Ministro da Justiça mostra que o sonho de Bolsonaro interferir na PF é “ilusório”

Quem é , o novo ministro da Justiça "terrivelmente ...

André Mendonça contradiz Bolsonaro e o procurador Augusto Aras

Carlos Newton

Parece brincadeira. Se você ficar procurando algo de bom no governo Bolsonaro, dificilmente encontrará. À exceção do ministro Tarcísio de Freitas, engenheiro militar que comanda à perfeição a pasta da Infraestrutura, e do chefe da Casa Civil, general Braga Netto, que se empenha para organizar o governo, o primeiro escalão é um deserto de homens e ideias, como diria Oswaldo Aranha, um estadista de verdade, que só não chegou à Presidência da República porque Getúlio Vargas se considerava intelectualmente inferior a ele e o boicotou.

Se em 1945 Aranha tivesse governado o país no lugar de Eurico Dutra, que era uma anta fardada, hoje o Brasil seria outro e Francelino Pereira, quando presidente da Arena, não precisaria ter perguntado que país é esse.

APARECEU OUTRO – Além de Freitas e Braga, de repente apareceu outro ministro que demonstra ter um mínimo de bom senso. Por incrível que pareça, estou me referindo a André Mendonça, que estava na Advocacia-Geral da União, onde fazia um papel secundário e servil, colocando a AGU a serviço pessoal do presidente Jair Bolsonaro, ao invés de defender os interesses nacionais.

Substituto do portentoso Sérgio Moro no Ministério da Justiça e Segurança Pública, nesta sexta-feira, dia 3, o ministro “terrivelmente evangélico” (no dizer de Bolsonaro) mostrou que também sabe ser independente e veraz, em reportagem de Luiz Felipe Barbiéri e Gabriel Palma,  do G1.

Em uma videoconferência que discutiu as ações da pasta, Mendonça afirmou que, na opinião dele, é “ilusório” pensar que políticos tenham poder de ingerência na Polícia Federal. “Qualquer pessoa que vá fazer isso estará cometendo um suicídio jurídico-político. Elucubrar uma interferência no trabalho da PF é impensável”, afirmou, em sábias palavras.

O PAÍS MUDOU – O ministro tem razão. Desde o Mensalão e a Lava Jato, o Brasil mudou muito. É bobagem o presidente e o procurador-geral tentarem o possível e o impossível para interferirem na Polícia Federal em defesa da família e dos amigos de Bolsonaro, que estariam sofrendo “perseguição”, na visão míope e nebulosa do chefe do governo.

Em suas declarações, André Mendonça ressalvou que a independência da Polícia Federal não significa “soberania de atuação”. Por isso, ele cobra uma atuação “responsável” e “sem perseguições” do órgão.

“Essa independência e autonomia que a PF tem, ela não significa uma soberania de atuação. Eu, como Ministro da Justiça, demando uma atuação efetiva da PF. Eu cobro resultados, eu quero saber se estão fazendo operações. Quais as dificuldades estão tendo, para tentar ajudar a solucionar”, disse Mendonça.

MODO IMPARCIAL – Dando uma aula sobre o óbvio, acentuou o ministro: “O que a gente cobra: persigam o crime? Sim. Mas de modo imparcial, de modo isento, sem perseguição a grupo A ou grupo B. Que tenham uma atuação responsável”. E acrescentou: Eu não tenho que ter um punitivismo, agora eu tenho que ter uma atuação séria e efetiva, eficaz no menor tempo possível”.

As declarações de André Mendonça batem de frente contra as afirmações de Bolsonaro e do procurador Augusto Aras, que pretendem saber tudo o que a Polícia Federal e a Lava Jato estão fazendo.

Em tradução simultânea de estilo shakespeariano, há algo de podre no governo, porque o ministro da Justiça só disse o óbvio, e como todos sabem, o óbvio é algo que não admite contestação.

###
P.S. –
Ao dar cobertura a atos ilegais dos filhos, o presidente da República também comporta-se como um criminoso, enquanto o procurador-geral, por seu servilismo ignóbil, torna-se cúmplice de Sua Excelência, vejam a que ponto chegarmos. (C.N.)

10 thoughts on “Ministro da Justiça mostra que o sonho de Bolsonaro interferir na PF é “ilusório”

  1. O país não mudou, apenas trocamos de governantes. Começamos, há 130 anos, sendo governados pelo militarismo,e o partidarismo, politiqueiro$, e seus tentáculos, velhaco$, e continuamos com ele$ até os dias atuais, como se estivéssemos numa corrida interminável de troca de bastão, uma espécie de troca-troca entre ele$, corrida essa não qual já estivemos nas mãos sujas inclusive do demotucanismo, do lulopetismo e agora o bolsomilicianismo-crentista-mitarista-agregadistas, de modo que estamos todos desgraçados, órfãos de pai e mãe, no mato e sem cachorro, no ar, sem escada e com a broxa na mãos, velhos, endividados e pobres de marré, marré, esperando por um Messias de verdade que não tem espaço para surgir dentro do sistema podre.

  2. Qualquer ser minimamente sensato percebe que o boçalnato não tem a menor capacidade de governar um simples condomínio, quanto mais um país continental. O negócio dele é proteger os filhos idiotas e tentar impor suas ideias doentias. Esse governo é pior que o covid-19.

  3. Prezado Carlos Newton bom dia.
    Quando o Lula sancionou a Lei da Ficha Limpa eu fiquei convicto que ele não sabia o que acontecia nos andares de baixo (o que não sabia é que ele na sua arrogância achava-se acima da Lei e Nunca seria preso).
    Com o advento da Operação Lava Jato, me convenci que a sociedade brasileira estava mudando e o futuro do Brasil era auspicioso.
    No governo do temeroso, vimos começar as manobras para obstaculizar as operações da Lava Jato e pedi aqui neste espaço, varias vezes a intervenção constitucional militar; até que surgiu o candidato Bolsonaro o qual tinha minhas reservas pelo passado militar do mesmo.
    Mesmo aconselhado a não votar no Bolsonaro; entre ele e o “andrade” não tinha escolha.
    CN; todos nós sentíamos que o Congresso e o STF, estavam acuados e eu atribuía isto ao fato de ter o Bolsonaro declarar varias vezes de que: “Conheça a Verdade e ela o Libertará” e eu pensava(?) que ele se necessário iria levar o filho ao Altar da Verdade e que doesse em quem doesse a Verdade seria Soberana.
    Qual não foi a surpresa quando ele foi “Fazer o Pacto com os Demônios do Congresso e do stf”, traindo a grande maioria de seus eleitores que não eram bolsonaristas e sim almejavam um Brasil Limpo.
    Daí para cá, as leis foram feitas para “blindar” os corruptos hediondos e ações do stf para liberar e garantir para toda a vida a liberdade dos corruptos hediondos; mudando atos pacificados como a prisão em segunda instancia.
    A última cartada é “CALAR” nossa boca o que está sendo gestado no congresso.
    Mudar para proteger os corruptos hediondos será célere; mas, conseguir leis corretas só daqui a algumas gerações e depois de muito sofrimento.
    Temos que ter a consciência de que vamos travar a Boa Luta.

    • Pereira Filho,

      Comentário irrepreensível, contundente, incisivo.

      Concordo plenamente com o seu teor, alegações, argumentos e fatos mencionados.

      Apoio integralmente essa tua postagem, e a parabenizo pela lucidez e coragem.

      Abraço.

      • Vocês com pensamentos em cuja essência temos o ingrediente religioso falam coisas que só faz sentido para aqueles que já tiveram mentes e corações sequestrados

    • E assim, preferiu entre um Professor e um Capitão colocado pra correr do Exército por programar um atentado, preferiu o último que é saudosista à Ditadura, métodos de tortura etc.

  4. Valha-me deus!
    Que esse Ministro fez para considerá-lo exemplo de “bom senso”, “independência” no governo?
    Pronunciou algumas frases que impactaram nosso editor…
    Oras. Ele entrou com aquele Habeas Corpus em favor de Weintraub e até pedido extensivo a particulares por seus atos praticados…

  5. CN, de onde você tirou que o sono de Bolsonaro é interferir na PF? Teu caso parece ser que tal vez Freud poderia resolver. O que Te fez Bolsonaro para criar essas coisas que imputas a Bolsonaro? O ex-ministro e ex-juiz que sabe sobre justiça declarou que Bolsonaro não cometeu crime algum!!! Ele mesmo e o anterior Diretor da PF, delegado Valeixo declararam que Bolsonaro nunca interferiu na PF? Como você consegue sentir esse sono de Bolsonaro de querer interferir na PF?

    Tenha cuidado porque isso é fake news!!! Fico preocupado por suas postagens, anteriormente faz vários dias atrás te posicionaste como “tolerável a mentira” em algumas profissões e imagino que nessas profissões deve ser a tua e como já escrevi “mostra seu caráter”.

    • “Tenha cuidado porque isso é fake news!!! “.
      Ai que você se engana; segundo a curruiola (botofafo, careca da censura do STF, jornalistas), esquerdista, isso que ele faz se chama “jornalismo verdade da causa”. Fack News, é a população querer divulgar os fatos e/ou sua opinião, e você pode até ser preso por essa lua opinião, que a após a promulgação da lei, será considerado como fack News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *