Decreto demagógico de Dilma Rousseff tem efeito bumerangue e se volta contra o governo

Carlos Newton

Os jornais comentam que o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, classificou de “hipocrisia”, “ignorância” e “má-fé” a tentativa da oposição de derrubar o decreto que instituiu a Política Nacional de Participação Social (PNPS) e o Sistema Nacional de Participação Social (SNPS).

Como se sabe, o texto assinado há uma semana pela presidente Dilma Rousseff é um exemplo de iniciativa factóide de marketing político, ao determinar que, antes da adoção de políticas públicas, sejam feitas consultas a nove conselhos formados por representantes da sociedade civil.

A repercussão do decreto foi a pior possível, porque ficou claro que, em pleno ano eleitoral, de repente a chefe do governo parece ter se lembrado da necessidade de dar mais visibilidade e credibilidade à administração e resolve adotar esse tipo de política claramente populista.

OPOSIÇÃO ATACA

No Congresso, a oposição logo passou a atacar a medida presidencial, adotada por decreto, sem consulta ao Legislativo. O decreto foi visto como forma de “aparelhamento” e reprodução de “políticas bolivarianas” adotadas na Venezuela. E a oposição imediatamente apresentou uma proposta legislativa para derrubar o decreto, mas o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), já se curvou ao Planalto e não vai colocar o projeto em votação.

No Planalto, o ministro Gilberto Carvalho saiu em defesa do governo e disse que as queixas da oposição são “hipócritas” porque os conselhos permitem que a sociedade fiscalize o governo. Mas as justificativas do ministro chegam a ser ridículas. Diz ele, por exemplo, que conselhos e conferências aumentam a transparência e “contribuem exatamente para combater a corrupção”, ao dar à sociedade “acesso aos dados do governo e às política de governo”.

Caramba, se é assim que o governo pretende combater a corrupção, estamos mal arranjados!… Se realmente pretendesse enfrentar a corrupção, o governo já teve muitas oportunidades, mas não as aproveitou. Com toda certeza, bateu o recorde na demissão de ministros corruptos na História do país, mas nenhum deles foi afastado de imediato pela presidente Dilma. Pelo contrário, todos eles só deixaram os cargos depois que a imprensa os demoliu por completo.

THEO FERNANDES

Essa jogada de marketing político adotada pelo governo já é bem conhecida pelo comentarista Theo Fernandes:

“Existem os Conselhos Federais, Estaduais e Municipais, com o pomposo nome de ‘Controle Social’, que é uma grande mentira governamental, pois em 99% deles, a sua formação é de 50% de funcionários indicados pelos governos, que inviabilizam sua finalidade. Na minha cidade, sou Conselheiro em diversos Conselhos da Ação Social e no de Saúde, desde 2000 fiz mais de 50 denúncias contra a Prefeitura e entidades estaduais e federais, e nada acontece”, diz Theo Fernandes, que tem 85 anos mas não esmorece. Estava no PT desde a criação do partido, mas acabou jogando a toalha.

###

PSTheo Fernandes não sabe, mas há dois anos trabalhamos juntos num movimento popular para melhorar e ampliar o transporte ferroviário na Baixada Fluminense e orla da Baía de Guanabara. Fizemos a nossa parte, mas o governo não fez a dele. (C.N.)

14 thoughts on “Decreto demagógico de Dilma Rousseff tem efeito bumerangue e se volta contra o governo

  1. Não existe trabalho de baixa qualidade porque todo trabalho é necessário para movimentar a economia. Nos países desenvolvidos também têm empregados para fazer serviços rotineiros, mas estes são remunerados com mais justiça. No Brasil, apesar do salário mínimo baixo, muita gente conseguiu ascensão social devido a união familiar. Famílias pobres tendem a se unir para proporcionar bem estar para seus filhos. Mais gente pobre empregada, mais a união familiar se fortalece, porque a renda familiar aumenta. Na união familiar está uma das razões para o crescimento social de uma parcela da população brasileira. Querem a todo custo minimizar este avanço, mas a classe que ascendeu não está nem aí para a opinião da classe média, tampouco da mídia, porque ela sabe muito bem que a classe média e a mídia representam interesses que nada tem a ver com os dela. Muita família pobre conseguiu educar algum membro da família, e é deste que importa a opinião para ela. O Brasil mudou, as oportunidades são imensas para quem quer crescer.

  2. Ótimo artigo, Sr. Newton.

    O mais importante fato dos últimos tempos foi a divulgação da edição desta lei demonstrando, mais uma vez, demonstrando o intuito dessa facção criminosa que tomou conta da máquina pública e do orçamento federal, de cubanizar o Brasil.

    O Foro de São Paulo – criação de lula e fidel castro – já, com 24 anos de existência, já domina dezesseis países latino americanos.

    Está faltando, para estabelecer em definitivo a hegemonia comunista na região, dominar o Brasil e sua população.

    Temos o dever de impedir tal fato. E isto está acima de qualquer outra questão!

  3. Uéééé…..! Mas os pessimistas com o BRASIL não vivem dizendo que tem excelentes idéias e propostas e que estão afinados com o POVO? Não dizem que estão sintonizados com o desejo de mudanças presente na maioria da população? Porquê estão querendo deixar o povo FORA do debate?

  4. Seria uma boa ideia sim, fazer um plebiscito se o povo aceita pagar impostos diretos e indiretos sobre alimentos e remédios. Mas isto o povo jamais terá chance de se manifestar e se impor como soberano que é da nação.

    Um miserável para comer um pão tem que pagar quase o dobro em impostos para esse governo vagabundo que ainda quer se tornar eterno. Aí será a escravidão vermelha mesmo.

  5. Caro Newton, agora estou entendendo porque dizem que na Venezuela funciona a ditadura. La o povo participa e a midia tem que ter responsabilidade no que publica..
    Assisti o Manhattan Connectium hoje, e o Caio Blinder na entrevista com a Luiza da Magazine Luiza, disse que as vendas no Varejo haviam caido no Brasil desde 2012, ela contestou e passou os indices eo crescimento, ele se calou e mudou de assunto, e ainda justificou, olha não é querendo mudar de assunto mas….. e mudou de assunto, dai foi a vez do Diogo Mainardes mentir sobre a economia no que ela de pronto o desmentiu, no que foi corroborada pelo Lucas Mendes, e novamente mudaram de assunto. A sorte da midia impresa é que quando sai nao da para desmentir as mentiras ja estão propagadas, como o programa é ao vivo e a pessoa tem conhecimento os desmentem, e eles ficam com a cara de sabão.
    Se fosse na Venezuela isso da cadeia.

  6. Dilma, a Louca esta totalmente em pleno estertor da MORTE POLÍTICA.
    Totalmente ABANDONADA E DESPREZADA pelo próprio PT(que vai despeja-la em troca do lullapapudão) e demais partidecos de aluguel e principalmente REJEITADA por mais de 80% do eleitorado. Dilma , a Louca parte para “fazer o Diabo” como ele mesmo prometeu a pouco tempo atras… Esse decretinho stalinista é uma FACADA MORTAL na democracia. Literalmente ACABA com os POLITICOS! ACABA com o papel do PODER LEGISLATIVO! é a tentativa de consolidação da DITADURA petista STALINISTA DA TERRORISTA COMUNISTA DILMASTALIN!
    DUVIDO! DUVIDO ESMO QUE OS SENADORES E DEPUTADOS VEREADORES VÃO ACEITAR QUE A GENTALHA ALUGADA DO PT OS SUBSTITUA EM “COLETIVOS SOVIÉTICOS E ACABEM COM A “BOQUINHA ” DELES””
    DILMA, A LOUCA LITERALMENTE AGORA FEZ PIOR QUE O COLLOR… MEXEU NO ” VESPEIRO’ DAS” VACAS SAGRADAS do PODER LEGISLATIVO” ELA “VAI PEGAR FOGO” LIGEIRINHO!

  7. Seu Theo tem razão ao desmoralizar essas formações chapa-branca dos Conselhos municipais. Fecharam a rádio dele, o ameaçaram de morte, o perseguem, tentam desmoralizá-lo, mas ele está lá, de pé e olhando nos olhos os donos de Guapimirim. Eu estou há 20 anos e ele mais que o dobro disso nesses movimentos sociais fajutos e manipulados pelos prefeitos. A Dilma vai repetir o que ouvi de muitos mandatários que diziam na nossa cara “concordo com tudo o que você disser, desde que seja a minha opinião” ou com o ditado “quem pede opinião faz o que quer”. Essas Conferências Municipais geram delegados para a Estadual e por fim a Nacional, quando Brasília vira um rebanhão patrocinado pelo Estado e depois de alguns dias de negociações, um documento será votado para definir as políticas públicas, mas dali para a frente é com o Legislativo e eles fazem o que bem entenderem. É dinheiro jogado fora, tempo perdido e muita inculcação em cabeças de Tico e Teco. Gosto mais de ver seu Theo lutando conosco no CONPARNASO, onde já foi homenageado diversas vezes é é modelo de pessoa para tantos que estão chegando. Fico muito feliz de compartilhar da opinião do seu Theo. CN sentiu na pele o que é essa farsa ‘democrática’.

    • Participei como ouvinte de um Conselho no ano passado. É tudo uma farsa, são uns tremendos oportunistas com idéias de mudanças em que seus delegados são bancados pelos governos estaduais e municipais, não quero de forma alguma generalizar. E a conclusão é bem sabida como declarou Roberto Perez. Da mesma forma é o tal de Orçamento Participativo, é tudo para enganar o povo, pois o que o governo quer já está aprovado. E o que a população deseja é tratado com descaso.

      • Alvim Sil tocou no ponto chave dessa farsa democrática: orçamento. Os Conselhos são os legitimadores dos Fundos Municipais e é ai que mora o perigo. As verbas não carimbadas são de fundo a fundo e o prefeito faz o que bem entender com a verba, mas claro que sob a acedência do Legislativo. Ocorre que na maioria absoluta das vezes, os podres poderes mimetizam-se e a promiscuidade entre eles faz do contribuinte um mero elemento de retórica.

        Esse modelo de Controle Social é fajuto e o Terceiro Setor virou apêndice dos mandatários. Basta olhar ao seu redor e ver quem são as pessoas atuantes nas ONGs, OSCIPs, Fundações e por ai vai (salvo raríssimas exceções). Prefeitos têm laranjas nas empreiteiras, criam ONGs pilantrópicas, vereadores são donos de Centros Sociais para angariar emendas parlamentares deles mesmos. Fazem o serviço que é atribuição do Estado, oferecendo ambulâncias (adesivadas com seu nome, o que é proibido) e praticam a famosa reboqueterapia , serviços ambulatoriais, assistencialismo barato e cestas básicas doadas por apenados da justiça. Assim é fácil demais fazer política social e maquear a LRF.

        As OSCIPs são a grande jogada para burlar a Receita Federal e a lei 8666, servindo aos interesses dos que têm a chave do cofre, ONGs se travestem de defensores de alguma causa, mas paradoxalmente, sendo não governamentais, vivem penduradas em editais públicos, autarquias ou fazem ponte com órgãos corruptos, via empresas contratadas. Um festival de irregularidades, contradições e farsas.

        Nós apenas legitimamos o processo, nesses Conselhos de pilantropia, assim como é nas eleições que nos deixam boquiabertos na publicação da apuração. Se duvidarem disso me digam como Severino Cavalcante, Maluf, Renan, Collor, Barbalho e outros corruptos condenados, cassados, renunciados, desmoralizados estão em exercício de mandato?

        Somos as flores cortadas que servem apenas para que a moça bonita abra a porta a um garboso pretendente e quando o objetivo carnal é alcançado, vamos para o cesto de lixo, depois de murcharmos de inanição. Éramos cobiçados pelas abelhas e vamos servir de alimento às moscas.

        Minha solidariedade aos idealistas que ainda lutam nesses movimentos orquestrados pelo mal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *