Ms notcias! Inflao que corrige programas sociais abrir rombo de R$ 20 bilhes em 2021

Charge do Iotti (Zero Hora)

Vicente Nunes
Correio Braziliense

Projees feitas pelo economista Gabriel Leal de Barros, do Banco BTG Pactual, apontam que, mesmo sem o programa Renda Cidad, o governo federal ter rombo adicional de aproximadamente R$ 20 bilhes em 2021, diante do descasamento entre a inflao que corrige os programas sociais e o ndice que atualiza o teto de gastos.

Segundo os clculos de Barros, o ndice Nacional de Preos ao Consumidor (INPC), que serve de parmetro para a correo de programas como o Benefcio de Prestao Continuada (BPC), fechar o prximo ano em 3,25%. J o ndice de Preos ao Consumidor Amplo (IPCA), usado para atualizar o teto de gastos, subir 2,13%.

ALIMENTOS E BEBIDAS – O INPC mais alto que o IPCA tem explicaes: a mais importante delas, o peso maior dos alimentos e das bebidas no clculo do indicador, que mede o custo de vida das famlias de renda mais baixa. Os alimentos tm sido os viles da carestia e vm corroendo o poder de compra justamente dos mais desfavorecidos.

O rombo adicional nas contas pblicas, segundo o economista do BTG Pactual, tambm decorrer da prorrogao da desonerao da folha de pagamento. O buraco de R$ 20 bilhes alm do previsto tornar ainda mais complicado para o governo anunciar um programa social mais robusto, que o economista considera possvel, desde que sejam mantidos os compromissos com o teto de gastos.

EM BANHO MARIA – Por enquanto, o governo colocou as discusses sobre o Renda Cidad, uma verso turbinada do Bolsa Famlia, em banho-maria.

A ordem do presidente Jair Bolsonaro esperar o resultado das eleies municipais para medir o impacto poltico das medidas sociais. O auxlio emergencial, que vem segurando a popularidade do presidente, acaba, a princpio, em dezembro.

6 thoughts on “Ms notcias! Inflao que corrige programas sociais abrir rombo de R$ 20 bilhes em 2021

    • A Bolvia acrescentou mais um caroo (conta), no rosario dos aversos sul-maricanos.
      As tendncias so empurradas por uma avalanche irrefrevel, ningum consegue det-la, mesmo que isso possa significar o suicdio dos seus simpatizantes.
      Pode ser o efeito contraproducente da saga de Trump, em querer encabrestar o continente! Mais outras republiquetas de banana viro a dar de comer ao macaco!

  1. Em compensao da m notcia de que os Programas Sociais custaro pouco mais do que aumenta o Oramento Federal, temos a Boa Notcia que a Recesso prevista Covid-19/2020 que se estimou em – 8% -10% do PIB (Produto Interno Bruto) ficar em -5% e talvez -4% do PIB.
    A nossa recuperao est sendo em “V” o que muito bom.

    Os grandes Produtores de Ao, Alumnio, Plstico, Papel/Papelo, Vidros, Cimento, Eqp. Eltrico, etc, etc, enfim todas as Empresas que haviam reduzido bastante sua Capacidade Produtiva, esto agora expandindo a Produo para dar conta da Demanda.

    Temos 2 Motores extras que ajudaro muito. Juro Bsico NEGATIVO que foram queda de juros comerciais, e CMBIO AJUSTADO 1 US$ = R$ 5,50. com INFLAO CONTROLADA.

    Devemos centrar esforos no aumento das Exportaes Lquidas aumentando nosso Comrcio Exterior ( China, EUA, UE, Argentina,…e Todo Mundo). Os velhos MERCANTILISTAS foram superados, mas tem razo em muita coisa.

    Devemos ativar nosso Mercado Interno com ativao do CRDITO, busca de Investimento em Infra-Estrutura financiados por Bancos Internacionais como Banco Mundial, BID, Banco da China, Europa, Japo, etc, etc, e ativar o Plano Pr Brasil do Min. Gen. BRAGA NETTO (iniciais R$ 135 Bi para re-iniciar Obras Paradas que agir como “espoleta” do Investimento Privado e assim por diante.

    Manter o mais possvel a DISCIPLINA FISCAL mas sempre com o p no “acelerador”.

    Vejam, uma incrvel mas necessria Desvalorizao Cambial de 40% e que produziu to pouca Inflao. Ns estvamos esperando bem mais.

    Quase TODOS tivemos prejuzo este Ano da Pandemia Covid-19, (Poupadores, Comerciantes, Industriais, etc, especialmente TRABALHADORES), mas o Brasil VIVEL e breve voltaremos a crescer.

    • Os efeitos da desvalorizao cambial vo sendo sentidos aos poucos pois havia estoques com preos antigos. A inflao s est baixa nos ndices e nos salrios.

  2. No vou comentar o artigo, pois de origem econmica, onde o mestre Bortolotto postou com o brilhantismo de sempre a sua abalizada opinio, que significa a palavra final pr este vivente.

    Mas o ttulo que me chamou a ateno:
    “Ms notcias! Inflao que corrige programas sociais abrir rombo de R$ 20 bilhes em 2021.”

    Primeira questo:
    Que programas sociais so estes, que esto sendo ou sero “corrigidos”?

    Segunda pergunta:
    O governo conseguiu reverter os dados do IBGE, divulgados no ms passado, sobre o aumento da fome no Brasil?

    Terceira indagao:
    Algum conhece ou sabe de programas oficiais que visem combater o desemprego, ou seja, que atendam o clamor desesperado por trabalho de milhes de brasileiros?

    Quarta dvida:
    Ser que o governo imagina que o Bolsa Famlia ou Renda Cidad ou tenha l o nome que tiver, ajuda o povo a sair da misria e da pobreza?

    Quinta interrogao:
    Lula ampliou o Bolsa Famlia por questes demaggicas mas, justia se faa, sempre reajustou o mnimo acima da inflao, dando-lhe ganho real.
    Bolsonaro aumenta a CONDENAO para mais carentes e necessitados, pobres e miserveis, e detesta reajustar o mnimo, onde o vice, gen.Mouro, culpa o salrio pelo aspecto ruim da economia, diga-se de passagem.
    Por que o governo se nega, peremptoriamente, de estabelecer um plano de ao e colocar no mercado de trabalho milhes de pessoas, onde PROPOSITADAMENTE, ELE QUER QUE FIQUEM EM CASA RECEBENDO ESMOLAS??!!

    Sexta e ltima observao:
    E, quer o governo, que eu acredite em reajustes nos projetos “sociais”?

  3. O ilustre Colega Sr. FRANCISCO BENDL, (71) me honra com elogio. Mas exagera, pois a “Economia Poltica uma Cincia simples, mas que no FCIL”.

    O Sr. FRANCISCO BENDL formado na melhor Escola de Economia, que a VIDA.
    Ser um bom Filho, estudar e ajudar os Pais especialmente na epopeia da construo de Braslia-DF, j na adolescncia dirigir tratores, caminhes caixa seca e queixo duro em horrio extra-Escolar, etc, ( eu tambm no Interior comecei com Trator aos 10 anos e Caminho em seguida, sempre com muita RESPONSABILIDADE, sei o que isso). Graduado do Exrcito por alguns anos, Representante Comercial de Empresas Internacionais de Remdios especialmente Veterinrios no RS, SC, PR e fronteiras com Uruguai e Argentina. Ao parar de viajar, tambm operou Taxi em Porto Alegre-RS, Agora ESCREVE, a mais difcil das Artes, segundo os HEBREUS, muito bem. Etc, Etc.

    Ao longo do tempo criou junto com sua Senhora Professora, excelente Famlia.
    Isso que Curso de Economia Poltica. Se no tem Toda a Teoria, tem Toda a Prtica, e a Prtica bem mais importante que a Gramtica”.

    Alm das dvidas, o Sr, FRANCISCO BENDL vai a raiz do problema: `Porque um Pas Capitalista ( portanto que gera Riquezas) como o Brasil, com tantos Recursos Humanos e Materiais, tem ainda 35% de Pobres e Miserveis, Porque o IBGE aponta 14 Milhes de Miserveis que vivem com menos de US$2/Dia; Porque tanto DESEMPREGO ( +- 15% da Populao Ativa), e pior de Tudo, 40% das CRIANAS BRASILEIRAS esto na Categoria Pobres/Miserveis.

    A situao de nossas CRIANAS de “cortar o corao”.

    Mas se sabemos o problema, e o Sr. FRANCISCO BENDL foca sempre muito bem nele, como um antigo Profeta JUDEU, no devemos desanimar porque o BRASIL tem Soluo.

    Com PRODUO, eficincia e muito TRABALHO tudo feito com muito amor aos BRASILEIROS, resolveremos os Problemas da Misria e da FOME.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.