Meirelles mostrará ser muito otário se cair na armadilha armada pelo Planalto

Resultado de imagem para henrique meirelles

Meirelles sabe que tem mais chance do que Temer

Carlos Newton

Está cada vez mais emocionante a disputa entre o presidente Michel Temer e o ministro Henrique Meirelles pela candidatura nesta eleição. Os dois sabem que só há espaço para um concorrente que defenda o legado do atual governo, que realmente tirou o país da recessão, reduziu a inflação e derrubou a taxa de juros. Mas o êxito do governo é apenas parcial, pois a dívida pública está ameaçando a estabilidade econômica e a reforma da Previdência foi muito mal conduzida, sem transparência nem auditoria.

Mesmo assim, Temer e Meirelles acham que têm chances de serem eleitos, cada um à sua maneira. Sonhar ainda não é proibido nem paga imposto. Em busca deste sonho impossível, Temer e Meirelles estão em rota de colisão por causa da candidatura. 

JOGO SUJO – Os dois se odeiam e apenas se aturam, esta é a realidade do momento. Para desestabilizar Meirelles, o Planalto joga sujo e vive “vazando” notícias contra ele, para que desista da candidatura, mas o ministro da Fazenda é teimoso e segue em frente, por saber que tem mais chances do que Temer, devido ao inquestionável, indefensável e inaceitável envolvimento do presidente com a corrupção.

Nesta semana, o Planalto “plantou” várias notícias falsas. Uma delas informava que “ministros de Michel Temer não acreditam hoje na possibilidade de ele se candidatar à própria sucessão. Dizem que a ideia é de Moreira Franco, que ficaria ‘na orelha’ do presidente tentando convencê-lo da viabilidade, embora o emedebista registre 1% na pesquisa Datafolha”.

É tudo conversa fiada, porque não é Moreira Franco que solitariamente fica tentando convencer Temer a ser candidato. O Planalto inteiro está empenhado nisso, sob coordenação de Eliseu Padilha e Moreira Franco, com estratégia traçada por Elsinho Mouco, o personal marqueteiro de Temer, que há oito meses trabalha com sua equipe no quarto andar do palácio presidencial.

A ESTRATÉGIA – O primeiro passo do Planalto é evitar a candidatura de Meirelles. Com esse objetivo, está sendo feita uma intensa mobilização, para que o ministro da Fazenda saia do PSD e se filie ao MDB. Para convencê-lo, dizem que Temer não será candidato e o governo ficará perdido na campanha, porque Rodrigo Maia e Geraldo Alckmin não pretendem defender o legado administrativo e econômico da atual gestão.

Meirelles será muito otário se acreditar nessa baboseira. A intenção do Planalto é colocá-lo no MDB e depois negar-lhe a candidatura e fazê-lo aceitar ser vice na chapa liderada por Temer. Apenas isso.

###
P.S. 1
Se Temer tivesse alguma chance, até que a vice-presidência poderia ser um bom negócio, porque ele vai completar 78 anos em setembro e sua saúde não é lá essa coisas, enquanto Meirelles tem 72 anos e não costuma frequentar emergências hospitalares. Mas acontece que Temer não tem chance, porque a força-tarefa da Lava Jato está atualizando um vasto dossiê contra o presidente, para divulgar aos poucos e ir destruindo a imagem de estadista que ele tenta forjar, nos dois sentidos. (C.N.)

2 thoughts on “Meirelles mostrará ser muito otário se cair na armadilha armada pelo Planalto

  1. Otário é quem continua caindo e votando nas armadilhas 171 dos me$mo$, leva pé na bunda logo depois das eleições, ou dos golpes dos dito$ cujo$, enquanto elle$ levam tudo pra elle$, até o fiofó do contribuinte, e para os gringos, porque agora a comilança é ostensivamente internacional. Portanto, exceto para elle$, não procede o argumento do ” só há espaço para um concorrente que defenda o legado do atual governo, que realmente tirou o país da recessão, reduziu a inflação e derrubou a taxa de juros”.

  2. Carlos Newton, Temer é o presidente mais impopular que o Brasil já teve, além de ” corrupto e usurpador”, como diz Hélio Fernandes sempre que se refere a ele e olha que o Hélio só escreve o que sabe.Eu nem acredito que ele, Temer, pense que vai faturar alguma coisa, minima que seja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *