Ministro Lewandowski, líder do mais novo diretório do PT-Brasília

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) faz questão de se mostrar fiel, (fidelíssimo, longe de mim um jogo de palavras) ao velho COMPANHEIRO, a quem tanto ajudava nos tempos gloriosos de São Bernardo. (Onde Lula irá morar depois da eleição. Se Dona Dilma se eleger e quiser se livrar do grande eleitor e patrono).

Com isso, o ministro abriu as portas (literalmente) do TSE para petistas. Mesmo os que não pensem (?) como ele e o grande companheiro do Planalto-Alvorada. Inacreditável o que o presidente do TSE vem fazendo. Examinem esses fatos e nomeações, consumadas ou adiadas, não por vontade do ministro.

***

PS – Vem fazendo várias nomeações de petistas de carteirinha para cargos importantes, sempre comissionados e com altos salários. É intimíssimo da família Lula, lá só é chamado carinhosamente de Ricardo. Dona Marisa só o chama assim, é seguida.

PS2 – O motorista do ministro (agente de segurança) é agora CHEFE DO SETOR DE PERÍCIA MÉDICA.

PS3 – Nomeou um delegado da Polícia Federal para esse mesmo Serviço Médico. Não foi liberado pelo setor de origem (síndrome Muricy), está esperando.

PS4 – Diz, sempre, “bibliotecários não fazem nada, tudo inútil”, está removendo a maioria para outros setores.

PS5 – O ministro deveria saber que bibliotecários e médicos têm atribuições próprias e credenciais específicas?

PS6 – Como outros petistas estão esperando, é fácil perguntar: essa eleição será realizada de forma limpa, correta e justa?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *