Michel Temer sonha com um impeachment cada vez mais provável

Marcela e Temer já se preparam para subir a rampa do Palácio do Planalto

Carlos Newton

Um dos artigos da Tribuna da Internet mais procurados no Google foi postado no dia da eleição (26 de outubro), de manhã cedo, e continua sendo lido até hoje. Sob o título “Michel Temer sonha com o impeachment de Dilma”, contava que ele não conseguia dormir direito, com seu pensamento dividido entre euforia e depressão, num vaivém infernal, porque já sabia que as denúncias que pesavam contra o governo e a cúpula do PT eram muito mais graves do que o caso do mensalão.

O artigo explicava que o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef só teriam direito aos benefícios da delação premiada se falassem a verdade. Por isso, Temer considerava perda de tempo duvidar da veracidade dos explosivos depoimentos e já se antevia subindo a rampa do Palácio do Planalto, ao lado da mais bela primeira-dama do mundo moderno.

Agora, três meses e meio depois, tudo confirmado, as acusações se agravam cada vez mais e Temer está vivendo momentos de embriagante emoção. Já pensa até em mandar fazer um terno novo, para se apresentar impecável na posse.

FUNDAMENTAÇÃO JURÍDICA

Na imprensa, não adianta especular. É preciso se basear em fatos. No caso do possível impeachment de Dilma Rousseff, já houve 12 pedidos à Câmara, mas nenhum deles tinha sustentação jurídica e factual, foram simplesmente arquivados. Agora, não, porque Ives Gandra Martins, considerado um dos maiores juristas brasileiros, divulgou semana passada um parecer apoiando a possibilidade de impeachment de Dilma por simples culpa, sem intenção de delinquir.

Ao interpretar o conjunto dos dispositivos legais existentes, Gandra constatou que a culpa é hipótese de improbidade administrativa a que se refere a Constituição no artigo 85, inciso 5º, dedicado ao impeachment. À luz desse raciocínio, exclusivamente jurídico,  concluiu que, independentemente da apuração final dos desvios, que ainda está sendo realizada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, já existe fundamentação jurídica para o pedido de impeachment por simples culpa (omissão, imperícia, negligência e imprudência), sem que tivesse havido dolo (intenção).

Este parecer de Gandra é um fato mais do que concreto. Era tudo o que Michel Temer queria ouvir, especialmente porque a tese já ganhou apoio de outros dois importantes juristas – o constitucionalista Modesto Carvalhosa, da USP, e Adilson Dallari, da PUC-SP, especialista em direito societário. Com isso, a situação da presidente Dilma Rousseff se tornou desesperadora, pois sua culpa está configurada desde quando era chefe da Casa Civil do então presidente Lula e exercia remuneradamente a função de presidente do Conselho de Administração da Petrobras.

QUESTÃO DE TEMPO

Portanto, a apresentação do novo pedido de impeachment, já anunciada pelo senador Álvaro Dias (PSDB-PR), desta vez será para valer. O parlamentar está apenas aguarda o surgindo de provas ainda mais contundentes envolvendo o Tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, que já está na mira da força-tarefa da Operação Lava Jato.

Traduzindo: Dilma Rousseff está nas mãos do novo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL), pois cabe a um ou outro o exame do pedido de impeachment, dependendo da casa legislativa em que for apresentado.

Em Brasília não se fala em outra coisa. E a belíssima esposa de Temer, a ex-miss Marcela Tedeschi, já se prepara para brilhar no jet set da política internacional.

30 thoughts on “Michel Temer sonha com um impeachment cada vez mais provável

  1. Até um governo Michel Temer será imensamente melhor do que este péssimo governo Dilma. Não há dúvida alguma.

    Porém não se sabe ainda se as ondas do mar de lama do escândalo do petrolão não chegarão às bainhas das calças de Michel Temer.

    • Sr. Juca, quem foi eleito? Dilma ou Temer? Saber que será melhor é um exercício de futurologia ou simples opinião. A meu juízo será ainda pior. Simples assim. O governo não é de apenas um Partido, todos que participam da base aliada, têm as suas responsabilidades. Por exemplo: O titular do Ministério das Minas e Energia de 2010 a 2014 era o Ministro Edson Lobão, senador do PMDB. Em tese, o ministro tinha poder de mando em relação a Petrobrás. Que fazer?

      • É trocar 6 por meia dúzia. Assim como a Sra. Dilma, que é menos política e mais técnica, ficou na mão dos “manda chuvas do PT”. Mesmo que o Sr . Temer, seja uma pessoa ilibada(?) estará a mercê dos PMDBistas. Tristeza, estamos realmente sem uma liderança, com caráter, honestidade, objetivos concretos para colocar a casa em ordem. Só que mesmo que soubéssemos quem, é necessário apoio público e das autoridades, para que não haja pessoas serradas vivas, como já soubemos, e mortes desnecessárias. Muita tristeza pelo meu amado país….

  2. Quando o proprietário de uma empresa escolhe alguém para gerencia-la, exige que este gerente seja honesto
    e também cuide do patrimônio da empresa para ninguém rouba-lo.
    Se este gerente se manifesta um inepto, o proprietário não tem outra alternativa a não ser demiti-lo.
    No poder público se aplica a mesma tese. Se um governante é omisso, não toma providências a respeito da
    roubalheira que ocorre no âmbito das suas responsabilidades, deve ser demitido também por incapacidade. É o
    que temos observado até agora, no governo da Dilma.
    Por enquanto os desmandos, são apenas culposos, até onde já se sabe a respeito. Porém com o surgimento,
    de novas delações, podem ser tornar dolosos.
    Pelo que aparenta até o momento, já é possível abrir processo de impedimento. Que então as forças encar-
    regadas de proceder as reparações, as façam, sem perda de tempo. o Pais não pode esperar mais.

  3. A corda e a caçamba. A verdade é que, exceto o PSOL, ao que consta, todos os demais partidos receberam ” recurso de campanha” do tal “Petrollão”, ou das empreiteiras vinculadas ao dito cujo. Portanto, meus caros, a bem da verdade, será muito difícil encontrar inocentes nessa história, de modo que, se for para fazer o ‘impeachment” de uma só pessoa, será melhor, mais producente, mais eficaz e mais esperançoso fazer a RPL-PNBC-ME que, na verdade, é o Impeachment do conjunto da obra, ou seja, dos últimos 125 anos de partidarismo-eleitoral e golpismo-ditatorial, velhacos, que são os principais responsáveis por tudo isso que aí está, e sempre esteve, e que só apareceu depois do advento da Internet e porque é o pt que está no governo, ao que parece.

  4. Apesar de haver várias contestações inclusive contra o Michel Temer, considero porém que pelo menos, é um nome muito mais aceitável. Antes de mais nada é inteligente porque não “coloca a mão em cumbuca”, tem um notável saber jurídico e sempre foi um político, logo não tem dificuldade de dialogo como a atual ANTA que nos desgoverna.

    Espero sinceramente(e isso é meio que uma esperança vã) que venha a ser o último presidente a governar sob o regime presidencialista, pois se vivessemos sob o parlamentarismo a tragédia desse atual governo já teria sido resolvida há muito tempo. Aliás a nossa Constituição em muitos aspectos foi moldada para funcionar sob o Parlamentarismo e não esse Presidencialismo de cooptação(ou de corrupção) como queiram. Aliás dentro do Parlamentarismo é inconcebível o comodismo dos parlamentares quererem ter o bônus e benesses do governo sem ter a responsabilidade e o ônus de serem também governo. Se houver a queda de um governo, há também a queda de todos os parlamentares que terão que partir para disputar novas eleições. Assim espero que com uma eventual ascensão de Michel Temer venha também uma urgente e necessária Reforma Politica, algo impossível sob o atual comando petralha.

  5. Pois é….
    Além de ter a possibilidade de chegar a ser presidente da República, tem a seu lado uma belíssima mulher.
    É realmente um cara de muita sorte.

  6. Toda a fundamentação jurídica do Gandra se baseia em supostos atos de improbidade administrativa que a Dilma teria cometido na condição de Presidente do Conselho de Administração da Petrobrás. Acontece que, segundo o art. 86, parágrafo 4º da Constituição Federal, “O Presidente da República, na vigência de seu mandato, não pode ser responsabilizado por atos estranhos ao exercício de suas funções”. Logo, Dilma, na vigência do seu mandato, não poderia ser responsabilizada por eventuais atos de improbidade administrativa cometidos na condição de Presidente do Conselho de Administração da Petrobrás. Desta forma, o dispositivo contido no art. 86, parágrafo 4º dificulta, complica o fundamento do argumento do Gandra.

    No mais, a corrupção na Petrobrás não é nova. Na época do FHC já tinha. Vejam o link abaixo, o qual se refere à morte de Paulo Francis em 97 (1º mandato do FHC), época em que o jornalista acusava os diretores da Petrobrás de corrupção e estava respondendo a um processo movido pela então diretoria da Petrobrás no valor de US$ 100 milhões na Justiça de Nova York.

    http://www.viomundo.com.br/denuncias/paulo-moreira-leite-por-que-fhc-cruzou-os-bracos-quando-paulo-francis-denunciou-corrupcao-na-petrobras.html

  7. Juca Valo (que pelo nome não se perca), Michel Temer, na hipótese POUQUÍSIMOOOOOOOOOO PROVÁVEL DE DILMA SOFRER IMPEACHMENT, VAI JUNTO DE CAMBULHADA; ELE COMPÔS A CHAPA; NÃO FOI ELEITO.

    • Sr. Antonio Santos Aquino, no caso da ocorrência do impeachment o vice assume.

      Isto só não acontece se o vice-presidente também for alvo de impeachment. Neste caso são convocadas novas eleições, caso o fato tenha ocorrido na primeira metade do mandato. Se o fato ocorrer depois da metade do primeiro mandato, o Poder Legislativo escolherá o novo presidente.

  8. Prezado Antonio Santos Aquino … Itamar Franco compôs chapa com Collor … e assumiu a Presidência!!!

    Rezemos para que abandonem a MENTIRA … pois, no impedimento do Collor, estava lá no prefácio do Amir Lando: conhecereis a VERDADE!!! !!! !!! só que não se permaneceu nela snifff

  9. Não me esqueço a expressão de felicidade do Michel Temer no discurso da búlgara logo após o anúncio da vitória nas urnas “batizadas” da Smartmatic. Poucas pessoas vi na vida com expressão maior de felicidade. É questão de tempo, mesmo.

  10. Esse papo de terceiro turno já deu, os perdedores têm que parar de chorar e sonhar com uma virada de mesa, até o sociólogo já não quer falar mais disso, tentou, mais já está tirando o rabo fora.

  11. Na minha modesta opinião se a Dilma Rousseff deixar o poder hoje. Michel Temer não assume. Pela Constituição teremos novas eleições presidenciais. Ai faz o jogo do PSDB. do Sr. FHC, e Aécio Neves. Portanto o tiro do PMDB, vai sair pela culatra. E vamos frustar os sonhos da sua bela esposa. hummm.

  12. NA MINHA MODESTA OPINIÃO. CONTRARIANDO TUDO O QUE LI. SE A DILMA ROUSSEFF DEIXASSE HOJE O PODER. MICHEL TEMER NÃO ASSUMIRIA O PODER. PELA CONSTITUIÇÃO TERÍAMOS QUE TER NOVAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS (UM TERCEIRO TURNO) O TIRO SAIU PELA CULATRA. FRUSTRANDO OS PLANOS DO SR. MICHEL TEMER DO PMDB. ABRINDO CAMINHO PARA O SR. FHC. E AÉCIO NEVES DO PSDB. E SUA BELA ESPOSA TERIA QUE ESPERAR UMA OUTRA OPORTUNIDADE QUEM SABE! hummm.

  13. Não posso falar muito desse tal Michel Temer, mais ele e visse presidente, está aliado com a atual presidente .
    minha duvida é porque ele quer tanto esse poder em mãos?

  14. Só pelo fato da Dilma ainda continuar no poder ja prova que toda nossa politica esta corrompida pela corrupção… com tantos fatos claros ligando o PT a tantos escândalos e mesmo assim outros corruptos os defendem dizendo que não existem provas… isso só prova que para o Brasil começar a crescer deveríamos mobilizar um intervenção militar e não apenas pedido de impeachment… creio que qualquer outro que fique no seu lugar continuará a praticar o mesmo esquema… Acorda POVO… no Brasil não existe democracia e sim Bandidos sugando nosso pais… por isso meu voto é anulado em todas as eleições…

  15. Atire a primeira pedra o político que não é corrupto…infelizmente são tds farinha do mesmo saco, não tivemos opções de candidatos a presidência, para acabar de vez com os golpes e oportunistas deveriam anular a eleição e desconsiderar os últimos candidatos eliminando-os.
    Será que no Brasil não existe um candidato honesto capaz de governar um país?

  16. Não vai adiantar a Dilma sair e entrar o Michel Temer porque os ideais continuariam os mesmos. O Impeachment deve abraçar os dois , consequentemente, haveria uma nova eleição , e ai sim seria a vez de Aércio , que injustamente derrotado na eleição anterior , mesmo porque a Queridíssima Dilma usou de alguns fatos mentirosos e atribuiu os mesmos a Aércio , e o povão que se beneficia do bolsa Família engoliu a ” Sugesta ” da Presidenta , e hoje todos estão amargurados com os aumentos da água , luz, gasolina, já vem por ai o gás de cozinha , passagens de ônibus , tudo vai aumentar ao contrario do que prometera a nossa estimada Presidenta . Do jeito que estar não pode continuar só vemos corrutos , corrutos , corrutos e nada mais , e o pior 99% deles é do PT , logo, basta desse partido escandaloso, e o pior aconteceu …O estimado José Genuino foi perdoado pelo STF… Quando ainda era menino achava bonita a frase: Ama com fé e orgulho a terra em que nasceste , criança jamais verás um Pais como este …!!! – Realmente , igual a este em que vivemos eu não tenho notíciais…

  17. Como brasileiro é engraçado! As mulheres falam: “Vou votar no Aécio por que ele é bonitão.” E os homens: “tomara que a Dilma saia e entre o Michel Temer, pois sua linda esposa será um colírio para o olhos do Brasil.” Brasileiro usa cabresto mesmo e só quer enchergar a beleza. Ninguém pensa: ” Será que fulano é menos ladrão?” ” Será q ciclano é um pouco mais honesto?” Brasileiro sempre se fera pois não usa a cabeça para pensar, e só pensa com o bolso, com os olhos, a barriga e outras partes do corpo. O político q tá no poder está refletindo a nossa falta de noção. LAMENTÁVEL.

    • É extremamente lamentável, a situação em que estamos vivendo e ao vê o posicionamento da justiça de um modo geral com tudo tão as claras, se fosse de prender tinha que prender era a corja toda, me sinto completamente paralisada sem ter o que fazer pois por de trás de tudo isso o que vejo é apenas interesse no poder quem vai mandar mais, ninguém está preocupado com a nossa saúde lamentável, muito menos com a nossa segurança ou nossos salário que continuo o minimo, o brasil continua província não teve nada de independência pois de tudo precisa do aval do do mercado estrangeiro , para construir uma politica correta tinha que colocar uma bomba aqui e nascer todo mundo de novo matando a raiz da corrupção , pois é algo que prolifera como uma peste é isso um desabafo.

  18. Colírio vai ser quando obtivermos resultado de prefeitos que tem enriquecimento vitalício as custas de contribuintes honestos em todo o país. Um exemplo: Alberto Mourão que abandonou o PMDB e agora é PSDB Hoje em dia atual dono de Praia Grande. Seria um milagre não só o colirio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *