Marina protesta contra ataque virtual a mulheres contra Bolsonaro

Resultado de imagem para marina silva nas ruas

Marina: Políticos vão acabar com a Lava Jato,

Marina Pinhoni
G1 SP

A candidata da Rede à Presidência da República, Marina Silva, afirmou neste domingo (16) que o ataque virtual ao movimento de mulheres que são contrárias ao candidato Jair Bolsonaro (PSL) é “antidemocrático, autoritário e machista”. A candidata deu a declaração durante agenda de campanha na tarde deste domingo (16) no bairro da Liberdade, na região central de São Paulo.

“Quero hipotecar meu apoio às mulheres que se articularam e criaram esse grande movimento na internet chamado #Elenão, que foi violentamente hackeado por uma visão política autoritária que não respeita a liberdade de expressão, não respeita a liberdade de organização e articulação”, disse.

AUTORIDADES – Marina cobrou posicionamento das autoridades sobre o episódio. “Em 2014 eu fui vítima desse tipo de ataque cibernético e isso está ganhando uma proporção inaceitável no Brasil e no mundo. Estamos diante de uma situação semelhante a que aconteceu nos Estados Unidos. Setores autoritários antidemocrático querendo influenciar as eleições. Esse tipo de atitude tem resquícios na ditadura”.

Questionada se caberia uma intervenção do TSE, Marina afirmou que sim. “Os processos autoritários venham de onde vier, sejam contra quem for, devem ser sempre repudiados. Que as instituições tomem providências”.

O grupo de Facebook “Mulheres unidas contra Bolsonaro” sofreu um ataque de hackers e ficou fora do ar na noite deste sábado (15). Neste domingo (16) o grupo foi reativado e o controle voltou para as administradoras originais.

MAIS DE 2 MILHÕES – O grupo reúne mulheres contrárias à candidatura de Jair Bolsonaro e tinha mais de 2 milhões de participantes antes de ser hackeado. 

A candidata também falou sobre o assunto no Twitter. Na rede social ela disse que o ciberataque ”é uma demonstração de como ditaduras operam. Qualquer ato autoritário é inaceitável, venha de onde vier, seja contra quem for. Toda minha solidariedade ao grupo. Que essa covardia seja investigada e punida”.

Mais cedo, também em São Paulo, Marina Silva afirmou que não vai mudar a sua estratégia de campanha por causa dos resultados das últimas pesquisas, que mostraram queda nas intenções de votos da candidata.

FALAR A VERDADE – A nossa estratégica é continuar falando a verdade, apresentado nossas propostas e dialogando com o povo brasileiro. O povo brasileiro vai votar sabendo a verdade, que PT, PMDB e PSDB tiveram uma chance e trocaram o projeto de país por um projeto de poder”, disse.

Marina disse que ainda tem muita água para passar debaixo da ponte até a eleição e que as pessoas têm que se sentir livres para poder dar o seu voto.

LAVA JATO – Em conversa com jornalistas, Marina afirmou que “se o PT, PMDB, PSDB tiverem uma chance vão acabar com a [Operação] Lava Jato”.

“ O povo brasileiro tem que fazer a operação lava voto. Tirar aqueles que tiveram uma chance e, em vez de trabalhar para o povo, trabalharam para desviar dinheiro da educação, da saúde da moradia digna”, disse.

SEGURANÇA – Marina voltou a criticar a proposta de Jair Bolsonaro de liberar o porte de arma. Segundo Marina, o discurso de que cada pessoa vai se proteger com as próprias mão não funcionou nem com o próprio Bolsonaro.

“Tinham vários PMs, policiais federais, seguranças pessoais, todos armados, e uma pessoa com uma faca se aproximou dele e quase fez uma atrocidade. Imagine se aquele homem tivesse uma arma de fogo? Teria levado a vida dele e tantos outros”, afirmou.

24 thoughts on “Marina protesta contra ataque virtual a mulheres contra Bolsonaro

    • Depois essas bolsonetes histéricas reclamam quando se falam as verdades sobre o boçal.
      Marina sofre uma campanha muito grande contra ela advinda dos preconceituosos que a repudiam por ser negra, mulher e feminina.
      Preferem o “machão” autoritário e atrabiliário no qual buscam uma masculinidade que não encontram dentro de si.
      Sem dúvida a melhor candidata é a Marina.Terá,com certeza,o meu voto!

      • Nada contra o perfil físico, sexo, cor e religião da Marina embora a voz seja muito chata. Mas, sim quanto ao perfil político dela tanto que é conhecida como Melancia. Verde por fora e vermelha(PT) por dentro. Então não passa de uma dissimulada e bissexta.

        • Uma das coisa de que o político brasileiro não admite em Bolsonaro é essa capacidade de não mudar a resposta de acordo com estação do tempo. Fazer o jogo da (má) política. Marina não será eleita, o povo conhece uma oportunista, uma conversa torta.

  1. BOGOTÁColômbia não assinou documento rejeitando ação militar na Venezuela”
    Onze países assinaram a declaração, entre eles o Brasil, rejeitando qualquer ação que “implique uma intervenção militar ou o exercício da violência, a ameaça ou o uso da força na Venezuela”.
    (Fonte: Estadão)

    – LA VEM OS VERMELHOS!!!!!
    – Quem? O Foro de São Paulo?
    – Não!! Nada de chulés… OS VERMELHOS!
    – ??
    – Partido Republicano/ Donald TRUMP/ US ARMY/ US AIR FORCE / US MARINES…

    Vai ser uma farra, os generais batendo estaca entocando mourão para segurar os americanos que terão 3500 km de porteira pra escolher como invadir nossa praia…

    Vai votar!

  2. Agora os hackers brasileiros estão no nível CSI! Gente pelo amor de Deus! Mais uma matéria fabricada para a desesperada mídia Brasileira!
    O eleitor do Bolsonaro quer um Brasil melhor e não se deixa manipular pela mídia que quer tudo isso que ai está. O grupo foi criado a menos de uma semana e já tinha 800.000 membros! Tudo fake! Só quem posta conteúdo no facebook e no you tube sabe como e dificil ter 250.000 membros! Quem dirá 2.500.000 ! Não vejo nem mais matérias sobre o atentado que a imprensa agora chama de incidente , ataque e outras palavras mais .
    Obrigado por ajudar a definir os votos dos brasileiros . E quanto às mulheres que estão pegando carona nessa viagem furada de que o candidato é machista procurem ver as leis de castração química de estupradores que ele elaborou em defesa das mulheres vítimas de estupro. Alem do porte de arma para o cidadao de bem, aqui no caso as mulheres que poderiam se defender de um eventual ataque de criminosos, ao invés de ter que sofrer na mão deles e ficarem machucadas isso quando não morrem , pois estuprador mata também. Mais o pessoal prefere ser burro e ficar xingando o candidato e ir na onda de pessoas que na verdade não estão nem aí pra vc e sim para o lado da política e os interesses escusos que eles
    escondem .

  3. Globo descobre que pré-sal é a maior fronteira petrolífera do mundo e cola em sua própria testa: traidor da pátria

    Está na edição de O Globo, estampado e confesso, um dos maiores crimes de lesa-pátria já cometido neste país.

    Correta reportagem de Ramona Ordoñez e Bruno Rosa informa que por conta da “redução de custos proporcionada pelos avanços tecnológicos empreendidos pela indústria no país” – leia-se Petrobras – e dos “elevados índices de produtividade”, 12 anos depois de sua descoberta, “o pré-sal brasileiro se tornou a fronteira petrolífera mais atraente do mundo.” Os custos baixos tornam, informa-se, a produção no pré-sal “economicamente viável mesmo se o preço do petróleo cair a US$ 35”, perto da metade do que precisa o “shale oil” norte-americano precisa para ter viabilidade comercial.

    Mas nem dois anos nos separam do editorial do mesmo jornal que afirmava ser o pré-sal “um patrimônio inútil”, poque seus custos eram altos e que, como as cotações haviam chegado a US$ 37, “não há mais interesse no pré-sal brasileiro”.

    É evidente que isso era mentira, porque os padrões tecnológicos não evoluíram em 20 meses e a escala de produção- assim como a elevação do preço – já eram conhecidas, então. E a tecnologia, detalhada na matéria, é criação nossa, nacional, não obra de gênios estrangeiros, de cuja ajuda precisemos.

    Os custos operacionais da exploração naquela época andavam por volta de US$ 8 dólares o barril e, agora, apontam na direção dos US$ 5, valor igual ao dos poços da Arábia Saudita.

    É mais mentira ainda que – e o editorial de O Globo era parte integrante disso – o golpe de Temer, sob a batuta do PSDB, se apressava em revogar a reserva de 30% dos poços, no mínimo, para a Petrobras e a vender, criminosamente, depósitos imensos de óleo já descobertos e com a exploração iniciada pela empresa estatal, alvejada como sendo “inviável” pelos desvios criminosos de alguns de seus ex-dirigentes.

    A defesado pré-sal era, para o jornal, um “erro crasso do lulopetismo, movido a ideologia”.

    O Globo cola em sua própria testa que é – o termo não pode ser mais leve – um vendilhão da pátria, disposto a entregar um tesouro que a Natureza deu ao povo brasileiro, para que seja saqueado em troca de alguns dólares que, por sua vez, vão pagar o saque do rentismo sobre as finanças públicas.

  4. Marina Silva decorou uma série de mantras e clichês que repete a toda eleição como um papagaio.

    Completamente despreparada e zonza é uma espécie de Dilma das florestas.

    Somente a possibilidade desta senhora assumir a presidência demonstra que o Brasil é tosco e primitivo.

    Deus tenha piedade do Brasil!

  5. Por essas e muitas outras creio que o percentual 26% foi o vértice da sua pirâmide, doravante, decadente.
    À medida que o capitão for convelescendo, a bolha da comiseração coletiva também vai-se esvaindo. Mesmo porque, a população brasileira sabe, Jair sano não merece peninha de ninguém; ele faz até quem sentiu dó dele se arrepender.
    Seria necessário Bolsonaro tomar outra facada para atrair novamente a piedade daqueles que nutrem pouco ódio dele? Pois, os que o odeiam de morte, jamais cultivaram compaixão; por maior que seja o calvário que Bolsonaro venha sucumbir!

  6. ““Tinham vários PMs, policiais federais, seguranças pessoais, todos armados, e uma pessoa com uma faca se aproximou dele e quase fez uma atrocidade. Imagine se aquele homem tivesse uma arma de fogo? Teria levado a vida dele e tantos outros”, afirmou.”

    -Tem que ser mesmo INGÊNUO ou IDIOTA para achar que uma pessoa que não obedece às leis que proíbem o homicídio, o assalto e o tráfico de drogas obedeceriam às leis que proíbem o porte de arma. Se o criminoso não comprou um revólver, não comprou porque não quis.

    • Francisco, esse discurso dela só confirma a necessidade da pessoa ter uma arma para se defender, pois Bolsonaro no momento do ataque terrorista estava desarmado e cercado de agentes do estado e mesmo assim, foi vitima.

      Marina, como todo desarmamentista, defende que só o estado possa ter arma para defender a população; já os que defendem o porte/posse de arma, defendem que além do estado, a pessoa possa se defender, se achar necessário.

      Se bolsonaro, como todo aparato do estado, não conseguiu se defender, imagina a situação das pessoas comuns, contando apenas com a polícia e vários minutos de espera no 190?

  7. Bolsonaro enfrenta sozinho os demais candidatos!

    E vão lançar mão de qualquer meio para derrotá-lo.

    Marina ficou 25 anos no PT e foi ministra de Lula. O que fez em benefício das mulheres?

    Meirelles foi ministro de Lula, logo um de seus cúmplices, pois deveria saber o que acontecia nos bastidores do poder que fazia parte;

    Haddad é petista. Herdeiro de Lula politicamente. Acusado de irregularidades, quer o Planalto para tomar medidas estritamente partidárias, enquanto que o povo viva com Bolsa Família;

    Ciro é adorador de Lula, foi ministro de Lula, se vencer concederá indulto para o ladrão e genocida, e tentou unir as esquerdas nesta eleição, querendo ser o representante desta tendência política sem êxito;

    Alckmin, tucano, traz consigo pecados graves e não perdoados, tais como a reeleição, a venda de empresas por preços de bananas, Aécio …

    Quem vencer, se não for Bolsonaro, elegerá o PT, direta ou indiretamente!

    Continuaremos a assistir os mesmos escândalos protagonizados pelo PT, seus roubos, suas mentiras, suas doações de dinheiro brasileiro para países alinhados com Lula, além de termos Lula liberado e compondo o governo de qualquer um desses citados, com exceção, talvez, de Alkmin.

    Portanto, os que se dizem contra Bolsonaro, na verdade são petistas, haja vista que a intenção desses candidatos não é trabalhar para o Brasil, mas asfaltar mais uma vez o caminho da organização criminosa chamada PT!

  8. “Lula, Marina e o dia em que Deus entrou no meio”

    Marina Silva era Ministra do Meio Ambiente e foi à Lula:

    Marina: “Presidente, acho que chegou a hora de eu sair do governo”

    Lula: Como?

    Marina: “Presidente, eu conversei com Deus. E é o momento de eu sair”

    Lula pediu um tempo e depois de alguns dias ela voltou e cobrou sua saída do governo:

    Lula: “Marina, eu sonhei com Deus. Eu sonhei com Deus e ele me disse que ainda não está na hora de você sair do meu governo. Você ainda tem muito o que fazer na nossa equipe”.

    Desconcertada, Marina titubeou (no relato que inclui a presença de um pastor na audiência, o religioso teria dito a ela e a Lula: “Então empatou”). Ficou no governo por mais um tempo. Pediu demissão em maio de 2008.

    Relato de Lula às gargalhadas.

    https://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2014/05/1449480-lula-marina-e-o-dia-em-que-deus-entrou-no-meio.shtml

  9. Deprimente. Quando sentimos que alguma coisa pode melhorar, vem a mentalidade terceiro mundista das pessoas manipuladas, rebuscando picuinhas para se convencer do que a esquerda, parte da mídia, a parte do sistema financeiro que não ajuda, os corruptos, pagariam fácil e fartamente para acontecer. O tal “empoderamento” que a esquerda pretende e uma parte delas entendeu, não é igualdade o que se pretende, mas superioridade. “Eu posso, você não”. Eu posso te chamar de estuprador, ninguém pedirá provas, mas não se pode dizer em resposta que a mesma nem estuprada merecia ser. O brasileiro ainda não evoluiu sua cabeça a ponto de entender que este tipo de pensamento pequeno, forma pessoas pequenas, países pequenos. Bolsonaro já foi mais de uma vez agredido fisicamente por suas ideias. Na falta de argumentação, resolvem no xingamento e na agressão física. Ele sabe que se reagisse, uma horda de canalhas se levantariam para ataca-lo. O termo fala, mas não encosta, tem valido para ele, não para os cretinos com quem debate. Como foi dito aqui, em nenhuma hipótese, não poderemos duvidar que este montante de “mulheres” indignadas pela existência de Bolsonaro, tenha representatividade em CPFs válidos. Batem bem abaixo da linha de cintura neste paupérrimo país. É fato, não é picuinha, boato, disse-me-disse. Mulheres contra Temer existe? Não, é claro e nem existiria. Este dissimula e é incapaz de dizer a verdade. Cobram de Bolsonaro o que jamais cobraram de outro político, mesmo estando na presidência do país, mesmo tendo a certeza de que este sim poderia fazer alguma coisa. Como Lula, Dilma, Temer, conseguiriam fazer a iniciativa privada pagar o mesmo para machos ou fêmeas? Bolsonaro tem que ter a resposta. Como já disse, só tem picuinhas e falta de agencias eficientes para estudar e na existência de indícios, investigar estes grupos de ataque direto a imagem de um candidato.

  10. Peçanha,

    Parabéns pelo comentário contundente, colocando pingos nos “is” e “jotas”.

    De fato, jamais se cobrou de político algum o que se cobra de Bolsonaro, e nunca antes um candidato foi tão acusado e apedrejado na mídia quanto o deputado.

    Um abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *