoiar ninguém. Entraram no radar MDB, PSDB e Podemos, com Moro. Mas também podemos ter candidatura própria”, disse Bivar.

NEM SIM NEM NÃO – À GloboNews, Mandetta disse que ainda não tem uma decisão tomada: “Nessa reunião, foi colocado que as possibilidades de política nacional são cada vez mais afuniladas, que o partido tem que fazer uma discussão a respeito de qual vai ser o seu caminho: se vai ter candidatura própria; se vai fazer apoiamento a algum dos candidatos; ou se não vai ter candidato”

“Eu não posso ser candidato dentro de uma agremiação que ainda não conhece bem quais são seus próximos passos. Acho que esse debate vai ter que ser interno, dessa agremiação, tem pessoas chegando, pessoas saindo, e é natural que ela tenha ruídos de comunicação, como foi o caso dessa reunião”, complementou.

DIÁLOGO COM MORO – Mandetta vinha mantendo diálogo constante com Sérgio Moro. Os dois saíram do governo no mesmo mês, por diferentes motivos. Desde então, o contato se intensificou, com conversas quinzenais por vídeo entre os dois e João Amoedo, do Novo. Nos últimos meses, Mandetta também vinha mantendo contato com o pré-candidato do PDT, Ciro Gomes.

Moro e Ciro são vistos como opções pelo União Brasil, que descarta apoiar Bolsonaro ou Lula. “É o início do debate dentro do União. Foi uma primeira conversa, pela primeira vez o partido começou a avaliar o fator Moro. Passa a ser possibilidade real no União. O maior ativo dele é a perspectiva de crescimento. Mas o partido ainda está concentrado em se estruturar nos estados e na construção dos palanques regionais, como em MG, SP e RJ”, afirmou Mandetta.

O União Brasil terá como principal ativo ser a legenda com o maior fundo partidário e tempo de televisão. E pode se utilizar disso para garantir um posto de vice em alguma chapa presidencial.

 

10 thoughts on “Mandetta sinaliza desistência da candidatura e vê possibilidade de o União Brasil apoiar Moro

  1. È sempre bom lembrar o que disse a Dona Janaina Paschoal sobre o Ex-Ministro e agora Ex-Candidato a Presidência…

    Não tô ditando receita para ninguém”, afirmou Janaina. “O máximo que eu posso fazer é dar o meu testemunho: eu segui o Mandetta e quase morri. O que que o Mandetta dizia? Fique em casa, não procure um hospital. Foi o que eu fiz. No 16º dia de sintomas eu fui carregada, não consegui sequer andar.”

    PS. Ainda bem que está gravado…..

  2. Dois ex-sinistros e ex-homúnculos de confiança do maior criminoso e pior presidente que já tivemos querem ser (novamente) o “novo na política brazileira? Some-se a esses dois mais o atual vice, mourão vaca fardada II, santos cruz etc e tal… essa via de broxanaristas “arrependidos” querem manter o desgoverno BROXAnaro sem o titular. Uau!
    Arre, égua!, meu Santo Padim Pade Ciço!!!

  3. Lendo a Cantanhede deu pra perceber onde a mídia vai investir.
    Os jornalões começaram a fazer boca de siri, mas pra quem entende um pouco de jornalismo de compadrio, o Mapa da Mina é Moro.
    Se Bolsonaro não levar outra facada ou tiro, vou votar nele, novamente!
    Com esse pânico instalado a terceira via mais parece abraço de afogado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *