Meirelles é um mau brasileiro e tentou transferir a sede da J&F para a Irlanda

Resultado de imagem para henrique meirelles

Você acha que Meirelles é um ministro confiável?

Carlos Newton

Para quem acredita em coincidências, é um prato cheio. Em 17 de maio, Lauro Jardim divulgou em O Globo que o empresário Joesley Batista havia gravado uma conversa particular com o presidente Michel Temer, no subsolo do Palácio do Jaburu, na calada da noite, em encontro fora da agenda. Para surpresa geral, no dia seguinte, o ministro Henrique Meirelles anunciou na Folha que, se Temer renunciasse ao cargo, ele continuaria à frente da equipe econômica e se encarregaria de aprovar as reformas. Seis dias depois do escândalo, em 23 de maio o presidente da Petrobras, Pedro Parente, enviou mensagem aos funcionários da estatal para avisar que ficaria no cargo até 2019. E no dia 19 de junho o jornal Valor publicou entrevista do presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, dizendo que, se Temer fosse derrubado, a equipe econômica continuaria.

Caramba, realmente é muita coincidência, ou então há algo no ar além dos aviões de carreira, como dizia o genial Apparicio Torelly, o Barão de Itararé.

NO CONTROLE – Esta confiança inaudita da equipe econômica não está baseada em simples coincidência. Demonstra claramente quem está no controle do governo. Conforme já assinalamos aqui, desde que Fernando Henrique Cardoso assumiu o poder em 1995, mandando que esquecessem tudo o que havia escrito, o Brasil se transformou num campo experimental do neoliberalismo.

Quando Lula se elegeu e assumiu em 2003, esperava-se que ele desse um freio de arrumação, para defender os interesses do país e dos trabalhadores, mas aconteceu exatamente o contrário. Como bem lembrou aqui na TI o comentarista Rubens Barbosa Lima, Lula tratou de lançar a Carta aos Brasileiros, escrita por José Dirceu, Duda Mendonça, Antonio Palocci e outros mais, para se curvar ao Sistema/Mercado que já vinha comandando o país há oito anos.

Para mostrar que nada ia mudar, Lula entregou o Banco Central ao principal representante dos banqueiros, Henrique Meirelles, que recentemente deixara a presidência mundial do BankBoston e conseguira comprar uma eleição de deputado federal pelo PSDB de Goiás. Ninguém o conhecia por lá, não fez discurso nem visitou um só eleitor, mas a força da grana lhe rendeu 162 mil votos, bateu o recorde estadual.

RENÚNCIA AO MANDATO – O projeto político de Meirelles era ganhar visibilidade, ser eleito governador de Goiás e depois tentar a Presidência da República. Mas o convite de Lula mudou tudo, para assumir o Banco Central ele teve de renunciar ao mandato parlamentar no qual tanto inve$tira.

Meirelles ficou no BC e ia se desincompatibilizar em abril de 2010, para concorrer ao governo de Goiás (desta vez pelo PSD), mas Lula o convenceu a ficar, garantindo que ele seria ministro da Fazenda na gestão de Dilma Rousseff e ganharia visibilidade para ser candidato a presidente em 2014. Meirelles, mais uma vez, topou.

Mas acontece que era uma armadilha, Guido Mantega foi mantido na Fazenda e Meirelles ficou desempregado, digamos assim. Mas não tardou a se contratado pelos irmãos Batista, para presidir o Conselho de Administração da J&F Investimentos, a holding da JBS, ou seja, do chamado grupo Friboi. Além disso, Meirelles também passou a integrar o Conselho de Administração da Azul Linhas Aéreas Brasileiras.

UM MAU BRASILEIRO – O fato concreto é que Meirelles é um mau brasileiro, de mente colonizada e globalizada, pouco se importa com o interesse nacional. Foi ele quem sugeriu e preparou o esquema para transformar a J&F em multinacional, com sede na Irlanda, para pagar menos impostos ao Brasil.

Foi exclusivamente dele também a ideia de eliminar direitos trabalhistas e enfraquecer a Previdência Social, circunstância que inevitavelmente beneficia os planos de previdência privada dos banqueiros, que são uma boa porcaria, funcionam apenas como fundos de investimentos, não tem renda garantida nem dão direito algum ao segurado. Se tiver um acidente grave e ficar inválido, está liquidado, ao passo que na Previdência Social o amparo é garantido.

Meirelles quer transformar o Brasil numa sucursal dos Estados Unidos, com o mesmo sistema previdenciário e as mesmas leis trabalhistas. Mas há uma brutal diferença. Os EUA são o país mais rico do mundo, que imprime a moeda universal, enquanto o Brasil…

APOIO DOS MILITARES – O fato é que Meirelles se tornou a pessoa mais importante do país, o que diz vira lei, a terceirização já avançou, a pejotização virou norma, em breve a carteira assinada nada significará e a Previdência Social será uma pálida lembrança na memória dos brasileiros. Detalhe importantíssimo – para se garantir, Meirelles não vai mexer na aposentadoria dos militares, que serão estrategicamente preservados, para que continuem quietinhos em seus quartéis falidos.

Os militares estão acomodados, não se metem em nada, desde que seus direitos sejam preservados e os parlamentares vão aprovar as perversidades que Meirelles propôe, pois foi tudo ideia dele, o presidente Michel Temer lhe deu carta branca, porque é um boboca que nada entende de economia e não sabe a diferença entre ação ordinária e ação preferencial. Só entende mesmo é de caixa dois e propinas.

###
PSEste é o assunto mais importante do país, mas ninguém discute. Até o presidente do PSDB, Tasso Jereissati, já se curvou diante de Meirelles, embora os tucanos contem com um excelente economista chamado Armínio Fraga. Mas quem se interessa? (C.N.)

17 thoughts on “Meirelles é um mau brasileiro e tentou transferir a sede da J&F para a Irlanda

  1. Quem pode confiar em banqueiro, tudo está acontecendo porque tem trânsito no mercado financeiro, na época de Lula ele também foi ministro e tudo ia conforme o mercado financeiro queria, entrou Dilma, arrogante, metida a economista, desagradou o mercado, substituiu pelo Mantega, o que aconteceu, o mercado reagiu e os preços aumentaram, a inflação voltou e os juros subiram, veja como agem estes mercados no Brasil.

  2. Concordo, belo artigo, temos que discutir com nossos amigos , para que todos pensem e nos ajude a achar uma solução, senão é melhor rezar. Que Deus nos ajude.

  3. CN,
    Dizer que o PSDB tem um excelente economista, Arminio Fraga, em contraposição a tudo que falou do Meirelles, é desinformação ou má fé. Ambos são filhotes da matriz bancária internacional. O Armínio tem até dupla cidadania pois tem mãe americana. Capataz do Soros, é a expressão explícita de Wall Street, isto é, do establishment internacional. Quanto à carta aos brasileiros do Lula, tenho a dizer que sem essa jogada jamais o Lula teria chegado ao poder. Não esqueça que a esquerda no Brasil dispõe de algo em torno de 30% do eleitorado. Não se chega lá sem a classe média que só admitiu votar no Lula depois da carta aos brasileiros. Uma vez chegando lá, fritou o Meirelles, cuja nomeação foi determinação da banca, assim como a nomeação do Levy, funcionário do FMI, para a Secretaria do Tesouro. Exigiram também o Ministério da Fazenda, o que o José Dirceu, à época negociador com Wall Street, refutou alegando não ter como explicar ao PT, tendo chegado a uma composição para nomear o Palocci, aceito pela banca dado que tinha o rabo preso sendo conhecido por suas peripécias desde Ribeirão Preto. Acertaram que fosse mantido todo o secretariado MF do FHC, liderado pelo Murilo Portugal. Era isto ou nada! Coube ao Lula desdentar cuidadosamente essa equipe, combinando com o José Alencar os petardos contra a política de juros altos do Meirelles, ao tempo em que liberava recursos do BNDES, via Lessa, depois, via Mantega, afrouxando a rédia da política monetária para desespero do Meirelles (banca). Passo a passo, enfraquecia o Meirelles substituindo os diretores do BACEN, até trocar o Palocci pelo Mantega, impulsionando a economia pela via keynesiana, amordaçando o Meirelles até desalojá-lo do governo combinado com a Dilma. Com isto conseguiu incluir milhões de pessoas, retirar o Brasil do mapa da fome da ONU, pagar o FMI, articular a criação do G20 e do BRICS, revolucionar a educação com os programas a serem financiados pelas verbas do pré-sal, retomar a Petrobras que o FHC tinha doado aos gringos (30%), criar um marco nacionalista do petróleo, viabilizar os acordos do caça de sexta geração com a Suécia e do prosub com a frança, etc, etc, etc.Vê-se que a política é a arte do possível! Contra tudo isto insurgiu-se o império da finança, país dos mais corruptos do mundo, que articulou a lavajato com os seus agentes treinados pela comunidade de inteligência alienígena para, a pretexto do combate à corrupção, destruir todo o avanço conseguido pelos governos trabalhistas para reconduzir o Brasil ao seu histórico leito da insignificância geopolítica, submetendo-o à sua eterna condição de colônia, almoxarifado de matérias primas baratas e mão de obra semi-escrava. E viva o Brasil dos coxinhas ignorantes!!!

    • Obrigado, Paulo, por sua observações, porém não concordo com a referência a uma suposição de que Carlos Lessa teria sido usado por Lula para isso ou aquilo. O professor Lessa não aceita ser usado por ninguém, sua biografia é intocável. De resto concordo com suas colocações. Quanto a Armínio Fraga, é excelente economista na visão dos tucanos, claro. Mas acredito ser mais confiável do que Meirelles.
      Forte abraço,

      CN

    • Caro Paulo … Saudações!

      Faltou o senhor escrever que o PMDB (e não o Sistema/Mercado) alongou os 30% e deu governabilidade.
      Mesmo assim … Chegou uma hora em que o PMDB percebeu que sua participação no Governo Dilma não conduzia com sua importância.
      Foram dados vários sinais pelo PMDB, enquanto o Sistema/Mercado ficava na dele.

      Abraços

  4. Boa análise do Carlos Newton da conjuntura política atual.. Meirelles é mais nocivo ao Brasil que o Temer.e, discretamente está aliado a JBS, Fachin, Janot, uma ala do PSDB e a oposição para derrubar Temer, tomando por base a gravação do Joesley.
    Não somente o Temer, mas os políticos, principalmente dos grandes partidos, estão envolvidos no caixa dois. Se a Lava Jato aprofundar as investigações, Brasília vai virar um deserto.
    .

  5. Só se engana com Meirelles quem quer!
    Eleito por um partido de oposição ao PT, vira e troca de partido, imediatamente após receber mandato.
    Pode ter sujeito “mais à toa” do que este?
    Politicamente, é um merda! inconfiável.
    Quanto ao trabalho e aos negócios, bem, quem deles não deseja mais e mais recursos, visibilidade e espaços?
    É esperto, muito experto. É por esta razão que TODOS, notadamente os que desejam o poder e não soluções para o país, querem ele ao seu lado.
    Meirelles passará. Não sobreviverá. Também tem telhado de vidro.
    Fallavena

  6. É um ridículo esse Carlos newton!
    Falar que arminio Fraga é um ótimo economista. É tao ou mais nocivo ao Brasil quanto esse porcaria do Meireles.
    E não se esqueça, como digo desde 2014, sem estar nos meandros do poder e sem me enganar, falando somente o que é a realidade, Lula leva a presidência em 2018.

  7. Só não é investigado e denunciado por ser representeante do verdadeiro senhor da nação , o sistema financeiro . Este senhor sempre esteve ao lado dos delinquentes que vem há muito delinquindo .

  8. Basta olhar com mais atenção para o olhar desse cidadão dito economista, nos pronunciamentos diários nas televisões, para se constatar a maldade que deriva de seus gestos e olhar.

    Seus gestos não são naturais, a mão levantada para enunciar subida é artificial. Os dentes cerrados também artificial, a denotar autoridade e severidade. A fala é estudada e gagueja em alguns momentos indicando que não acredita naquilo que quer passar para os que o ouvem.

    Lamentável. Estamos perdidos.

  9. considerando os milhões de mexicanos que entram legal ou ilegalmente para os EUA, dezenas ou centenas de milhares de brasileiros que também fazem o mesmo, fora os milhões de centenas de países que fazem o mesmo ( quantos tentam Cuba , Coréia do norte etc…?) Talvez para os brasileiros desamparados fosse melhor ser o 52º estado americano.

  10. Juro que não entendo, mas Meirelles foi quem deu estabilidade ao governo Lula. Sobre sua gerência, o país viveu anos de baixa inflação, quase pleno emprego. Entretanto, os políticos tinham que estragar pois sem muito dinheiro (usam isto para falar em investimentos, que normalmente não terminam) não conseguem a propina. A gastança via BNDES acabou com o país, olhem que a desequilibrada da Dilma gastou. Dinheiro não dá em árvore, para o desequilíbrio causada pela dupla dinâmica Mantega e Dilma, para aumentar o dinheiro da propina via BNDES, é só com o remédio amargo. Não sei, então não posso opinar sobre a idoneidade de Meirelles, apenas opino que suas medidas são acertadas. Previdência e reforma trabalhista não é dele, são dos políticos. A política (corrupção na veia) não permite que o país se desenvolva.

  11. Instigante artigo Moderador.
    Mexeu e balançou com as bases dos mais diversos conceitos que se tenha do ministro da Fazenda.

    Aqui, no caso, o Sindico,levou pau como em qualquer assembleia de condomínio.

    Merecidamente, mas ainda assim, ele não é o malvado preferido do povo…pois ele é banqueiro,mais do que brasileiro…e o país não têm, como escapar do Mercado, o vilão-mor que exige por um Sindico, não por um presidente.

  12. Lula muito menos Meirlles não criaram nenhum plano económico , ele simplesmente cumpriram à risca as regras uma política do mercado finânceiro internacional . Vejam as mesmas políticas finânceiras aplicadas em países da Ásia no mesmo periodo e comprovem que os resultados positivos foram superiores aos nossos . Lula foi padrasto dos pobres , comparsa de delinquentes e servil da oligárquia finânceira .

  13. Ricardo, devo admitir que LULA não vê crise espalhafatosa como todos alardeiam.
    Olha, LULA errou, ao querer ser muito esperto, mas sabe transformar da noite para o dia crise em pujança. Não é nenhum herói, pois com um país rico destes!!!!
    Mas é o único que possui peito agora para limpar sua biografia e morrer em paz consigo mesmo.

    Projeto para 2022 indo à merda. Se LULA falar que não existirá mais FORO DE SÃO PAULO; se falar que vetou e não fez nada pela reforma previdênciária de FHC, que deixou a Vale como entrou, que não tocou no Sistema Financeiro, que não mexeu nas grandes FORTUNAS, e etc.

    Agora, atire a primeira pedra dos três poderes quem for possível ?
    Do jeito que o povo descobriu que não sobra um, e meu voto nunca ficará em branco, mesmo “com urna eletrônica” pois possuímos mais tecnologia do que os EEUA!!!!! MEU VOTO POR ENQUANTO É DO LULA. Sabe que até eu estou estupefato com tal colocação. Ou muda Brasil ou será este caminho que estamos indo. Aí como LULA é aguerrido, sai de baixo todos.
    Não sou comentarista, entendido, nem profissional no assunto, mas possuo um mínimo de cérebro, e diante dos comentários acima o que depreendo é isso. E salvem o BRASIL com LULA ou sem LULA pois todos são farinha do mesmo saco, ou pior, melhor dizendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *