Ministro Barroso, os espíritos formam um reino inalcançável e não sofrem derrota nem vitória

CHARGE: Mais fácil aprender Javanês em braile… - Se Liga na InformaçãoJorge Béja   /    Charge do Kacio (Metrópoles)

Luis Roberto Barroso, aqui sou eu, Jorge Béja. Nos conhecemos de longa data. Já nos enfrentamos num rumoroso processo na Justiça do Rio. Você (advogado), em defesa da Souza Cruz, fabricante de cigarro. Eu (advogado, também), na defesa de crianças que ficaram órfãs, de viúva que ficou sem o marido e de pais que ficaram sem o filho, que morreu por causa do “tabagismo pesado”, conforme atestou o médico e consta na certidão de óbito do vitimado.

Poderia tratá-lo de Você. Mas prefiro Ministro, cargo que ocupa no Supremo Tribunal Federal.

SEM GROSSERIAS – Ministro Barroso, sua cultura jurídica é indiscutível. O ministro Barroso pode carregar nas palavras, nas orações, na retórica… Pode dizer tudo que lhe vem à mente, porque é certo que nenhuma palavra, nenhuma frase terá sentido grosseiro. Mesmo porque o ministro é delicadíssimo no trato com as pessoas.

É compreensível que defenda a Corte que integra e que defenda seus colegas de toga. Mas ministro, não enverede por um mundo que o ministro e nem ninguém conhece. Que nunca conheceu, que não conhece e que nunca irá conhecer. Não trate o ESPIRITO, que em cada ser humano habita, como  algo que possa ser palpável, dimensionável, corpóreo e sensível ao que é humano. Ao que é mundano, melhor dizendo.

A INCIVILIDADE – Na sua fala desta quinta-feira, sentado na cadeira presidencial do Tribunal Superior Eleitoral, é sua esta afirmação: “A INCIVILIDADE É UMA DERROTA DO ESPÍRITO”.

Ministro, ESPÍRITO é passível de sentir vitória ou derrota? Ministro, ESPÍRITO tem sentimento? ESPÍRITO tem começo, meio e fim no tocante à sua existência? ESPÍRITO tem categoria? O ministro tem intimidade com os ESPÍRITOS? É Porta-voz dos ESPÍRITOS?

Não, ministro Barroso. Este é um mundo impenetrável e que a mente humana não foi feita para entender, nem mesmo tatear. O senhor falou por falar. Falou por dizer, crendo que os ESPIRITOS, tais como nós, os humanos, são mortais. São sensivelmente frágeis. E que sua existência não é divina, mas humana, mesmo após deixar de habitar o mundo corpóreo.

MUITAS DÚVIDAS – Ministro, o mistério da vida e da morte, e do que acontece depois da morte, são indagações que não encontraram respostas nem os escritos sagrados de Israel, nem nos Vedas, nem nos escritos de Confúcio, nem na pregação de Tirtankara ou de Buda, nem nos poemas de Homero, nas tragédias de Eurípedes, de Sófocles, muito menos nos tratados filosóficos de Platão e Aristóteles.

E não será o ministro Barroso quem desvendará o mistério. Ainda assim, o senhor ousa dizer que a incivilidade “É UMA DERROTA DO ESPÍRITO”.

Ministro Barroso, julgue seus processos. Profira seus votos. Dê suas decisões sobre o que lhe chega às mãos sobre os conflitos entre os Humanos. Mas nunca mais fale pelos ESPÍRITOS. Porque todos Eles integram um Reino, um Mundo impenetrável, metafísico, misterioso e indesvendável.

20 thoughts on “Ministro Barroso, os espíritos formam um reino inalcançável e não sofrem derrota nem vitória

  1. Concordo com o Dr. Beja. Eu não entendo nada de espíritos. Então, prefiro nem comentar tais assuntos. Ao Ministro melhor seria, na atuação judicante, não mergulhar em assuntos estranhos ao mundo jurídico.

  2. O Barroso é uma das figuras mais arrogantes e pretensiosas que já se sentaram no STF. Acredita em si mesmo como um ser iluminado a quem cabe levar a ralé barbara do Zé povao e seus políticos ao mundo civilizado da oligarquia de Estado.
    Barroso odeia a democracia, detesta o povo, detesta ter que prestar contas, como todo progressista, acredita piamente que é um ser superior que sabe o que é melhor para todos e portanto não precisa de votos para governar.

    • Arrogante, o Barroso?! I beg to differ. A mim ele transmite a imagem de uma pessoa educada e um sério profissional.
      Em contraposição, o Jair Bolsonaro é um bobo alegre, agressivo e narcisista.
      Esse é o meu feeling. Se eu fosse pago para ser robô do Mula, certamente teria palavras mentirosas para espalhar para a sua turma.

      • Ele é educadíssimo, é absolutamente arrogante. Barroso sim é um narcisista, basta ler o que ele escreve. Na cabeça dele cabe ao STF guiar o Brasil, mesmo que seja contra sua vontade. Na cabeça dele, os burocratas são mais importantes do que as vontades da população e a constituição é aquilo que eles disserem que é e pronto. O STF não deve prestar contas a ninguém.
        Tudo isso claro dito da forma mais polida do mundo.

  3. Ministro Barroso, espírito existe?
    Isso é uma dúvida que sempre persiste.
    Não me refiro àquele de quem Maria concebeu
    E o Conselho de Nicéia elevou ao nível do Deus.
    Refiro-me áquele do reino inalcançável!

    Pois é, como se pode afirmar
    que uma coisa existe
    sem que se possa provar?

    Pelo uso da pura razão, não!
    Descartes deu com os burros n`agua
    E só conseguiu tornar muito famoso
    O seu “je pense donc j’existe” glamoroso.
    Seus adversários acreditavam no sensorial
    Para conhecer a verdade.
    Faz sentido?
    Faz sentido ao nosso espirito?

  4. O mais provável é que Barroso tenha usado a palavra espírito no sentido de “animus”. Tal como “estado de espírito” “espírito combstivo” e por aí vai.

    • Sim, Carlos Alberto de Andrade Santiago. Conheço O Livro dos Espíritos e todas as demais obras do Lionês Hippolite Léon Denizard Rivail.

      Sou admirador da vida e obra do professor Rivail, desde a Escola Pestallozi. Já estive na casa em que morou e faleceu o professor Rivail. Li todas as suas biografias. São encantadoras. As comprei lá na França e aqui no Rio, na livraria da Federação Espirita Brasileira. E contribuo para a manutenção da Revue Spirite, que Kardec criou e que continua a ser editada no mundo inteiro.

      Quando estudei (minha esposa e eu) na Sorbonne, visitávamos com frequência o Cemitério do Père Lachaise. Lá estão os túmulos de Chopin, Oscar Wilde, Allan Kardec. Edith Piaf e outros vultos.

      Ousei, um dia, alugar um piano de cauda, um fraque e casaca e tocar diante das sepulturas de Kardec e dos demais queridos irmãos que marcaram sua passagem nesta Terra.

      A direção do Père Lachaise, depois de muito pedidos que fiz, permitiu colocar um piano de meia cauda lá dentro. Dois gendarmes nos acompanhavam. Eles mesmo ajudavam empurrar o piano pelas aleas entre as sepulturas.

      Foi o mais marcante momento de minha vida.

  5. ACREDITE SE QUISER, Loriaga Leão, Vladimir Putin, Xi Jinping, que têm Joe Biden como decano, são exemplares da geração visionária mundial que veio para mudar o mundo para melhor. A diferença é que Putin, Jinping e Biden já chegaram lá, mas lá não poderão fazer o que tem que ser feito sem O LEÃO DO BRASIL que está encontrando imensas dificuldade para ascender ao poder e se juntar ao grupo visionário mundial, porque o Leão é o idealista visionário, sério e verdadeiro, avesso à corrupção, e opera num Brasil que até esta parte da história, infelizmente, ainda não conseguiu se tornar um país sério, verdadeiro e que, pelo contrário, tornou-se um país prisioneiro de uma grande mentira, mãe de muitas outras mentiras, apaixonadas por mentiras, mentirosos, apaixonados pela corrupção, pela roubalheira e, sobretudo, pelo achaque ao erário, que o fazem um país extremamente corrupto, como já disse um certo PGR, uma sociedade dominada por ricos delinquentes, como já disse um certo ministro do STF, ambiente esse impróprio para a descoberta da verdade que liberta e o cultivo de boas sementes, posto que o conjunto da obra foge da verdade, nua e crua, igual o diabo foge da cruz. E é em verdade que eu, LORIAGA LEÃO, lhes digo que no final do meu “Arco-Íris, que é a RPL-PNBC-DD-ME, que tem começo, meio e fim, nome e sobrenome, palpáveis, existe de fato não apenas um pote de ouro mas isto sim uma montanha de ouro, e o nome dela é Nova Europa Brasuca, que me dei ao trabalho e elaborá-la e divulgá-la ao longo dos útlimos 30 anos, e até a desenhei à moda O Mapa da Mina do bem comum do povo brasileiro, claro como a luz do sol do meio dia, como deve ser a verdade, para que vocês possam entendê-la sem dificuldades e com ela encontrar o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso. Todavia, se vocês preferirem continuar caminhando rumo à Brazuela, ao Haitibras ou até para o Brasilnistão, como lhes impõe a velha política, paciência, daí eu não posso fazer mais nada, até porque o que é de gosto regalo da vida, posso apenas desejar-lhes boa viagem, que Deus proteja e que sejam felizes, porque para mim não fará diferença nenhuma posto que já não falta muito para completar o meu ciclo, a minha passagem por este vale de lágrimas, imposto sobretudo face à ignorância e a má-fé, que pra mim tem sido divertido à beça, exceto quanto ao choro alheio que muito me incomoda e me preocupa face uma tal empatia que é algo muito forte dentro de mim e que eu não consigo controlar, de modo que já estou vendo tudo com ares de despedida, indo embora para a paz total, com a sensação do dever quase cumprido integralmente, e daqui levo apenas a certeza de que dei tudo de mim para conscientiza-los de que um Novo Brasil e um Novo Mundo, sem guerras tribais, primitivas, permanentes e insanas por poder, dinheiro, vantagens e privilégios, sem limite$, são possíveis, e até mostrei como fazê-los, com Democracia Direta e Meritocracia. O Leão ruge, o tempo urge. https://www.brasil247.com/mundo/xi-jinping-e-joe-biden-conversam-por-telefone?fbclid=IwAR24LSDmtYIJTn5WZ1MRoxHrvQnEaaCRbg7p7OxRjfTX_k78jLYRrs3TRRE https://www.youtube.com/watch?v=EFDXOdIwPss

  6. Realmente, nessa frase pinçada do discurso do Ministro Barroso, o advogado Jorge Beja, têm carradas de razão. Espírito é um termo Divino. E o homem não tem o conhecimento, dos mistérios da vida no plano espiritual.
    Talvez, o ministro quisesse se referir na derrota da sociedade, pós iluminista.
    O idioma pátrio, trás um amplo espectro de ambiguidades, por exemplo quando falamos em “espírito de corpo” , o sentido é a defesa de determinado grupo: militares, médicos, engenheiros, etc..
    Já espírito de porco, tem outro significado, para negativar o sujeito na sua individualidade.

  7. Prezado Dr. Béja,

    Eu só sei que o espírito da Madame M. ronda no palácio mal assombrado.

    Essa gente não tem paz desde que a Madame M. foi levada para outro plano naquele fatídico dia…

    Esse é o IMENSO TORMENTO dessa família de delinquentes.

    O demônio já está enfraquecendo, e está perdendo o poder dos seus títeres, brevemente será abandonado…

    Já está solitário, mas ainda tentando respirar por aparelhos, que é o seu inacreditável recuo, e as bravatinhas que fica piando no cercadinho. Os rugidos de Leão são agora, miados de um gatinho assustado.

    O susto foi tão grande que teve que pedir socorro ao michel temer, vice presidente da dilma…
    Como o mundo dá voltas, e numa essas voltas ele tropeçará.

    Dr. Béja, não temos um presidente, temos um espírito do mal, tentando esculhambar com o país inteirinho, se preciso for levar o Brasil à banca rota, só pra se safar do Enigma M.

    Essa é a “rocha” no sapato do demônio!

    Os peculatos (rachadinhas), as compras de mansões, lojas de chocolates, panetones e outras iguarias que avançaram no erário público é um mal menor…

    Dr. Béja, o Sr. sabe muito bem que qualquer político profissional tira isso de letra.
    O bolsonaro não foi o primeiro e nem será o último.
    Todos contornam esses desvios com a maior tranquilidade.

    Temos que pensar de uma forma mais abrangente, mais intrincada, mais profunda…

    Isso se chama Enigma M. e as milícias, que sempre rondaram no mais estreito círculo de amizades do bolsonaro, eles não vão segurar essa braba sozinhos.
    Todos vão dançar… inclusive os filhos deste boçal.

    Tem coisa muito feia escondida e justamente por isso o bolsonaro enlouqueceu.

    Sabe que se o enigma for desvendado… acaba tudo!
    E começará em Bangu oito.

    Um forte abraço,
    JL

    • Espectro,

      obrigado por ter lido e comentado. Mas doravante vou ter outros pensamentos, outros cuidados, outras precauções por causa do alerta deste seu artigo. Levei a sério. E por que não levaria, não é mesmo?
      Tudo bate.

      • Fico grato pela sua gentil atenção, Dr. Béja.
        Mas, vale muito a pena dar uma pesquisada nessas incríveis coincidências.
        Como o Sr. bem diz, com absoluta propriedade, “tudo bate”.

        Um abraço,
        José Luis.

  8. Todinhos, Barroso é uma semi divindade, conhece de perto os espíritos e almas superiores, está neste plano apenas para nos guiar ao paraíso progressista. Vcs deveriam era se ajoelhar em frente ao monte Olimpo chamado STF.

  9. “Bem aventurados os pobres de espírito,
    pois deles é o reino dos céus. ( Mt. 5.3)
    Esta é a primeira das oito bem-aventuranças
    que Nosso Senhor ensinou aos seus discípulos
    no tão conhecido Sermão da Montanha.”
    .

    • O que Jesus está dizendo aqui é que feliz é o homem que se achega diante de Deus sem qualquer vaidade, sem qualquer arrogância, sem qualquer exigência.

      É aquele que olha para Deus e reconhece que todas as suas conquistas, todo o seu ser é nada, ele é absolutamente um pó, como diz o salmista

      “…até os melhores anos são cheios de dor e desgosto…” (Sl 90.10a).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *