Meu Deus, que juiz é este que fulminou a queixa-crime de Temer?

Resultado de imagem para Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal,

Reis Bastos mostra ser um juiz de verdade

Jorge Béja

Meu Deus, que juiz federal é este de nome Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal Criminal do Distrito Federal? Fulminou a pretensão de queixa-crime do presidente Michel Temer contra o empresário Joesley Batista, por supostos crimes. De calunia, difamação e injúria. Com sabedoria, talento e arte, enfrentou os advogados do presidente da República. São atitudes assim que o ministro Gilmar Mendes, do Supremo e do Tribunal Superior Eleitoral, não aprova e combate. Espetacular. O juiz Marcus Vinicius Reis Bastos já deveria estar sentado ao lado do ministro Herman Benjamin, no Superior Tribunal de Justiça. Realmente espetacular

Segundo o repórter Andre de Souza, de O Globo, o juiz considerou que não há crime no fato de Joesley ter dado entrevista à revista Época e fazer acusações ao presidente, tendo em vista que as afirmações fazem parte de acordo de delação.

É UM DIREITO – “A reiteração de fatos afirmados em acordo de colaboração premiada que, malgrado tenha sido homologado pelo Supremo Tribunal Federal, vem sendo seguidamente contestado seja pelo conteúdo que encerra, seja pelas consequências que produz, constitui direito do querelado (Joesley), pessoa diretamente interessada em sua manutenção”, diz o juiz em seu despacho.

Para o magistrado, Joesley, ao dar entrevista, procedeu “com o fim de narrar fatos e afastar qualquer aleivosia que se lance ao acordo de colaboração premiada que celebrou com o Ministério Público Federal”.

A OUTRA AÇÃO – Agora falta o juiz da vara cível de Brasília mandar emendar a petição inicial dos advogados de Temer, que atribuiu valor à causa meramente para efeito fiscal, e não fez pedido quantitativo certo e determinado, relativo ao ressarcimento do suposto dano moral pretendido em razão da entrevista concedida à revista Época pelo empresário da JBS. Isso, se o dr. juiz não também não indeferir de pronto a petição inicial.

15 thoughts on “Meu Deus, que juiz é este que fulminou a queixa-crime de Temer?

  1. O que não pode haver é o que acontece hoje no Brasil, a existência de tribunais com indicações políticas, um tribunal é para fazer julgamentos na forma da lei, decisões de cunho político pertencem a outras esferas.

  2. Exatamente como se comportaram alguns na última ação no TSE desdenhando de provas substanciais que levariam a cassação da chapa Dilma/Temer.

  3. Dr Jorge Béja, a garotada está vindo “quente”, dado ao seu conhecimento sobre a doutrina dos espíritos, não precisamos dizer muito mais.
    As mudanças estão acontecendo, embora as reações sejam poderosas.
    Só lamento, é que muitos que inadvertidamente entraram no caminho negativo, não “acordem”, declarem seu erro, pague por eles, e recomecem o caminho real, que é o do bem.
    Será que a pessoa que recebeu $ desviado do sistema de saúde não percebe que está participando da MORTE de compatriotas?!!!
    E assim para com a Educação, Infra estrutura, Segurança, etc.
    Quantos morreram aqui em Pernambuco porque míseras 06(seis) barragens não foram executadas conforme estavam idealizadas no programa de governo de 2015?
    Mas, vamos chegar lá.

  4. Mais uma grata surpresa neste nosso judiciário já tão desacreditado. Em especial na pessoa do Gilmar Mendes que nos tem mostrada um desastre em termos de atuação. Se o Gilmar critica as prisões que estão sendo feitas pelo juiz Sergio Moro e pelo Ministério Público,talvez isto seja um simples caso de inveja. Pois, há anos diverosos processos de polítiocs auardando julgamento estão m ofando nas prateleiras do supremo. O nosso supremo é um paraíso para os corruptos eos ladrões do nosso País.

  5. Eu como leigo, entendo que delação premiada é quando o delator faz sua delação ao MP., que é o órgão competente para apreciar, aceitar, ou não a delação.. Entendo também, como leigo, que entrevista a uma revista não deve ter valor de delação, caso contrário vamos ver os delatores indo a mídia, solapando seus delatados, sem que eles tenham direito a defesa. No Brasil tudo é possível, quando a lei tem diversas interpretações.

  6. STF : Supremo tribunal da farsa
    STE : Supremo tribunal do engodo

    É lamentável ver os espforços de magistrado de primeira e segunda instâncias ” concursados ” , serem jogados no ralo pelos farsantes togodos
    ” colúndriados “.

  7. Quando nos espantamos com atitudes corretas e as qualificamos até de corajosas, a coisa está muito ruim. E quando isto ocorre no judiciário, último recanto para a busca da justiça nos regimes ditos democráticos, pior ainda.
    Ora, se um juiz sai da “casinha” e age corretamente, o que podemos dizer dos demais que “chutam” as leis para o mato?
    Este e alguns poucos, muito poucos
    Chama a atenção a desqualificação de alguns/algumas juízes(as) mais jovens, tanto na forma de manifestação quanto nas decisões.
    Nem sempre o novo é bom. Precisamos de coisas antigas e novas, mas boas. De coisas e gente ruim estamos até aqui!
    Fallavena

  8. Posso estar enganado, mas muitos aqui diziam que a abertura do processo era um tiro no pé do Temer. Será que tudo isto não foi jogo do Temer combinado com a Justiça? Olha, vou entrar com um processo e aí vc não dá continuidade pois posso me arrebentar lá na frente. Espero tudo neste país, CPI que são um reduto de extorsão, fundos de pensão (aposentadoria de trabalhadores) surrupiados pelo Partido dos Trabalhadores, campanhas com dinheiro sujo, dinheiro do BNDES para a ideologia comunista. Ministro do STF defendendo bandidos nos jornais todos os dias e tentando minar Moro e MP. Espero tudo neste país.

  9. Por favor, senhor leitor, faça a demonstração jurídica e analítica a fim de confirmar o conceito que o senhor emite sobre este juiz. Se o juiz errou ao rejeitar a queixa-crime, rebata a argumentação que o juiz apresentou para a rejeição. Se foi mesmo uma decisão teratológica, aí enseja entender que se trata de “um juiz obscuro querendo aparecer”. Mas se não foi, a decisão do juiz é que ganhou repercussão. O juiz foi mero instrumento. Mero e valioso instrumento por decidir na forma da lei.
    Insultar o juiz é que não é civilizado. Todos nós somos seus jurisdicionados. E enquanto o leitor não apresentar suas justificativas jurídicas para combater a decisão do juiz, seu comentário constitui insulto a um magistrado brasileiro.

  10. Ganharia sim. Desculpe a platitude, mas unanimidade não existe.
    Limongi, por oportuno, transmita meus parabéns ao Renan Calheiros pela enorme contribuição à derrota de ontem da reforma trabalhista do Temer. Diga a ele também que ele está dando um show nos seus correligionários e que jamais caiu na esparrela de que Temer era uma boa saída para a atrapalhada e desgovernada que anteriormente nos conduzia. Aliás, defender o vamp passou a ser suspeito, porque alguém, mui acertadamente e com conhecimento de causa, já disse: é o chefe da maior …. Nem preciso repetir, todo mundo já sabe.

  11. Claro que receberia. Uma decisão justa, alicerçada nos fatos, no Direito, na visão social, decorrente do amplo direito de defesa e do devido processo legal, decisão muito bem fundamentada, é claro que é para ser aplaudida. Até o que foi por ela apenado, a respeita e a aplaude. O que é vazio, oco, sem graça, que não merece respeito e constitui insulto é acusar um magistrado pelo simples gosto ou prazer de insultá-lo.

    • Exatamente. Discutir os fundamentos é para poucos. Há quem aceite os princípios de Napoleão do Limoeiro: “abuso de poder até em Limoeiro existe”. Isto é razão para absolver alguém? Mas o Brasil vem se apequenando cada vez mais. Já não é somente um anão diplomático, é um anão total.

  12. Realmente o Brasil é um pais de leis , leis redigidas por oportunistas e delinquentes , que as criam aos montes através de conchavos e colúndrios e as manipulam sempre em detrimento própios , de seus comparsas e principalmente de seus senhores oligárquicos . Reitero que a juistiça deste pais é um engodo , possui dois pesos e duas medidas contrariando outra farsa chamada de constituição que faláciando dita ” TODOS HOMENS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI ” . Lamentavel lermos ou ouvirmos cidadão comum sair em defesa do STF que tutela delinquentes do poder , crápula que se apoderu , desviou e roubou o erário público ferrando com a vida de milhões de brasileiros .

  13. Acho que alguns comentários foram suprimidos daqui, tirando o sentido de diálogo com os comentários que restaram. Alguma explicação?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *