Marco Aurélio se isenta e tenta culpar Cármen Lúcia pelo desgaste do STF

Imagem relacionada

Charge do Guito Lilo (Arquivo Google)

Percival Puggina

Está no noticiário desta terça-feira a informação de que Marco Aurélio Mello – aquele do talão de embarque, que não mora em Jaçanã, mas não podia ficar “nem mais um minuto com vocês” – decidiu, como rabugento lapão, sair da reta e colocar a culpa na presidente do STF, ministra Cármen Lúcia. Ela teria cometido o erro de antecipar o julgamento do habeas corpus de Lula quando o correto, segundo ele, teria sido julgar antes as duas ADCs sobre prisão em segunda instância que aguardam julgamento.

“O desgaste para o tribunal está terrível. Isso demonstra que a estratégia da presidente foi falha”, afirma Marco Aurélio. “Foi muito ruim julgarmos só o caso do ex-presidente. Agora estamos pagando um preço incrível”.

CARADURISMO – Dadas todas as vênias, é muito caradurismo. Se o ministro não queria votar o habeas corpus, por que aprovou sua admissibilidade quando a consulta feita por Fachin deu ao plenário a oportunidade de rejeitá-lo? Bastava-lhe dizer não para que não se concretizasse o vexame atribuído por ele ao ato da presidente. No entanto, disse sim e copatrocinou o desgaste do STF.

Cármen Lúcia colocou em votação o HC de Lula exatamente para destapar a estratégia dos seis ministros a serviço da impunidade, que queriam votar, às pressas, as Ações Declaratórias de Constitucionalidade e beneficiar Lula. Toda aquela urgência tinha nome – Luiz Inácio Lula da Silva. Ora, se o objetivo era derrubar a prisão após condenação em segunda instância e proteger Lula, que o fizessem na pessoa física e não por interposta pessoa. E eles fizeram.

DESMORALIZAÇÃO – Acabaram com a Lava Jato, desmoralizaram o STF, deixaram a nação prostrada, semearam o desalento, expuseram a própria malícia e vão liberar geral, soltando milhares de presos – de pedófilos e estupradores a corruptos e corruptores.

Tudo em nome da “liberdade”, querendo significar lisa, total e eterna impunidade. Não pretenda agora o ministro, com o escândalo na rua, com o véu do templo rasgado, sair em defesa de uma dignidade que não mais defesa tem.

8 thoughts on “Marco Aurélio se isenta e tenta culpar Cármen Lúcia pelo desgaste do STF

  1. O mínimo que se espera:

    – Que o STF autorize a prisão de Lula.

    – Que a PGR apresente a 3ª denúncia contra Temer, mesmo que tardiamente.

  2. O que vem desmoralizando o STF são o ministros que querem a toque de caixa derrubar a prisão em segunda estância, como ainda não conseguiram, vão tentar a desmoralização do STF deferindo o HC do Lula.

  3. O STF não é tribunal de justiça, é outra gangue brasileira que está a serviço de livrar bandidos da cadeia. Simples, não são ministros, são bandidos a serviço de bandidos.

  4. O Marcão, com certeza carrega no seu organismo deformado, a carga genética, peculiar à sua família!

    Esperamos que não seja contagiosa……

  5. A existència de um sub-grupo de juizes do STF é um milagre. Quem pensaria que uma indicação aqui de um Toffoli, uma ali do Lewandowsky, uma outra do Marco Aurélio e, finalmente, a do Gilmar (sem considerar ordem cronologica) daria na porcaria aviltante que temos na suprema corte. Ah, esqueci da vedete Celso de Mello.
    São tão narcisistas ao ponto de serem cegos para a realidade que todos vemos: são chatos, apenas normais (para ser delicado) e abjetos. Porra, será que esses caras não se mancam?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *