Ministrio Pblico Federal descobre formao de quadrilha na Zona Franca de Manaus, a Justia bloqueia os bens dos acusados. Aquilo ali virou zona? o que todos se perguntam.

Carlos Newton

Para brasileiros e brasileiras de idade mais avanada, o ttulo Zona Franca sempre foi motivo de duplo sentido. Hoje em dia, quase no existem mais zonas nas grandes cidades, quem geralmente zoneia tudo so as chamadas autoridades, ao insistirem em confundir o interesse pblico com o interesse pessoal.

Agora, uma medida liminar da Justia Federal do Amazonas, motivada por atos de corrupo, bloqueou um veculo e dinheiro em conta-corrente da superintendente da Suframa (Superintendncia da Zona Franca de Manaus), Flvia Grosso, e de mais quatro acusados. O total dos bens bloqueados soma R$ 3,7 milhes, e a Justia tomou essa precauo com o objetivo de viabilizar o pagamento ou devoluo de parte dos recursos desviados, em caso de condenao dos rus.

Com formao de quadrilha, os cinco acusados respondem a duas aes de improbidade administrativa, movidas pelo Ministrio Pblico Federal, acusados de lesar o patrimnio pblico e de enriquecimento ilcito. Segundo as aes, o Tribunal de Contas da Unio (TCU) constatou irregularidades na aplicao de R$ 70 milhes em um convnio assinado por Flvia Grosso e o presidente do Centro das Indstrias do Estado do Amazonas, Maurcio Loureiro

Segundo o TCU, esses R$ 70 milhes seriam investidos na revitalizao do sistema virio do Distrito Industrial, extensa rea que abriga a maior parte das 400 indstrias de Manaus. Mas no houve comprovao de realizao efetiva dos servios.

Para as feministas que ainda vibram com a presena de uma mulher na Presidncia da Repblica, o exemplo da Zona Franca desalentador. Flvia Grosso foi a primeira mulher a assumir a superintendncia, em 2003. E a deciso da Justia federal foi tomada justamente no momento em que o governo Dilma Rousseff discutia a mudana no cargo.

Em Manaus, Flavia Grosso est fugindo dos jornalistas, alegando que se justificar apenas Justia Federal. E o empresrio Mauricio Loureiro tambm se recusa a dar declaraes.

A Suframa uma autarquia federal, subordinada ao Ministrio do Desenvolvimento, Indstria e Comrcio Exterior, que coordena a concesso de incentivos fiscais s indstrias da Zona Franca, que so fundamentais para a economia do Amazonas e no ano passado faturaram US$ 35,1 bilhes. muito importante sua administraoprecisa ser moralizada, no pode continuar uma zona.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.