Minha tentação é fechar agências reguladoras, diz Ciro, atacando Alckmin e Meirelles

Resultado de imagem para ciro gomes

Ciro Gomes bateu forte em Alckmin e em Meirelles

Novo

Thais Bilenky
Folha

Ao comentar que as agências reguladoras se tornaram “antro de ladroeira, de corrupção” e estão “emparelhadas de politiqueiros”, o candidato Ciro Gomes (PDT) disse que sua tentação é fechá-las. “Eu não sei se vou fechar, vou convocar o empresariado brasileiro para a gente discutir”, afirmou, defendendo uma gestão “técnica e profissional”, caso sejam mantidas.

Ciro criticou a gestão, por exemplo, da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) e Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

VELHO BNDES – Em palestra na Abdib (Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base) nesta segunda-feira (20), em São Paulo, o pedetista afirmou que é preciso “chamar o velho BNDES de volta” para financiamentos, “não na política de campeões nacionais, que virou clientelismo e ladroeira etc etc”.

O candidato aproveitou a ocasião para alfinetar seus adversários. Afirmou que Geraldo Alckmin (PSDB) e Henrique Meirelles (MDB) mentem quando falam de teto de gastos. E disse que nem Jair Bolsonaro (PSL) entende o fenômeno que representa.

“Ele representa uma coisa profunda que nem ele imagina o que significa. Ele representa a negação da política e da democracia e a vontade de tocar fogo para ver se nasce alguma coisa no lugar”, afirmou.

EM PRIMEIRO – “A gente pode ir rindo, mas ele está no primeiro lugar nas pesquisas. Por quê? Porque a nossa elite resolveu inclusive tutelar a sociedade brasileira na crítica a Bolsonaro”, afirmou. “Fica esse despotismo esclarecido.”

“Ele vai num telejornal desses, as pessoas vão lá mostrar que ele é homofóbico. Ora, ele está aí porque é homofóbico. Vão mostrar que ele é misógino. Ora, ele está aí porque é misógino. Vão mostrar que ele detesta esse negócio de cota para negro e gay. Ora, ele está aí por causa disso”, afirmou. “Então fica esse despotismo esclarecido.”

Sobre Alckmin, o pedetista afirmou que seu partido, o PSDB, por intermédio do [hoje senador José] Serra”, criou o sistema tributário brasileiro. E tem como mentor Fernando Henrique Cardoso, “o presidente que mais aumentou a carga tributária da história brasileira”, respondeu. “Fernando Henrique quebrou o país três vezes.”

E quando sugere simplificar cinco impostos em um só, o IVA, Alckmin se contradiz, segundo Ciro, porque quando era governador se posicionou contra a mudança.

ALCKMIN E PCC – O pedetista também atacou o tucano ao dizer que o governo paulista fez acordo com a facção criminosa PCC, o que o tucano nega. “Está documentado isso”, declarou Ciro. “Tem depoimento de um delegado.”

Questionado pela Folha sobre quais documentos sustentam sua afirmação, ele disse para a repórter “deixar de ser preguiçosa e olhar no Google”. Em 2015, um delegado afirmou que o governo chegou a um consenso durante os ataques do PCC em 2006, mas o acordo nunca foi confirmado.

Quando perguntado sobre a posição de Meirelles em relação a ajuste fiscal, Ciro mencionou um aspecto pessoal do ex-ministro da Fazenda do governo Temer. “Ele guarda o dinheiro dele no estrangeiro e a nossa imprensa pouco faz caso disso. É muito exótico ministro da Fazenda guardar sua poupança em paraíso fiscal”, afirmou, lembrando que é declarado, não ilegal.

11 thoughts on “Minha tentação é fechar agências reguladoras, diz Ciro, atacando Alckmin e Meirelles

  1. Ele está realmente com razão, as agências reguladoras, não regulam nada, o consumidor é quem arca com prejuízos causados pelas concessionárias, deveriam ser extintas, é um cabide de emprego para apaniguados do poder.
    Até agora, é o único quem mostrado seu plano de governo, os outros não tem programa, mas como sempre o povo escolhe mal.

  2. Pois é, enquanto debatemos as propostas dos presidenciáveis, a segunda Turma do STF – sim, sempre esta Turma – MANTEVE Zé Dirceu livre da cadeia!

    Quem votou a favor de sua liberdade:
    Ora, Toffoli, Mendes e Lewandowski!!!

    O novo triunvirato que realmente manda no Brasil!
    O trio de mal intencionados e cúmplices de Lula e sua quadrilha, que dão as cartas e jogam de mão.

    Nessas alturas, teria sido por saber desta decisão do grupo do mal, que manteria Zé Dirceu livre, que a presidente do STF se esbaldou na reunião com outras mulheres?

    Dançou, cantou, rebolou, em razão da liberdade do criminoso?

    E Raquel Dodge, que também saracoteou na reunião, cantando, dançando … divertia-se por quê?!

    Existe deboche maior, escárnio mais contundente, do que a atuação desses três sectaristas travestidos em ministros do STF?!

    Um dos maiores ladrões que tivemos em nossa história, e as alegações de um ministro que havia sido subalterno do criminoso ganha adeptos e o bandido é solto?!

    Que vença o Boulos ou o Haddad, e que este país aderne de vez.

    Agora, um STF composto por uma gentalha sem ética e moral, aliados de ladrões do erário e do povo não se pode aceitar passivamente!

  3. Sempre pensei que peixe morria pela boca, mas não sabia que idiotas como o Ciro morriam, também. O problema não está no conceito das agências e sim naquilo que o PT as transformou. Mas, para entender isso o Ciro teria que ter um neurônio a mais que a Dilma e, isso ele não tem.

    • Mas foi justamente o que ele falou, mas sem tocar no nome PT, até porque é tão óbvio, ainda que os cabides sejam mantidos por vários partidos, naquele famoso toma lá, dá cá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *