Marx, Engels, Buda e Cristo jamais imaginariam uma cleptocracia igual à brasileira

Resultado de imagem para cleptocracia charges

Charge do Alpino (Yahoo Notícias)

Francisco Bendl

Os artigos e comentários sobre Marx e Engels têm sido constantes na “Tribuna da Internet”, com manifestações contrárias às teorias dos alemães e também favoráveis, o assunto jamais deixa de ser questionado e debatido. Desta forma, o artigo “É preciso entender Marx e Engels com base nos ensinamentos de Jesus Cristo”, assinado pelo professor Antonio Rocha e pelo jornalista Carlos Newton, tem um teor curioso e instigante, haja vista ter sido escrito por um budista, autor de vários livros a respeito dessa filosofia, e por um comunista confesso, respectivamente, que apresentam suas conclusões para que as analisemos e debatamos, se for o caso.

Em princípio, a célebre frase “a religião é o ópio do povo” se reveste de credibilidade quando as tragédias acontecem e suas vítimas proferem que “Deus quis assim”, demonstrando resignarem-se à própria sorte, situação que dificilmente este Deus, na sua infinita bondade, concordaria.

ACOMODAÇÃO – Contra esta aceitação de males ocasionados pela natureza ou pelo ser humano, eu igualmente concordaria com Marx, pois refugiar-se na religião retira do homem sua necessária resistência, deixando-o sem reação contra o que lhe afronta a vida, o seu destino.

Independentemente de serem ateus ou não, religiosos ou não, cristãos ou não, Antônio Rocha e Carlos Newton se preocupam com o bem-estar de seus semelhantes, com o interesse comum, com o progresso individual e coletivo, com o desenvolvimento do Brasil, os autores do artigo se defrontam com uma situação extremamente desfavorável para que suas intenções em benefício da pessoa e do país se concretizem, no caso do Brasil.

Este governo não é comunista; não é budista; não é cristão; não é socialista; não é capitalista; não é democrata.

LADRÕES NO PODER – Este governo é composto por ladrões, que dividiram a nação entre aliados e cúmplices, e se locupletam roubando o erário e povo. Faz mais de trinta anos que o governo brasileiro não segue qualquer religião ou método político, econômico e social, apenas a cleptocracia, implantada sorrateiramente, culminando neste caos e crise atuais sem precedentes.

Esta realidade malévola e contrária à população e ao país tem chancela oficial, defendida até mesmo em tribunais superiores, inclusive o Supremo, que resiste em combate esse modo de “administrar” o Brasil, à base de assaltos às estatais, fundos de pensão, empréstimos consignados, recessão econômica, desemprego e inadimplência, com ética e moral deletadas das condutas dos poderes. É o que se conclui diante da postura do TSE, que rejeitou as provas apresentadas sobre o comportamento criminoso deste governo, alegando que precisamos de “estabilidade política”, mesmo que obtida mediante roubos e propinas.

NINGUÉM IMAGINARIA – Marx e Engels, Buda e Cristo, nenhum deles jamais imaginaria um governo como o nosso, cujo único objetivo é a corrupção, a desonestidade e a mentira, com chancela das mais altas cortes, que não reconhecem a necessidade de limpar as instituições e retirá-las da podridão que se encontram, impedindo que o Brasil tenha a esperança de amenizar pelo menos a doença que o leva para o leito de morte inexoravelmente – a corrupção.

UM PAÍS DIFERENTE – Lamento que os importantes temas abordados no artigo de Rocha e Newton não possam seguir adiante, em face das características absolutamente inatas desta terra, deste território, deste modo de governar, que nos destrói a cada ano, e nos esmaga contra uma realidade brutal de falta de segurança, saúde e educação, inversamente proporcionais à riqueza dos ladrões do povo, das falsas autoridades, e da gente da pior espécie que está encastelada nos poderes constituídos, mantida e protegida por uma “justiça” bizarra, igualmente deletéria e abjeta.

Marx e Engels jamais imaginaram um país como o nosso, e Buda e Cristo nunca pensaram que um povo seria tão submetido às humilhações e desrespeito, tais como somos tratados, caso contrário teriam sido mais contundentes nas suas pregações e bem menos condescendentes.

22 thoughts on “Marx, Engels, Buda e Cristo jamais imaginariam uma cleptocracia igual à brasileira

  1. Concordo com o autor, mas Jesus Cristo está fora dessa equação e não pode estar junto com Marx e Engels e Buda, pois é Deus. Deus é Amor infinito, bem infinito, e toda astúcia humana, a maldade é apenas um acidente. Deus sabe tudo e antes que o mundo fosse mundo, já sabia o que seria o Brasil. Ele espera que façamos nossa parte para mudar isso. Os sistemas humanos criados para organizar as sociedades, ou domina-las, assim como as ideias de Marx e Engels e Buda, só levam ao engano e ao fim último, com o o nosso. Somente uma vida e pensamentos como as primeiras comunidades Cristãs, no Amor e na Caridade, tendo Deus como centro, resolveria. Meio utópico para nós hoje, onde cada um só pensa em si, numa falsa liberdade, e com pensamento retribuitivo. Mas é possivel, pois se estamos na Graça de Deus, onde falhamos, Ele mantém.

    • Oi Daniela,
      Jesus também disse que “o pai” está dentro de nós e que a nossa fé é que nos salva. Isso é interessante, saber que Deus está em nós possibilita também refletir sobre o quanto alimentamos em nós o céu e o inferno.
      Deus é um princípio, um valor ligado ao bem maior, inalienável. No filme “A cabana” Deus se metamorfoseia em uma mulher e depois em um homem. Isso é lindo!

    • Prezados CN, Antonio Rocha, Francisco Bendl e Daniela … Bom dia!

      Infelizmente, não estou podendo participar de tão atualíssimo debate – conferir em http://www.acidigital.com/noticias/cardeal-muller-o-papa-nao-e-o-messias-mas-o-vigario-de-cristo-25840/ com: “VATICANO, 07 Jun. 17 / 05:30 pm (ACI).- O Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, Cardeal Gerhard Müller, recordou aos fiéis que o Santo Padre não é o messias, mas o vigário de Cristo; portanto exortou a não cair em certo papismo.
      Durante a apresentação do seu livro “Indagine sulla Speranza”, o Cardeal alemão expressou que ficou “impressionado que alguns grandes inimigos de João Paulo II e de Bento XVI, que minaram o fundamento da teologia em outros períodos, atualmente se converteram em uma forma de papismo que me causa um pouco de temor”.”

      Destaco: “minaram o fundamento da teologia”.

      Fortes Abraços … Saúde e Paz, Amigo Bendl.

      • 1) Meu querido amigo e irmão Lionço, parodiando o filósofo italiano Norberto Bobbio que perguntou: “Qual socialismo ?”

        2) Respeitosamente pergunto: “Qual Teologia ?”

        3) Teologia é Ciência, então é plural, abriga em si, significados múltiplos que crescem, evoluem e são impermanentes.

        4) Forte abraço nas Fés Ecumênicas (do Oriente e do Ocidente) que nos unem …

    • 1) Oi Daniela, gosto muito das “primeiras comunidades Cristãs”.

      2) Muitas delas eram reencarnacionistas. Só depois do século IV é que deixaram de ser…

      3) Livro: “Jesus viveu na Índia”, do teólogo alemão protestante Holger Kersten.

      4) O livro acima está na web, em PDF, pode ser lido grátis.

  2. Eu tenho até um certo medo de questionar o tema pois experiências anteriores me ensinaram que ele tem a sensibilidade de uma alfinetada num nervo exposto mas, minha vontade de aprender é maior então, vamos lá:

    Não sou religioso nem ideólogo portanto no meu (humilde) entender, estão torturando a dialética para colocar no mesmo patamar Cristo, Buda, Marx e Engels.

    Seria um downgrade em Cristo/Buda e um upgrade em Marx/Engels ou, para os comunistas, estes Avatares têm a mesma magnitude ?

    • 1) Prezado Fred, tanto as Dialéticas quanto as Teologias evoluem…

      2) Faz parte das Filosofias e Ciências, daí as necessidades de novas releituras, interpretações, hermenêuticas e afins.

      3) Estudei Teologias com os meus queridos amigos e irmãos Presbiterianos e me identifico muito com a TPM = Teologia Pós Moderna.

      4) Abraços plurais de bom domingo !

        • 1) Amigo Fred, a Filosofia Budista fala isso: tudo é impermanente, todos os sistemas, sociais, políticos, religiosos…
          econômicos …

          2) O Budismo é uma Dialética: “não se pisa duas vezes no mesmo rio” O filósofo grego Heráclito falava assim, poeticamente…

          3) O Pensador Buda sintetizou: “tudo é impermante…” cada um seja sua própria Luz, ou seja, cada um seja o seu próprio Farol.

          4) Abraços de Luzes !

    • Claro que não, Silvia/Fred.

      Os avatares estão acima de tudo, são os iluminados da Humanidade. Quanto a Marx e Engels, foram importantes pensadores, que precisam ser analisados com o devido respeito. Mas seus pensamentos estão muito desatualizados, claro. Não podem ser tomados ao pé da letra. No entanto, ainda é preciso segui-los no que se refere à necessidade de superação das desigualdades sociais e da defesa da vida. No meu caso, por exemplo, sou marxista adaptado, não defendo estatização das fontes de produção, planejamento central nem luta de classes. Meu marxismo moderno defende a adaptação do capitalismo que já é feita nos países nórdicos e deveria servir de exemplo para o mundo atual. Mas tenho certeza de que o mundo do futuro será mais marxista, no sentido de proteção aos carentes, da meritocracia e da igualdade de oportunidades na vida, coisas que no Brasil, por exemplo, jamais existiram, vamos reconhecer nossas mazelas.

      Muito obrigado por participar do debate aqui na TI.

      CN

      • Sr Newton, por favor não entenda meus questionamentos como insolência ou rebeldia. Eu estou fazendo um esforço tremendo para entender o comunismo.

        Pela sua resposta o marxismo/comunismo ainda não esta pronto apesar de esta ideologia já existir sei lá ha quanto tempo e com resultados concretos. O Sr. há de convir que existe uma miríade de interpretações de Marx.

        Pergunto: Qual delas deverá prevalecer ? Não seria imperativo PRIMEIRO os comunistas chegarem a um consenso ?

        Parodiando Bob Dylan, quantos mais desastres sociais e humanitários serão necessários até que se chegue ao comunismo ideal ? Estou falando de ideologia versus resultados.

        Eu acho muito perigoso e temeroso o jargão comum dos comunistas quando afirmam que Marx foi mal interpretado e que desta vez vai dar certo. Falta alicerce nesta afirmativa.

        Me arrisco a antever que o Sr. vai me citar as experiências bem sucedidas nos países nórdicos mas não seriam aqueles um socialismo pré Marx ?

        Sei que o debate é longo, espinhoso e comburente mas, como já disse, estou tentando aprender. Me ajude.

        • Prezado Fred (Silvia)

          A meu ver, o marxismo jamais foi experimentado e nem poderia ser, porque é preciso que antes haja uma expressiva evolução social. O regime imaginado por Marx e Engels tem de ser discutido em relação àquela época do capitalismo selvagem, que se tornou mais humano no passado recente. Os países escandinavos fizeram uma adaptação muito positiva, o Estado é forte e mais justo, o interesse público é respeitado. Mas têm de evoluir, especialmente no que se refere à questão da saúde, ainda um ponto fraco. Lá também existe a ditadura dos planos de saúde. É o que você, Fred, chama de socialismo pré-Marx. No comunismo de Marx a saúde é um dos pontos fortes, com idêntico tratamento a todos. Uma meta a ser alcançada pela humanidade, embora haja países que já caminhem nesse sentido, como a Inglaterra, se não entrar em retrocesso social, coisa muito provável.

          Pessoalmente, tenho muito a aprender, socraticamente. Todo dia a gente aprende muito, se estiver de espírito aberto. Se alguém defender que se implante hoje o marxismo idealizado por Marx e Engels, acredito que seja caso de internação.

          Abs.

          CN

          • Obrigado pela atenção Newton. Apesar de eu ainda ter uma tonelada de dúvidas/perguntas e discordâncias, o Sr. me mostrou a ponta do novêlo.

            Bom domingo a todos.

  3. Caro Bendl, assino em baixo e demais comentaristas, que mostram sua indignação, com a podridão dos 3 poderes. A dois mil anos, Deus nos mandou seu Mensageiro da Luz, para nos dar o “Código da vida”, o Evangelho, que entre nós chamou-se Jesus, o Cristo, o rejeitamos, torturando e o matando na Cruz, e antes do último suspiro, rogou ao Pai celestial por nós: Pai, perdoa, eles não sabem o que fazem, e através dos séculos, deturpamos seu ensino e exemplo de “Amor fratermo” e a Deus, chegamos ao final dos tempos, predito por Ele, e estamos colhendo os frutos amargos de nosso invigilância, prezando o”tesoro material, perecivel” pelo Tesouro Espiritual, Eterno. Amor fraterno, em favôr de nossos irmãos em Deus, que se encontram no campo da Dor, causada, pelas almas trevosas, que já tem garantido o Ranger de dentes, no além túmulo. muita saúde e longa vida, caro irmão. Théo.
    PS. Eu sou o caminho, a verdade e a vida, e ninguém entra no Céu, a não ser por mim – Jesus o Cristo, Estudar e meditar o Evangelho, é preciso.

  4. Prezado Bentl,

    Olhe aqui PARTE do resultado da ação nefasta dos nossos ladrões, conluiados com o Poder Judiciário:

    05/06/2017
    “ISSO AQUI É UMA MÁQUINA DE MATAR GENTE”, DIZ SERVIDORA DO HOSPITAL REGIONAL DE TAGUATINGA – DISTRITO FEDERAL

    “Somos nós que precisamos de socorro! No sábado (3/6), só havia um profissional atendendo mais de 70 pacientes”. A denúncia sobre o caos no pronto-socorro do Hospital Regional de Taguatinga foi feita por um servidor, na porta da emergência, nesta segunda-feira (5/6). O Conselho Regional de Enfermagem do Distrito Federal (Coren-DF), os sindicatos dos auxiliares e técnicos de enfermagem (Sindate), dos enfermeiros (Sindenfermeiro) e dos empregados em estabelecimentos de serviços de saúde estiveram no local e ouviram relatos estarrecedores sobre a situação da unidade.

    Os servidores do HRT denunciam que, na noite do último domingo (4/6), apenas DUAS ENFERMEIRAS ATENDIAM MAIS DE 25 PACIENTES NO PRONTO-SOCORRO. Não há monitores, bombas de infusão nem oxímetros suficientes para todos. “Tem respirador ofertando 17% de oxigênio. O máximo que eles ofertam é 30%”, detalhou uma funcionária. O nível de oxigênio no ar atmosférico é de 21%. A profissional relatou ainda que uma paciente entubada caiu de uma maca que estava quebrada. No Centro de Material e Esterilização (CME), operam apenas uma das quatro autoclaves e uma das duas termodesinfectoras do hospital – e nenhum desses equipamentos passa por manutenção há mais de três anos, de acordo com um servidor da área.
    ala-verde-hospital-regional-taguatinga-3Profissionais de enfermagem reclamam que estão exercendo função de padioleiro e até acondicionando corpos em câmaras mortuárias devido à falta de pessoal de anatomia. “Todos os locais onde não tem servidor estão ficando para a enfermagem”, queixou-se uma funcionária. Outra informou que é frequente ter apenas dois técnicos de enfermagem na ala amarela, com 15 leitos, e um enfermeiro cobrindo ala amarela e verde, box de emergência, pediatria, farmácia, anatomia e sutura.
    Os servidores apontam também que o número de óbitos no hospital está aumentando. “Tenho seis anos de pronto-socorro. Nunca ficamos com criança grave por mais de 48 horas. Hoje, nós ficamos 72 horas com ela.
    Você vê a evolução negativa do paciente.
    Quando tem vaga, não tem transporte.
    Quando sai transporte, o paciente piorou e não tem mais condições de ser transportado”, declarou uma servidora.

    Artigo completo:
    http://www.coren-df.gov.br/site/isso-aqui-e-uma-maquina-de-matar-gente-diz-servidora-do-hrt/

    -Quando o assaltante mata, é registrado como homicídio.
    -Quando os bandidos ricos matam, nada é registrado.
    Garanto aos senhores que a OMISSÃO NOS HOSPITAIS públicos mata por ano DEZ VEZES mais do que o número de homicídios oficiais…

    • Francisco, os crimes de desvio de dinheiro público deveriam ser punidos com penas equivalentes ao do homicídio qualificado doloso. Porque isso é que são, e com o agravante das mortes em série. Os políticos fingem que não sabem.
      Não é atoa que na China a corrupção quase sempre é punida com um tiro na nuca.
      E aqui, quando chegam a ser punidos nem sempre dão nem regime fechado…

  5. Bendl, parabéns pelo texto.
    A filosofia de Marx e Angels, pelo que entendo é uma utopia, porque o ser humano em regra é mau, vaidoso, materialista, orgulhoso. Jamais a classe que enriquece sobre o trabalho de outros, aceitaria a filosofia de Marx. Por isso, as ditaduras que se dizem comunistas, encontram na eliminação dos opositores do regime uma forma brutal, caso contrário, também o regime seria derrubado e também seriam eliminados, da mesma forma..
    Cada ser humano é um mundo, um universo, só através do alto conhecimento, conhecer a si próprio e a razão de sua vida, pode gerar o amor, que é a verdadeira felicidade e paz.

  6. Lamento não poder responder a cada comentário postado.

    Minhas condições físicas não permitem muitos esforços, então peço compreensão aos meus colegas.

    Portanto, muito obrigado pela participação e textos primorosos publicados, que dignificam o debate na busca de denominadores que satisfaçam a todos, pelo menos razoavelmente.

    Forte abraços a todos.
    Saúde e paz, indistintamente, aos frequentadores, leitores, comentaristas e articulistas deste blog incomparável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *