MDB demorou três meses até decidir lançar a candidatura de Simone Tebet à Presidência 

MDB decide lançar Simone Tebet como pré-candidata à Presidência | CNN Brasil

Simone Tebet é uma parlamentar de grande respeitabilidade

Ingrid Soares
Correio Braziliense

O presidente nacional do MDB, deputado Baleia Rossi (SP), informou nesta quinta-feira (25/11), por meio das redes sociais, que a sigla lançará em dezembro a pré-candidatura da senadora Simone Tebet (MS) para a Presidência nas eleições de 2022.

“Desde março, tive conversas com dirigentes nacionais e regionais do MDB. A conclusão geral é que precisamos de um nome do partido para 2022. Por isso iremos homologar @SimoneTebetms como pré-candidata ao Planalto, na próxima reunião da Executiva no início de dezembro”, escreveu Baleia Rossi no Twitter.

TEM CURRÍCULO – Simone Tebet, 50 anos, nasceu em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul. Também advogada e professora universitária, sua estreia política ocorreu em 2002 ao ser eleita deputada estadual pelo então PMDB, legenda na qual permanece. Em 2014, foi eleita senadora com 52,61% dos votos mato-grossenses. Foi a primeira mulher a ocupar a presidência da principal comissão da Casa, a de Constituição e Justiça (CCJ) no biênio de 2019 e 2020.

Nas eleições presidenciais de 2018, o MDB lançou como postulante ao Planalto o ex-ministro Henrique Meirelles, que obteve 1,2% dos votos.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
– O presidente do MDB encontrou forte resistência para lançar a candidatura do partido. Muitos parlamentares e dirigentes preferiam a velha tática de continuar se atrelando a quem estiver no poder. Assim, Baleia Rossi demorou três meses até conseguir impor o nome de Simone Tebet, que é mais uma alternativa à polarização Lula/Bolsanaro. (C.N.)

10 thoughts on “MDB demorou três meses até decidir lançar a candidatura de Simone Tebet à Presidência 

  1. Chega a dar dó….
    1,2% , melhor voltar a fazer o que sabe muito bem.

    Nas eleições presidenciais de 2018, o MDB lançou como postulante ao Planalto o ex-ministro Henrique Meirelles, que obteve 1,2% dos votos.

  2. Só meia dúzia de incautos para encontrar alguma qualidade nessa Tebet.
    Eu já demonstrei em outro comentário de um ou dois meses atrás vários negativos.

  3. citaram Simone Teve como nome excelente.
    Não vi isso. Mas sujo, isso sim !!!

    Como parlamentar, votou:

    – A favor do (Golpe) Impeachment de Dilma
    – A favor do teto dos gastos
    – A favor da reforma (precarização) trabalhista
    – A favor da manutenção do mandato do (corrupto) senador Aécio Neves
    – Contra demarcações de terras indígenas e a favor de pagamento de indenizações para fazendeiros (inclusive grileiros em área pública) – ela é proprietária de fazenda.

    Já a trajetória política no estado, a atual Senadora foi vice na chama de Governador que, depois, foi preso durante o mandato…

    O marido, deputado estadual, atuou em Comissão Parlamentar que pretendia incriminar o Conselho Indigenista Missionário (CIMI) – claro, toda família é ligada ao agronegócio – mas acabou arquivado pela Justiça.

    *fonte Wikipedia

    O passado dessa Senadora NÃO CHEIRA BEM NÃO. Só atrai o desavisados que não dedicam tempo para pesquisa cuidadosa…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *