Mantega imita Dirceu, Palocci e Erenice e vai ser “consultor”

Carlos Newton

Foi o ministro da Fazenda com mais longo tempo de permanência no cargo. Ao longo dos oito anos em que esteve à frente da equipe econômica de dois governos do PT (Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Vana Rousseff), Mantega se notabilizou pela ousadia contábil, levando às últimas consequências a maquiagem das estatísticas e as pedaladas para adiantar créditos e retardar débitos de um ano para outro, com objetivo de reduzir déficits e forjar superávits, no balanço anual.

Os artifícios da contabilidade de Mantega foram fartamente denunciados pela imprensa. O Tribunal de Contas da União (TCU) teve de abrir processo para investigar as pedaladas fiscais e acaba de intimar o ex-ministro a se defender e fornecer justificativas para a prática.

Na revista Época que começou a circular no fim de semana, o jornalista Murilo Ramos, adianta que Mantega argumentará que se trata de prática antiga, que acontecia desde o governo tucano de Fernando Henrique Cardoso. “A amigos, no entanto, tem dito que as pedaladas eram abençoadas pela presidente Dilma, com quem não fala há muito tempo”, acrescenta o repórter da Editora Globo, informando também que Mantega está mudando de lado, pois pretende abandonar a vida pública e se dedicar à empresa de consultoria econômica que deseja abrir em São Paulo, mas que só poderá funcionar a partir de julho, quando termina o período de quarentena (seis meses) imposto a ex-ministros para voltarem à iniciativa privada.

CONCORRÊNCIA DIMINUI

Mantega já teve uma consultoria em sociedade com sua irmã, mas fechou em 2001. Desta vez, pode ser que arranje alguns clientes, pois a concorrência está diminuindo bastante, desde que ex-ministros Fernando Pimentel e José Dirceu abandonaram o promissor ramo de negócios, Antonio Palocci passou a ser menos procurado e Delúbio Soares decidiu concentrar suas operações de consultoria em Goiás, onde tem feito bons contratos para intermediações com a Prefeitura de Goiânia, que é comandada por Paulo Garcia, do PT.

Como em sociedade tudo se sabe, já circula a informação de que Mantega pretende concentrar as atividades de sua empresa em São Paulo e no Rio de Janeiro, porque em Brasília a ex-ministra Erenice Guerra dominou completamente o setor de consultoria e enriqueceu.

É certo que na capital, enquanto a presidente Dilma Rousseff estiver no poder, a concorrência não tem a menor condição de obter êxito se tentar disputar mercado com Erenice Guerra, que tem demonstrado invulgar adaptação ao ramos da consultoria, que alguns anos atrás era conhecido como tráfico de influência. Mas isso ficou no passado.

14 thoughts on “Mantega imita Dirceu, Palocci e Erenice e vai ser “consultor”

  1. Sr. Newton, quem lida com a comunidade humilde que está desesperada na “luta do pão de cada dia”, perde a Esperança de ver o BRASIL libertar-se da CORRUPÇÃO, por desconhecer o que é “CIDADANIA”, e pela descrença no “Poder judiciário”, por suas ações de “estupro e vilipendio à Srª Justiça”, PELOS QUE POR DEVER DE OFÍCIO DEVERIAM HONRÁ-LA.
    Ao vermos as “MANOBRAS” dos 3 podres poderes, para que não haja punição, ficamos na frase de RUI BARBOSA: “TENHO VERGONHA DE MIM, EM SER HONESTO”.
    O lucro dos 1º trimestre, dos grandes Bancos, é o sangue vampirizado do trabalhador, de forma direta (quando usa) e indireta (quando os governantes usam, do escorchante imposto, de 5 meses e 20 dias de nossos miseráveis salários). não vejo luz nesse túnel em que nos enfiaram.
    Só nos resta: DEUS SOCORRO!!! JESUS, a canalhada continua a roubar em nome do PAI e TEU, misturando o profano com o sagrado, apesar de teres dito SOBRE A MOEDA: DAI A CESAR O QUE É DE CESAR, E A DEUS O QUE É DE DEUS.

  2. Se tem alguem que pague, porque não? Desde que declarem suas rendas ao fisco, nada mais natural do que usar seu curriculum, trabalhando para o progresso pessoal e das organizações que os contratam.
    Sempre foi assim, e isto é correto e elogiável. Vejam o caso do Lula que promove empresas brasileiras no exterior. Vende produtos e serviços brasileiros, gerando receita para o Brasil. Simples assim.

  3. Quantas informações priviligiadas tem o ex-Ministro Manteiga.????
    Que o diga a filhinha do Vampiro Brasileiro que nadou de braçada no Des-governo do Sultão de Paris…..
    Quadrilhas estão se especializando…….eh!ehe

  4. Quantas informações privilegiadas tem o ex-Ministro Manteiga.????
    Que o diga a filhinha do Vampiro Brasileiro que nadou de braçada no Des-governo do Sultão de Paris…..
    Quadrilhas estão se especializando…….eh!ehe

  5. Assessoria junto ao Carf ???
    “Embora não militasse na área do direito concorrencial, parte dos pagamentos que Márcio Thomaz Bastos recebeu do Pão de Açúcar, ainda nos tempos em que Abilio Diniz controlava o grupo, era justamente para remunerar sua atuação no Cade – sobretudo na aprovação da fusão com as Casas Bahia.

    No caso dos pagamentos a Antonio Palocci, a missão era outra: pendências na Receita Federal.

    O MPF já está trabalhando em cima dos documentos relativos a essas contratações.

    Por Lauro Jardim

  6. Tudo quanto é petista se arrumando, no fim teremos “TERRA ARRASADA”, é espantoso ver o que espera dos brasileiros quando este partido e o mentor PSDB, se fizeram e deixaram o povo em frangalhos.

  7. Com a sua “notória inteligência”, Mantega certamente será um excelente “consultor”.

    Nosso Brasil destes últimos anos tem se transformado no país dos “brilhantes consultores”, como José Dirceu, Antônio Palocci, Fernando Pimentel, Erenice Guerra e outros mais.

    Todos com excelentes acessos ao poder, é claro! Que fascinante! Nosso país está despontando na “ciência da consultoria”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *