Ministro do Supremo critica o juiz Moro pelas delações premiadas

O ministro do Supremo Tribunal Federal,ograma Espaço Público. O programa é apresentado pelos jornalistas Paulo Moreira Leite e Florestan Fernandes Júnior (Fabio Rodrigues Pozzeb

Marco Aurélio usou a TV para atacar o juiz Sérgio Moro

Mariana Tokarnia
Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello, no programa Espaço Público, da TV Brasil, questionou a postura do juiz federal Sérgio Moro na Operação Lava Jato, que apura denúncias de desvio de dinheiro da Petrobras. Para o ministro, a delação premiada deveria ser exceção no direito.

“Não posso desconhecer que se logrou um número substancial de delações premiadas e se logrou pela inversão de valores, prendendo para, fragilizado o preso, alcançasse a delação. [Isso] não implica avanço, mas retrocesso cultural. Imagina-se que de início [a delação premiada] seja espontânea e surja no campo do direito como exceção e não regra. Alguma coisa está errada neste contexto”.

Marco Aurélio criticou também o financiamento privado de campanha, aprovado pela Câmara dos Deputados na semana passada. “O financiamento privado vai sair caro para a sociedade”, disse.

DEPOIS BUSCAM O TROCO

“Não tem altruísmo, as empresas não doam tendo em conta a ideologia dos partidos. Depois buscam o troco e esse troco que é muito caro à sociedade”, disse Marco Aurélio.

O financiamento privado foi votado na semana passada na Câmara dos Deputados, com 330 a favor, 141 contra e 1 abstenção, os deputados aprovaram o financiamento privado com doações de pessoas físicas e jurídicas a partidos e de pessoas físicas para candidatos. “Para que os partidos teriam esses recursos senão para repassar aos candidatos?”, destacou o ministro.

A questão também tramita no STF. No ano passado, a maioria dos ministros votou a favor da proibição de doações de empresas privadas para campanhas políticas. O julgamento foi suspenso por um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes. “Aquele que pede [vista] é para refletir e deve devolver o projeto em tempo hábil”, disse Marco Aurélio.

29 thoughts on “Ministro do Supremo critica o juiz Moro pelas delações premiadas

  1. Sr. Newton. veja o que disse o famoso franco-tucano-suiço, ex-comuna de carteirinha sobre a CBF..
    walter feldman, Secretariop geral da Casa dos Bandidos.
    “É o que o Marco Polo sempre repete: a sociedade se modernizou e precisamos de algumas mudanças”.

    • Novamente o MAV defendendo o bandido Lulla. Não tem o que falar, vai dormir. Quieto não incomoda os que trabalham. Já foste buscar o paletó?

      • Esse cara é um filho da puta solta todo mundo ,primeiro ele julga se os direitos dos bandidos e esquece o mal que ele causou a sociedade com os seus atos foi assim com Cacciola e Sergio Naya o outro é o Gilmar Mendes que soltou um condenado a 234 anos de prisão com mais de 50 estupro comprovados aquele médico Abdelmassih da Clínica de Reprodução lá em São Paulo para responder o processo em liberdade e depois ele fugiu.

  2. E ele também não falou se acredita em papai noel, coelhinho da pascoa ou outras formas fantasiosas de enganar os crédulos? Afinal com quem ele imagina que o juiz Sergio Moro esteja lidando? Com a Madre
    Tereza de Calcutá ou a Irmã Dulce? Convenhamos, né? Um ministro do STF, vir com uma conversa dessas,
    sera por ingenuidade ou haveria algum outro motivo?
    No Brasil, para que a justiça pegue um malandro desses, só sendo mais malandra que o próprio, senão, vai
    ficar com cara de “TACHO”, pois a ladroagem é esperta até demais.
    O senhor Marco Aurélio Mello, mais parece a Alice no pais das maravilhas.

  3. Segundo o Romário, ” O Pelé calado é um poeta”. O Marco Aurélio Melo, também.
    Tá com medinho do priminho Collor se atingido, é?

  4. O Juiz Moro fezz concurso público para exercer com maestria sua função, já o Ministro Mello indicado por seu primo Color de Mello entrou para a magistratura por indicação e é disparado o mais controverso membro do STF.

  5. O problema é que o ministro do supremo está com inveja do elevado prestígio do Dr. Sérgio Moro, angariado junto a opinião pública do Brasil, aliado a grande possibilidade de vir a tornar-se Presidente da República, além do medinho de seu primo vir a ser alcançado o está levando a falar besteiras, parecendo até desespero.

  6. Off: Contagem regressiva: a educação será subvertida pela Ideologia de Gênero? ESCRITO POR THIAGO CORTÊS
    Os municípios brasileiros têm até o dia 24 de junho para aprovar seus Planos Municipais de Educação (PMEs). É justamente este o novo campo de batalha dos inimigos da família.
    Em sua coluna de hoje, 02/06, a jornalista de fofocas da Folha, Mônica Bergamo, lançou um ataque contra os cidadãos que têm comparecido em audiências públicas para se manifestar contra a inserção da Ideologia de Gênero (gayzismo) nos planos municipais de educação (PME).
    Ocorre que militantes – sempre minoritários e insignificantes – pretendiam impor a Ideologia de Gênero na educação no grito e imaginavam que o fariam sem resistência. Mas foram surpreendidos nas audiências por grupos maiores de opositores da referida ideologia. Mônica Bergamo é assessora de imprensa do PT disfarçada de jornalista. Por isso, a especialista de fofocas da Folha usou sua medíocre coluna para atacar os opositores da Ideologia de Gênero, transformando-os em caricaturas: “fundamentalistas”, “cristãos conservadores” e (nas entrelinhas) “preconceituosos”. Mais aqui; http://www.midiasemmascara.org/

  7. Sobre a delação:
    “Não posso desconhecer que se logrou um número substancial de delações premiadas e se logrou pela inversão de valores, prendendo para, fragilizado o preso, alcançasse a delação. [Isso] não implica avanço, mas retrocesso cultural. Imagina-se que de início [a delação premiada] seja espontânea e surja no campo do direito como exceção e não regra. Alguma coisa está errada neste contexto”.

    -Quer dizer o que o homem que tem como dever lutar pela justiça está preocupado com a FRAGILIZAÇÃO DE BANDIDO e não pela situação dos milhões de pessoas honestas que tiveram as vidas fragilizadas por causa desses criminosos?
    -Realmente, um país sem justiça não é um país civilizado, mas apenas uma ALCATEIA, onde o animal mais forte rouba o alimento do mais fraco; para esses bichos brutos e desprovidos de intelecto, nada mais justo do que a lei do mais forte, mostrando que somos governados por uma QUADRILHA DE MACACOS DE GRAVATA que se julgam mais civilizados e melhores dos seus semelhantes do galho inferior, apesar de exalarem o mesmo FEDOR, se alimentarem dos mesmos insetos e de terem os mesmo parasitas intestinais.

    Os governantes desta fazenda ainda não evoluíram ao nível intelectual da LUCY…

  8. Marco Aurélio Mello é um imbatível conhecedor de leis, mas um péssimo intérprete delas. A sua fábrica de habeas corpus o denuncia. Perguntem aos bicheiros do Rio e ao Salvatore Cacciola, cujo habeas, segundo dizem as más(?) línguas, rendeu-lhe um apartamentaço.

    • Isto está fedendo a preconceito. A questão palestina, que é algo extremamente injusto, não pode ser usada para discriminar quem quer que seja.

  9. Seria muito bom que os ministros do supremo tivessem um prazo determinado por lei, para a devolução dos processos em que pediram “vistas”. Seria o mínimo de respeito pelo cidadão.

    • O pior, Pedro Rios, é que eles têm prazo, mas não obedecem. O maior problema da Justiça é que somente os advogados cumprem prazos. Juízes têm prazo a cumprir, mas nem estão aí.

      Abs.

      CN

  10. Por isso que o STF está desmoralizado, além de aparelhado.
    Por isso que a justicinha está no esgoto que está. O Moro é um ponto fora da curva.
    O ego do primo do collor não cabe naquela toga ridícula. Faz questão de ser diferente, ser do contra. Mas fez lobby para indicar a filha para desembargadora, não?
    Se julgam deuses, acima dos mortais que lhes pagam as mordomias.

  11. Deveríamos ter mais juízes como Sérgio Moro e menos Ministros como Marco Aurélio Mello.
    O Brasil não toma jeito mesmo. Para pegar os ladrões da CBF, precisou o FBI entrar em cena.
    Pudera. A nossa Polícia Federal está subordinada ao Ministro da Justiça e este ao Presidente da República.
    E este … deixa prá lá.

  12. O Brasil está na merda!!!! Quem defendo os bandidos do PT ou mama nas tetas desse governo imundo
    ou come merda!
    Quando ao primo do Collor, tá com ciuminho, já que ele está sempre do lado dos bandidos!!!
    O Ministro deveria dizer que a filha dele, sem experiência alguma, foi alçada a cargo de Desembargadora,
    isso esse verme não fala.
    O Brasil está entregue aos bandidos, o negócio começa de cima pra baixo.

  13. Se este idiota aplicasse a lei muito destes políticos já estariam eliminados. Nunca vi um supremo tão incompetente igual a este. Só sabem falar firulas se fechassem a porta deste órgão o Brasil estaria bem melhor. Um bando que leva anos para julgar um processo não são dignos de confiança.

  14. Após ditadura/64, entramos na “Democradura”, contração de “Democracia” com “Ditadura”, e os 3 PODERES, começaram a apodrecer, e na área da Justiça, vemos a maior “CORTE”, dar o maior “exemplo de desfaçatez, por quem tem o “DEVER DE OFÍCIO HONRÁ-LA” mas a “ESTUPRAM E VILIPENDIAM”, e como CIDADÃO DA PLANÍCIE ME PERGUNTO: Onde vamos parar, em ver o “PÉSSIMO” exemplo do “TRIBUNAL MÁXIMO”, e lamento por RUI BARBOSA, que está à morrer todos os dias em seu túmulo, pela “vergonheira” dessa Justiça estuprada E VILIPENDIADA diariamente.
    O Jornal O DIA, vem publicando o salário dos “juizes tenham o nome que tiverem, desembargadores, ministros…” aqui do RJ, UMA VERGONHA, as justificativas do “chefe” é tapa na cara do trabalhador, que com suor e lágrimas tentam construir um PAÍS, com salários miseráveis, e roubados em 6 meses pelos impostos escorchante, sem o retorno das necessidades básicas da Cidadania que estão no CAOS, para sustentar a “safadeza” desses “desgovenantes.
    Um País com uma justiça desse quilate, é tudo, menos um PAÍS.
    Dr. Sérgio MORO, está mostrando o que é “SER JUIZ”, COM SUA “EQUIPE DA POLICIA FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, E O TRABALHADOR, SACRIFICADO, ROGA À DEUS PROTEÇÃO PARA ELES, E QUE APAREÇAM MAIS JUIZES MORO, PARA LAVAR O BRASIL DESSE IMUNDÍCIE, QUE ESTÁ A IMPERAR!.
    DR. SERGIO MORO, NÃO LHE CHAMO DE EXCELÊNCIA, POIS, VIROU SINÔNIMO DE “LADRÃO”, MAS DE VOSSA SENHORIA, PELO RESPEITO E CONSIDERAÇÃO, EM ENFRENTAR EM NOME DA SRª JUSTIÇA, A CANALHADA QUE DESGRAÇA O PAÍS.
    Dr. MORO, EM MEUS 86 ANOS DE VIDA CIDADÃ, ROGO A DEUS QUE LHE PROTEJA E EQUIPE, PARA A MORALIZAÇÃO DO BRASIL.

  15. Quando o Juiz Moro vai mandar prender os tucanos que enfiam a mão no erário a decadas?
    Alias a Lava a Jato descobriu que os tucanos receberam mais que os petistas dos empreiteiros mas isso é igual o canto do uirapurú que “exige silencio”, Segunda uma vinheta, dos anos 70, da Radio Bandeirantes, parece que a midia toda quando se trata de dinheiro tucano eles ficam a ouvir o canto do uirapurú

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *