Marun exibiu seu “plano de governo”, após chamar Ciro Gomes de débil mental

Resultado de imagem para carlos marun

Marun se arrependeu e pediu desculpas a Ciro

Andreza Matais
Estadão

O ministro Carlos Marun, da Articulação Política, postou comentário no grupo de WhatsApp da bancada do MDB na Câmara sobre apoio do Centrão ao presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB). Ele diz que o tucano conseguiu o apoio dos partidos do blocão (DEM, PP, PR, SD e PRB) graças ao movimento do governo para impedir que migrassem para “o débil mental” Ciro Gomes (PDT). O governo ameaçou retirar cargos do blocão caso apoiassem Ciro Gomes. Marun defendeu o apoio do MDB ao presidenciável Henrique Meirelles (MDB).

Na “reflexão”, Marun sugere grande número de propostas para o partido defender na eleição presidencial.

CONHEÇA O PLANO MARUN PARA O PMDB

Colegas, estive refletindo sobre a situação de nossa pátria e conclui que existem males que veem para bem. Estamos agindo corretamente. A atitude de Alckmin nas denúncias o torna não merecedor do nosso apoio. Ajudamos a sua candidatura é verdade, ao vetarmos o apoio do Centrão ao débil mental do Ciro Gomes. Este apoio foi para os tucanos, mas isto não é de todo ruim. Sabemos que a tucanidade de Alckmin não o faz o candidato para o agora.

Temos um ótimo candidato e temos liberdade para estabelecermos um projeto realmente modernizador e que não seja refem das mazelas de um presidencialismo de coalizão que sabemos ter sempre a tendência de transformar-se em um balcão de negócios.

Um projeto que vá além da Economia. Somos ou não somos um partido reformista? Se somos, chegou a hora da ousadia. Conclamo os companheiros a apresentarmos a nação um plano realmente arrojado, que dê continuidade às conquistas do nosso Governo Temer. Com coragem de dizer a verdade. Confiantes na vitória, mas sem medo da derrota.

Vamos reafirmar nosso compromisso absoluto com a responsabilidade fiscal. Vamos assumir o compromisso de fazermos ainda em novembro a Reforma da Previdência. Quanto a política, nós sabemos que ela tem que mudar.

Vamos propor em janeiro uma reforma política que realmente reduza o número de partidos, acabe com a reeleição para o executivo, reduza o número de parlamentares nas casas legislativas da União, Estados e Municípios e redusa proporcionalmente estas despesas. Vamos desburocratizar as eleições, mas punir realmente o uso de dinheiro ilegal nos pleitos. Podemos propor uma forma de leniência para o Caixa Dois já praticado e o criminalizarmos para o futuro.

Vamos propor uma verdadeira reforma da administração pública com a relativização da estabilidade e com um teto salarial de acesso ao serviço público não superior um terço do teto de saída.

Vamos radicalizar nas privatizações e propor a autonomia do Banco Central.

Vamos propor mandatos para o STF, revogar a Lei da Bengala, votar a Lei do Abuso de Autoridade, e criarmos uma Corte Constitucional que possa dirimir conflitos entre as decisões do STF e a Constituição Federal.

Vamos propor um Conselho Superior para as Polícias, para que não prospere o Estado Policialesco e as ações dos maus policiais tenha controle externo.

Vamos propor medidas que possibilitem um real combate a criminalidade, duras mas realísticas. Vamos ter coragem de dizer que cadeias são hoje universidades do crime. Que lá devem estar os reincidentes e aqueles que representam perigo para s sociedade. Que em relação aos outros tipos de crime temos que propor medidas duras mas alternativas. Que é uma imbecilidade ficarmos sustentando delinquentes em presídios para que eles saiam dali criminosos perigosos.

Vamos deixar claro que existem só Três Poderes na Republica e que eles devem se respeitar.

Vamos manter o Bolsa Família, mas vamos propor um valor mínimo para o atendimento pela saúde pública, mantendo a gratuidade absoluta somente para aqueles que são realmente carentes.

Vamos apoiar a educação criando a obrigatoriedade das TVs concessionárias públicas de apresentarem diariamente das 9 às 11hs e das 14 às 16hs programas educativos produzidos pelo estado.

Vamos…, vamos…, vamos ousar! Se vencermos, será uma vitória do Brasil. Se isto não acontecer, pelo menos teremos o orgulho de não termos participado da eleição a passeio.

Coragem MDB e vamos em frente!

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Logo depois do samba-exaltação, Marun caiu na real e divulgou uma nota pedindo desculpas a Ciro Gomes. Aliás, uma das melhores notícias dos últimos tempos foi saber que Marun está abandonando a política. (C.N.)

12 thoughts on “Marun exibiu seu “plano de governo”, após chamar Ciro Gomes de débil mental

  1. ” Vamos…, vamos…, vamos” … embora, para nunca mais voltar. Casa de doido. Só faltava em época de mudança de governo propor as reformas – verdadeiro picadeiro.

  2. Assombroso

    Não há outro termo para resumir os resultados da recente pesquisa presidencial do instituto Doxa em Minas (registro MG 08013/2018): um assombro. Preso em Curitiba e virtualmente inelegível, Lula abriu frente de dez pontos sobre todos os seus adversários e já vence com folga no 1º turno. É a primeira pesquisa registrada a mostrar Lula acima dos 40 pontos e com ampla maioria das intenções de voto no Estado. O ex-presidente chega a 41%, contra 31% dos outros somados; sua preferência é quase três vezes a do 2º colocado, Bolsonaro, que tem 15%. Marina e todos os outros aparecem na faixa de 6% a 1%: viraram nanicos.

    https://goo.gl/3sMW1m

    O povão segue com sua desobediência civil fazendo Lula subir nas pesquisas.

    • Alex, Lula só está preso por que é imbatível nas urnas. Os outros querem Lula preso só por isso. Se a moda pega, o Goytacaz vai querer ser campeao carioca retirando Vasco, Flamengo, Fluminense e Botafogo do carioca. Aí tem chances.

      • Esse Alex age igualzinho a um outro que anda sumido. Quem sabe se não é o mesmo com outro identificativo. Em quase toda interferência aborda assunto que nada tem a ver com o tema do editorial e lançando notas de exaltação às esquerdas. Que saco!

    • O povo jamais será desobediente às leis, e por isso já abandonou o apedeuta faz tempo, e somente as bebedeiras de luiz inácio não o deixam ver a realidade de estar preso por corrupção e lavagem de dinheiro.

      O dinheiro pode comprar pesquisas e colocar o apedeuta na frente das pesquisas mas não compra a consciência do povo trabalhador que jamais quis um vagabundo na direção do país, e o sem vergonha foi eleito por pura fraude eleitoral.

      Damos graça por esse bandido estar preso, e o Brasil em festa comemora estar longe das ações deletérias do bandido do setão metido a malandro urbano. Se deu mal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *