Minas explosiva, PT -PMDB em sangue

Há meses venho escrevendo: Helio Costa é candidatíssimo a governador de Minas, tem explicação irrefutável: “Já perdi duas vezes, é minha última chance”. Revelei isso, disse que não desistiria. Não desistiu.

O PT quer tudo

Apesar das evidências, o partido de Lula, no sábado, lançou sua chapa. Pimentel para governador, Clésio para vice, Helio Costa para senador. Como na famosa pergunta de Garrincha, esqueceram de combinar com a Globo, perdão, com o ministro dela.

A TV Digital

Durante a votação dos caminhos futuros da TV, a Globo exerceu seus direitos, colocou um diretor “24 horas por dia”, num gabinete ao lado do ministro, monitorando tudo. Saiu como “eles” esperavam.

PT perderá tudo em Minas

Com a resistência de Helio Costa, o partido de Lula (ou já será de Dona Dilma?) não ganhará nada. O governador será Antonio Anastasia, os senadores, Aecio e Itamar.

Divididos em quase todos os estados

Não há dúvida que é difícil, quase impossível, acordos no sistema político brasileiro, esse indecifrável e incompreensível PRESIDENCIALISMO PLURIPARTIDÁRIO. Se o futuro do país não dependesse do sistema político, o que existe no Brasil provocaria enorme gargalhada.

Sucessão na Bahia

Em 2006, Paulo Souto era favoritíssimo a governador. Perdeu para Jacques Wagner, que se lançou por obrigação. Agora, Wagner governador e Geddel intimíssimo com Lula (depois de tudo que disse dele) brigam pelo cargo. Mas quem vai crescendo é Paulo Souto, que apresenta como bandeira e projeto, a “ressurreição do carlismo”. (De ACM Corleone).

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *