Marina Silva, uma arrancada espetacular

Pedro do Coutto
A pesquisa do Datafolha divulgada pelo Jornal Nacional de sexta-feira e objeto de reportagens na Folha de São Paulo e de O Globo de sábado, revela uma arrancada espetacular de Marina Silva nas intenções de voto para presidente da República nas urnas de outubro. Num espaço de tempo de quinze dias, ela avançou treze pontos, empatando na primeira colocação com a presidente Dilma Rousseff: 34 a 34%. Como no penúltimo levantamento do Datafolha ela registrava 21 pontos, nas duas últimas semanas ela subiu numa velocidade de quase 1 ponto por dia.
Nesse mesmo espaço de tempo Dilma recuou dois degraus e Aécio Neves caiu cinco pontos, descendo para 15%. A mão do destino parece ir ao encontro de Marina Silva, candidata com a coligação de pequenos partidos. Primeiro o trágico acidente que causou a morte de Eduardo Campos expôs intensamente sua imagem nos jornais e nas redes de televisão. Ela saiu-se bem nas aparições e também no debate promovido pela Rede Bandeirantes de Televisão que provavelmente lhe acrescentou alguns pontos, apesar de a audiência máxima ter ficado em 7%.
ECONOMIA EM QUEDA
Falei mão do destino e vejam só a pesquisa do Datafolha foi publicada nos jornais simultaneamente ao resultado do PIB do segundo trimestre que assinalou um retrocesso de 0,6%, levantando pelo menos uma sombra sobre o desempenho da economia brasileira, fator que reflete negativamente no governo. Observamos inclusive que esta foi a última estimativa do PIB antes das eleições pois o trimestre agosto, setembro, outubro somente poderá ser divulgado após as urnas eleitorais terem sido computadas.
Da mesma forma que a pesquisa do Ibope, o Datafolha assinalou a polarização do eleitorado entre Dilma Rousseff e Marina Silva, uma vez que Aécio Neves, além da queda de cinco pontos, não vem demonstrando na campanha agressividade que seria de esperar por parte de um candidato da oposição. Motivos não faltam. A começar pela sonegação fiscal responsável a meu ver pela queda da arrecadação tributária. Para citar um só exemplo lembro que um ex-diretor da Petrobrás, que inclusive se encontra preso é acusado pela Polícia Federal de possuir uma conta num banco suíço no valor de 23 milhões de dólares.
Este quadro olhado panoramicamente não quer entretanto dizer que a sucessão presidencial, cujo desfecho se dará a 26 de outubro esteja hoje decidida pela vantagem (larga) de 10 pontos que Marina Silva, pelo Datafolha, livra sobre a atual presidente. Há pontos que serão focalizados no debate ao longo dos 30 dias que faltam para o primeiro turno que podem modificar a tendência hoje registrada. Num sentido ou no outro, como é o caso do pré-sal. Entretanto o desfecho final das urnas não sairá das duas primeiras colocações que as pesquisas, tanto do Ibope quanto do Datafolha apresentam. Aécio Neves perdeu velocidade e os demais candidatos praticamente não existem. Por falar em candidatos, vale a pena frisar serem onze no total, número raramente alcançado nas eleições presidenciais do Brasil. Criam-se partidos como se instalam pequenas empresas. Incrível.

 

27 thoughts on “Marina Silva, uma arrancada espetacular

  1. A política brasileira é diferente das demais existentes neste mundo!
    Não me refiro à corrupção e desonestidade, que também outros países são vítimas, mas a respeito das tramas palacianas, dos jogos eleitorais, dos interesses que devem ser mantidos a qualquer custo.
    Marina é um embuste, um engodo, propositadamente lançada pelo PT, pois Lula já havia se manifestado anteriormente que gostava de Eduardo Campos.
    Quando a candidata pelo PSB à vice de Eduardo aceitou assumir esta posição, ela já fazia parte de um plano para impedir que Aécio subisse nas pesquisas, diante da possibilidade de Dilma perder as eleições, caso houvesse segundo turno para o tucano, diante da crise econômica, Petrobrás, estagnação do Brasil …
    O medo se transformou em pavor, absolutamente aliviado com o acidente de Eduardo Campos, curiosamente, colocando Marina como candidata à presidência.
    Faz-se mister que analisemos a tranquilidade dos petistas com relação à opositora de Dilma, demonstração inequívoca que a política petista continuará e sua administração idem, realçadas pelo radicalismo de Marina quanto à preservação da Natureza em atenção aos apelos internacionais, que nos farão continuar como uma Nação subdesenvolvida, exportando exatamente os produtos que a própria natureza nos concede (soja, minérios, petróleo, carne, os tais commodities).
    Ciência e tecnologia jamais irão compor planos de governo com Marina nos presidindo, ocasionando que seguiremos dependendo de outros países neste particular.
    O plano petista deu certo, enfim.
    Afastaram Aécio da disputa, mesmo tendo também perdido com Dilma, caso fiquem ambas as mulheres para o segundo turno, mas o PT preserva seus interesses, mantém a sua maneira de governar corrupta e desonesta, continuará sendo a eminência parda do governo e terá grande influência sobre ele em quaisquer circunstâncias.
    Desta forma, a tragédia de Eduardo Campos foi providencial para os petistas, que estão quietos, calmos, sinal de que não estão abalados com a queda de Dilma nas pesquisas e sua derrota no segundo turno, pois Marina é apenas um outdoor de estrada, grande, colorido, que atrai olhares, mas não passa de apenas propaganda, e falsa!
    Por outro lado, setores do PT se movimentam para divulgar a irregularidade do avião que transportava Eduardo Campos, e o vínculo do ex-governador de Pernambuco com um dos proprietários da aeronave, que pode respingar na candidatura de Marina, sujando a sua roupa. Embora a candidata pelo PSB se eleita mantém o PT no poder, a verdade é que muitos petistas não querem perder os cargos que já obtiveram, suas regalias, seus nababescos proventos, então Marina precisa apenas eliminar Aécio, mas não pode derrotar a Dilma.
    A lamentar que o acidente de Eduardo Campos pode se constituir em outro caso que ficará obscuro, assim como Celso Daniel.
    Deixo uma questão que julgo interessante ser respondida pelos meus amigos ou que apresentem suas teses a respeito:
    A quem interessaria mais a morte de Eduardo Campos?!

  2. Análise fria, destemida e imparcial: se Dilma nomeasse Lula como chefe da Casa Civil, na próxima segunda-feira, por exemplo, DESMORONARIA a tal ” arrancada espetacular de Marina”. ( Lembremos da dupla Putin-Medvedev. E, se juntinho com Lula, Dilma nomeasse CIRO GOMES como novo ministro da Fazenda, não há _ para mim_ a menor sombra de dúvidas: reeleição garantida ainda no primeiro turno.
    A mão que AINDA tem a caneta, meus amigos, é a de Dilma…
    E, lembrando Spinoza, “uma emoção não pode ser refreada nem removida, exceto por uma emoção contrária e mais forte”.
    No caso, pode até não ser mais forte, mas seria, a meu ver, mais próxima das eleições…

    Saudações,

    Carlos Cazé.

    • Cazé, meu caro,
      Não sei. Tenho minhas dúvidas quanto essas medidas se levadas a efeito pela presidente Dilma lhe trariam de volta a preferência dos eleitores.
      Ciro Gomes tem criticado a Dilma, na Internet, de forma veemente, que ela não deixará legado algum;
      Lula está devendo explicações à Nação brasileira sobre vários assuntos e importantes.
      Por outro lado, nomeá-los nesta gestão que está no seu ocaso não vai mudar coisa alguma.
      Mas, trata-se de uma hipótese, que não deve ser afastada por completo, claro.
      Um abraço, guri.

      • Prezado Bendl,

        A entrevista, no link abaixo, é ótima, maravilhosa. Se eu fosse votar, gostaria de votar nos dois, dê uma conferida, por favor. Esses, sim, me fariam sair de casa e votar, nenhuma dúvida.Quanto ao Lula, cumpre reconhecer que é fenômeno de votos, e atingiria,em cheio, o “eleitorado Marina”; Ciro Gomes, sempre foi independente, e, por isso mesmo, critica mas a escolhe, a candidata Dilma, como a menos pior. Ciro tem um poder de votos indiscutível, também, além de uma inteligência cortante e profunda. Seria, sim impactante demais, mudaria, novamente, todo o cenário.
        Mas Bendl, posso te dizer uma coisa? Li seu comentário, em outro tópico, sobre o Estado. Meu prezado, como defender o Estado e votar no psdb? Lembra da primeira frase de fhc? “Acabou a era Vargas”. O seu candidato, Bendl, é DISCÍPULO FIEL do fhc. Bendl, por favor, medite na sua escolha, pelo simples fato de se evitar arrependimentos doídos, a partir de janeiro. Quem está te falando é um mineiro que conhece, de perto, na prática e com folgas, o seu candidato. É apenas um toque, falou?
        Saudações,

        Carlos Cazé.

        https://www.youtube.com/watch?v=mApef0iJcJ0

        • Cazé,
          A única opção que tenho para tirar o PT do poder pelo voto, claro, é Aécio.
          Marina e Dilma são misturas homogêneas, a continuidade dos métodos que estão nos levando à ruina.
          Em condições normais de temperatura e pressão, Aécio não seria o meu candidato, portanto, considero mais a utilidade do meu voto que a minha preferência.
          Quanto à tua escolha, e que te levaria a votar neste ou naquele conforme o vídeo que me sugeriste, lamento que muito brasileiro capaz, honesto, decente e probo, esteja fora desta disputa.
          Um abraço, Cazé.

  3. Amigo Bendl, eu penso parecido. Se Dilma ganhar o PT continua no Poder, se Marina ganhar o PT continua bem perto, pois ela ainda tem muitos amigos no PT. E o PT vai falar de suas origens. Neste sentido, o Lula continua numa boa, a influencia continua em parte. A morte de Eduardo Campos não interessa a ninguém, mesmo que tenha sido atentado/boicote/etc, chegou a hora dele e dos demais que estavam juntos. Espiritualistas chamam isso de “carma coletivo”. Ele partiu para o outro lado de uma forma brutal, mas, infelizmente é a Lei da Vida. Importante agora é agradecer pelo bom exemplo de homem público (cometeu falhas eu sei) e enviar aos familiares enlutados os melhores votos de conforto/consolo espiritual. Aécio e PSDB precisam fazer um curso de reciclagem…

    • Rocha, meu caro,
      Grato pela resposta.
      Teus comentários sempre lúcidos, isentos e inteligentes, enaltecem este espaço democrático.
      Sinto-me honrado em dividir este blog contigo, Rocha.

  4. Estou assistindo neste momento o desespero do Aecio, em convecer pessoas que ele é o caminho a verdade a vida. É de morrer de rir o desespero da tucanaiada.

  5. O deboche que Chico de Assis faz com Aécio no lugar de se preocupar com a derrota da presidente Dilma, simplesmente comprova o meu comentário acima, de que Marina é o PT travestido.
    Não vemos críticas à candidata do PSB; não lemos textos de preocupação com a saída do PT do poder.
    Portanto, Marina foi um plano muito bem arquitetado pelos petistas, que seguirão mandando e desmandando no Brasil, vencendo ou perdendo a reeleição Dilma Rousseff.
    Daí, a faceirice dos sectários do PT.

      • Legal, Chico, gostei da tua resposta.
        Obrigado pela educação e respeito que me tratas, obrigando-me a fazer o mesmo contigo, inegavelmente.
        Vamos, lá, que vença aquele que puder nos tirar desse atoleiro.

          • Olha, Chico,
            Digo e repito:
            Entre Marina e Dilma, apesar de as duas mulheres serem a continuidade do PT, prefiro a Dilma!
            Dilma me dá a certeza de que afundaremos de vez, porém, Marina irá nos cobrir de esterco para que adubemos a terra!

    • Sei quem escreveu este texto, que está afastado do blog merecidamente há tempos.
      Alucinações delirantes devem ser creditadas a quem descrê desta possibilidade.
      Quanto à Marina não estar envolvida em corrupção, assunto altamente discutível, a começar pelo seu envolvimento com os partidos políticos atuais, todos, sem exceção, corruptos e desonestos, portanto…
      Por exemplo, o seu esposo, Fábio Vaz de Lima, pediu exoneração do cargo de Secretário Adjunto da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Florestal, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis (Sedens) do governo do Acre, comandado pelo PT há quase 16 anos!
      Agora?!
      Por que não pediu a sua exoneração quando Marina foi para o PV e depois quando elaborou a Rede?
      Esperou até este momento por quê?!
      Não existem vestais na política, comentarista de nome falso, que eu te desafio para que nos informes qual é o prenome de Fischer ou, desde já, alerto ao Newton a tentativa de mais uma vez querer participar deste blog causando problemas como sempre foi a tua conduta.
      A mim tu não enganas!

  6. Cazé,
    Este vídeo sobre a privatização que os tucanos levaram a efeito quando na presidência do País é intempestivo.
    Lula, quando assumiu o governo, deveria ter investigado essas vendas de empresas estatais como medida fundamental no início de seu governo, e esclarecer à opinião pública se foram corretas ou não.
    Foi omisso.
    Trazer à tona doze anos depois este assunto que se tornou irremediável é perder tempo.
    A questão agora é evitar que se repita entregar de bandeja as nossas empresas à iniciativa privada, diminuindo receita para o Brasil e aumentando o lucro de grupos muitas vezes multinacionais, ocasionando-nos prejuízos maiores.
    Vamos ver o andar da carroça até às eleições.
    Saudações, Cazé.

  7. Pois é, Bendl,

    Intempestivo NÃO significa imprescritível!
    Como diz a canção, ” se um só traidor tem mais poder que um povo, que este povo não o esqueça facilmente”. ( link abaixo, música maravilhosa)
    Esse traidor está doidinho pra voltar, no alto dos seus 80 anos, coladinho nesse ” yuppie” moderno.
    Com certeza, querem, agora, terminar o serviço, nenhuma dúvida.
    Não com o meu voto.
    Já quanto à Marina, propriamente dita, o primeiro vídeo é de um ano atrás; o outro é mais recente.
    Cada um tire as próprias conclusões.

    Saudações,

    Carlos Cazé.

    https://www.youtube.com/watch?v=boM1kGs0J_U
    https://www.youtube.com/watch?v=U7fevZ_LtHk
    https://www.youtube.com/watch?v=BCXx8hwHmR4

  8. Calma gente!… o jornalista Pedro do Coutto mostrou muito bem como ficou o quadro geral dos pretendentes ao governo, com base nas pesquisas de intenção de votos, que aponta a ascensão meteórica de Marina Silva…
    Mas, o articulista deixa claro, que é um momento na disputa, tal como se A ELEIÇÃO FOSSE HOJE… O QUE NÃO É… visto que só vai acontecer em outubro e, até lá, muita água vai passar por baixo dessa ponte chamada campanha, que promete muitas novidades na Primavera que vai começar 2a. feira…
    Afinal os demais candidatos, os três principais, Dilma, Aécio e Marina, todos ainda estão no páreo, nesta reta final que é o mês de setembro… acreditem, em se tratando de política, tudo poder acontecer…
    Vamos acompanhar e comentar os acontecimentos…

  9. O resultado da pesquisa aponta que Aécio pode perder para Dilma em Minas. Como pode o PT está tão bem posicionado no Estado do candidato que tem ódio declarado ao PT. Será que é só por causa da preferência popular ? Se Aécio perder em Minas será um vexame. Vai fazer o quê com o bastão de jogar beisebol que bateu na presidente desde da copa das confederações ?

    Seguem os resultados das pesquisas em Minas Gerais:

    Para Governador de Minas Gerais
    Fernando Pimentel (PT) 37%
    Pimenta da Veiga (PSDB) 23%
    Tarcísio Delgado (PSB) 3%
    Cleide Donária (PCO) 1%
    Eduardo Ferreira (PSDC) 1%
    Fidélis (PSOL) 1%
    Professor Túlio Lopes (PCB) 1%

    Para Presidente da República em Minas Gerais

    Candidato Intenções de Voto (%)
    Aécio Neves (PSDB) 34%
    Dilma (PT) 31%
    Marina Silva (PSB) 20%
    Pastor Everaldo (PSC) 1%
    Outros* 1%
    Branco/Nulo 7%
    Não Sabe/Não Respondeu 6%

    • Renato a mais recente é essa:
      É o que revela a pesquisa DataTempo/CP2; segundo o levantamento, a presidente Dilma Rousseff (PT) lidera a corrida presidencial em Minas Gerias, com 36,1%, seguida por Aécio Neves (PSDB), com 26,5%; no levantamento anterior, a petista tinha 33,8%, e o tucano, 41,2%; a presidenciável pelo PSB, Marina Silva, aparece na terceira posição, com 20,5%

  10. Só uma pergunta que quero colocar em analise,todos os comentaristas sem exceções são totalmente contra o sistema financeiro que sem dúvida sugam o nosso país,então será plausível apoiar uma candidata que tem como coordenadora uma banqueira completamente enraizada nesta agiotagem que acaba com nosso país?

    • Pois, é, Gilson! Eu sempre deixei claro que NÃO voto. Mas, sinceramente, esses dois têm luz própria, são inteligentíssimos, corajosos, estudiosos, enfim, grandes brasileiros.
      Neles, sem dúvida, eu votaria.
      Mas o SISTEMA POLÍTICO APODRECIDO DO BRASIL IMPEDE que ambos sejam candidatos, não é verdade?
      Aos que votam, sirvam-se à vontade do que está aí.
      Valeu, Gilson.

      Saudações,

      Carlos Cazé.

      • Requião inteligente? Meu Deus, um boçal que apareceu num vídeo comendo mamona como se fosse amendoim e foi salvo de uma intoxicação por ninguém menos que o Lula…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *