Marisa Letícia permanece na UTI, submetida a coma induzido, e Lula pede orações

Resultado de imagem para lula no sirio-libanes

Lula pediu que rezássemos pela Marisa, disse Suplicy

Catia Seabra
Folha

A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, 66, permanece em coma induzido na manhã desta quarta-feira (25). Na terça, ela foi submetida a uma cirurgia de emergência no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após ter sofrido um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Segundo o médico da família, o cardiologista Roberto Kalil Filho, a situação de Marisa é estável. Durante a noite, foi necessária a introdução de um cateter para drenagem e redução da pressão arterial do cérebro.

De acordo com o último boletim médico, divulgado nesta manhã, a paciente “segue internada sob cuidados intensivos”. Segundo o vereador Eduardo Suplicy (PT-SP), com quem Lula conversou, o ex-presidente estava com os olhos marejados ao falar da mulher. “Lula está bastante emocionado e pediu para rezar.”

Marisa Letícia nasceu em São Bernardo do Campo em 7 abril de abril de 1950. Ela conheceu o ex-presidente Lula em 1973, aos 23 anos, no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo. O casal tem quatro filhos.

RÉ EM DUAS AÇÕES – Na Operação Lava Jato, a ex-primeira-dama é ré junto com Lula em duas ações penais sob responsabilidade do juiz Sergio Moro.

Marisa Letícia também é indiciada em investigações relacionadas à reforma de um sítio, em Atibaia (SP), usado pela família.

13 thoughts on “Marisa Letícia permanece na UTI, submetida a coma induzido, e Lula pede orações

  1. Todo ser humano acometido de doença grave, é digno de preocupação. É normal a gente querer que não aconteça o pior. Ela está sob os cuidados de bons médicos, felizmente. O problema com D. Marisa, em parte é culpa do Lula, que a deixou estressada e nervosa pensando no que poderá acontecer a ele e aos filhos.Uma admiração por alguém pode levar ao amor ou a dorQue saia dessa sã e salva..

  2. Antes, nenhum ser senciente deveria sofrer. Mas nós não decidimos nada, quem decide é a Lei do Karma. Assim, não me surpreendo quando vejo pessoas que se dizem materialistas pedirem rezas, e até mesmo rezarem em momentos de dificuldades. Nessas horas é “às veras” e não ‘às brincas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *