Ministro Marco Aurélio diz que “não é possível que todos estejam errados” e só Bolsonaro esteja certo

Ministro se disse “pasmo” com atitudes de Bolsonaro no domingo

Rafael Moraes Moura
Estadão

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta segunda-feira, dia 30, ao Estado/Broadcast que ficou “pasmo” com a atitude do presidente Jair Bolsonaro de sair às ruas e cumprimentar populares mesmo diante do avanço da pandemia do novo coronavírus.

Trabalhando de casa, Marco Aurélio também defendeu o distanciamento social como forma de combater a doença. A medida vem sendo defendida por governadores de todo o País e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), mas se tornou alvo de duras críticas de Bolsonaro, que teme o impacto do isolamento sobre a economia.

EXEMPLO VEM DE CIMA – “Não é possível que todos estejam errados, e só o presidente da República esteja certo. Cada qual procede da forma como deve fazer. Vamos repetir mais uma vez e à exaustão: o exemplo vem de cima. Sempre há tempo para evoluir”, afirmou à reportagem Marco Aurélio. O ministro, de 73 anos, se enquadra na faixa etária mais vulnerável aos efeitos da covid-19.

Marco Aurélio reprovou o tour de Jair Bolsonaro pelas ruas do Distrito Federal no último domingo (29), quando o presidente cumprimentou populares e posou para fotos, formando aglomerações em torno do presidente, o que contraria recomendação do próprio Ministério da Saúde.

EVOLUÇÃO – “Eu espero a evolução por parte do presidente quanto a encarar a crise como muito grave. E as medidas devem ser um pouco mais profundas. Eu fiquei pasmo quando vi que ele visitou cidades satélites, confraternizou com o povo, é algo que nos deixa tristes. Muito tristes”, criticou o ministro.

Para Marco Aurélio, “sem dúvida” o isolamento social é a melhor forma, neste momento, de frear a propagação da covid-19. “Temos de guardar a quarentena, para não inviabilizar o atendimento médico no campo da saúde, porque se houver um número excessivo de contagiados, a nossa saúde não atenderá a todos. Isso que preocupa”, frisou o ministro.

PREVENÇÃO – Nesta segunda-feira, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que a população tem que seguir as orientações dos Estados na condução das ações de combate ao coronavírus. A afirmação de Mandetta contraria frontalmente a posição que tem sido defendida por Bolsonaro, que não tem poupado críticas duras aos Estados, por causa de suas quarentenas.

Em meio à controvérsia, Marco Aurélio defendeu um esforço conjunto e um discurso unificado sobre a questão, para garantir segurança jurídica. “O Brasil é continental, precisamos realmente de uma solidariedade ampla dos entes. A ótica é só uma: viabilizar a saúde, bem maior que está em cheque”, resumiu o ministro.

65 thoughts on “Ministro Marco Aurélio diz que “não é possível que todos estejam errados” e só Bolsonaro esteja certo

  1. “De onde vem?

    SARS-COV-2 é um novo vírus; nem o conhecemos há seis meses. E, como todos os novos vírus, apresenta grandes desafios epidemiológicos e biológicos. O primeiro deles é a sua origem. A única maneira de ter certeza sobre esse assunto é estudar os dados genômicos que felizmente estão disponíveis para a ciência desde pouco tempo após os primeiros surtos na China. Comparando esses dados com os de outros coronavírus históricos, podemos ter certeza de que é de origem natural.Porque Os vírus usam estruturas proteicas para se fundirem com receptores nas células invasoras. No caso do SARS-CoV-2, essas estruturas foram identificadas e não são semelhantes às de nenhum vírus conhecido. Se alguém quisesse projetar um patógeno em laboratório, teria que confiar nas proteínas encontradas em outros vírus. A especificidade do SARS-CoV-2 mostra que é um vírus que sofreu mutação na natureza. O problema é determinar onde evoluiu.”

    https://www.larazon.es/salud/20200330/e6qd5bb255ajrd67r7lu62styu.html

  2. O Milagre do Coronavírus!!!
    Hoje, conversando com meu irmão Ozorio, que também é médico percebemos que de repente ninguém mais morre, todos viraram imortais da noite para o dia.
    A única morte que se admite é por coronavírus. A humanidade virou imortal. Que sonho lindo.
    A imprensa sensacionalista, venal e desonesta esconde a morte e nos mostra um único monstro: o coronavírus.
    Este sim mata, o resto não existe. Desapareceram os óbitos por qualquer outra doença.
    Até dizem que tem governador proibindo as pessoas morrerem de outra causa que não por coronavírus.
    Converso com meu irmão e pergunto. Será mesmo que viramos imortais? Que somos os escolhidos de Deus para só morrermos de uma única causa?
    Bem, de minha parte eu acredito em Deus, mas não acredito no que a impressa diz sobre a nossa imortalidade repentina. Nem meu irmão acredita. Então vejamos: o Brasil registra 200 casos de tuberculose por dia, foram 4881 mortes por tuberculose só em 2019.
    Essas pararam todas quando o coronavírus chegou, milagre!
    Mas como somos o país dos milagres eles aconteceram também com a Dengue, o Brasil registrou 332.397 casos de dengue nas primeiras 10 semanas de 2020 (até 7 de março) com 77 mortes.
    Mas com a chegada do coronavírus a Dengue fugiu para o mato e ninguém mais morreu de dengue. Não é um verdadeiro milagre?
    Esses são dados oficiais, qualquer um tem acesso (menos os jornalistas). Nos perguntamos, a malária também sumiu? A febre amarela, a esquistossomose, a diarreia infecciosa, os infartos do coração, os derrames, o câncer, os acidentes? Nos tornamos, de repente, o povo mais imortal do planeta. Que maravilha!!!
    Ninguém mais tem apendicite! (Se tiver não dá para operar porque o respirador está reservado para o coronavírus). Somos imortais.
    Durante 24h por dia nossos telejornais só noticiam mortes pelo coronavírus, esse mágico vírus que curou todas as doenças e tomou para si, sozinho, a tarefa de matar a humanidade.
    E logo arrumou aliados, uma imprensa falida moral e economicamente, governantes inescrupulosos pensando na próxima eleição e um povo idiotizado por 20 anos de doutrinação.
    O resultado desses 3 fatores foi maravilhoso: a imortalidade.
    Em quarenta anos de medicina, 20 como professor, nunca vi tantos ignorantes em matéria de epidemiologia serem entrevistados, tanta mentira ser contada como verdade, tantas pessoas serem enganadas por jornalistas e governantes.
    E quando alguém diz algo inconveniente na TV logo cortam a imagem (caso do Dr Anthony Wong, por exemplo).
    Há interesse em apavorar a população, entrevistas combinadas, perguntas e respostas combinadas, nada pode ser dito diferente.
    E o povo acredita nesses cretinos!
    Depois de passar a imortalidade do Coronavírus me cobrem quem matou mais?
    As doenças citadas acima ou o apavorante, poderoso e nunca visto flagelo da humanidade, o coronavírus!
    Essa será a grande desculpa para prefeitos maus gestores e governadores atolados em dívidas justificarem suas falhas, foi o coronavírus! Todos se aproveitando do vírus!
    Mas tem algo que o coronavírus não contava, algo mais forte que ele, mais poderoso, capaz de nos trazer de volta à vulgaridade de sermos humanos novamente, sermos mortais, esse algo poderoso se chama fome!
    Essa maldita nos acordará da maravilhosa imortalidade que vivemos!!!
    Claro que os boletos vão dar uma ajudinha e nos mostrar, também, o quanto estão nos mentindo. Quem viver verá!
    Escrito por mim, Prof Dr Honório Menezes, no sábado à noite, 28/março, sem ter o que fazer, conversando com meu irmão e aproveitando a imortalidade.

        • Sim, mas qualquer um pode escrever o que quiser. Inclusive, colocar dados falsos, como parecem estar no texto. Por isso perguntei qual a fonte.

          Não acredito que alguém responsável, que trabalhe na área da medicina, possa colocar tais afirmações.

          • Caro leitor e comentarista Jose Vidal,
            É ÓBVIO que qualquer pessoa pode escrever o que quiser, afinal de contas ainda não estamos vivendo em um regime totalitário no Brasil.
            Se o eleito tivesse sido em 2018 o poste do presidiário, provavelmente não poderia mais escrever o que quiséssemos, pois de acordo com o plano de governo do PT uma das metas era o CONTROLE DA MÍDIA SOCIAL, é o que li do programa de governo no site do referido partido político.
            O leitor e comentarista não perguntou qual é a fonte do escrito, mas sim quem é o professor Dr. Honorio Menezes.
            Justamente por afirmar ser profissional da medicina e achando interessante o que escreveu o Dr. Honorio Menezes é que resolvi compartilhar.
            Outra coisa totalmente diferente é o leitor e comentarista não concordar com as afirmações feitas pelo referido profissional da medicina, que é um direito seu e do qual não tenho o menor interesse.

      • Um pediatra.
        Não é especialista em nenhuma área pertinente ao combate ao SARS-COV-2
        Segue:

        Cursei Medicina na Universidade Federal de Santa Maria (1980), Residência Médica em Pediatria na UFSM (1982), Research Associate da Pediatric Critical Care Section do Baylor College of Medicine, Houston, Texas, USA (1988), Mestrado em Pediatria pela Universidade Federal do Paraná (1990) e Doutorado em Medicina (Cardiologia) pelo Instituto de Cardiologia do RS – Fundação Universitária de Cardiologia (1998). Especialista em Pediatria pela SBP-AMB, CNRM e CFM. Atualmente sou pesquisador da Fundação Universitária de Cardiologia/Instituto de Cardiologia do RS (FUC/ICRS), revisor do Jornal de Pediatria, da Revista AMRIGS, Arquivos Médicos da Universidade Luterana do Brasil e do Diabetes, Metabolic Syndrome and Obesity: Targets and Therapy. Consultor Ad Doc do CNPq, pesquisador FAPERGS. Membro do Grupo de Pesquisa em Cardiologia Fetal da FUC/ICRS/CNPq. Tenho experiência na área de Medicina, com ênfase em Saúde Materno-Infantil, atuando em pesquisa principalmente nos seguintes temas: cardiologia, medicina fetal, diabetes, medicina experimental e bioética.

        Escavador

  3. Em 1936 Nossa Senhora da Graça apareceu em PE avisando que o Brasil teria 3 castigos.

    Creio que sejam 3 ditaduras anticomunistas.

    A primeira teria sido o Estado Novo de Vargas … contra o Comunismo Soviético kkk KKK kkk

    A segunda teria sido o Autoritarismo ArenoMilitar contra a Dissidência Interna dentro do PC de Prestes.

    Creio que a terceira pode ser contra o Comunismo Popular … porém, precisa de Autorização do Ministério Público, né???

    Sds.

  4. Realmente, mas este crápula, vaidoso, que nunca foi juiz, está entre os seis dos piores da pocilga stf, quer é aparecer.
    Que vá ver o trabalho do governo.
    É um asqueroso, prepotente e desprezível.
    Para ele e os demais seis, a resposta do General Heleno.

  5. Quando é o presidente que faz críticas, a mídia amestrada condena. Já, o canalha do stf quando a faz tem todo o apoio da boa e velha imprensa corrupta que perdeu a mordomia que tinha com o dinheiro público graças ao terrível Bolsonaro.

  6. Fernando Luiz de Albuquerque Lima, meu prezado … está na Cidadã:

    Seção III
    Da Responsabilidade do Presidente da República
    Art. 85. São crimes de responsabilidade os atos do Presidente da República que atentem contra a Constituição Federal e, especialmente, contra:
    I – a existência da União;
    II – o livre exercício do Poder Legislativo, do Poder Judiciário, do Ministério Público e dos Poderes constitucionais das unidades da Federação;
    III – o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais;
    IV – a segurança interna do País;
    V – a probidade na administração;
    VI – a lei orçamentária;
    VII – o cumprimento das leis e das decisões judiciais.
    Parágrafo único. Esses crimes serão definidos em lei especial, que estabelecerá as normas de processo e julgamento.
    Art. 86. Admitida a acusação contra o Presidente da República, por dois terços da Câmara dos Deputados, será ele submetido a julgamento perante o Supremo Tribunal Federal, nas infrações penais comuns, ou perante o Senado Federal, nos crimes de responsabilidade.
    § 1º O Presidente ficará suspenso de suas funções:
    I – nas infrações penais comuns, se recebida a denúncia ou queixa-crime pelo Supremo Tribunal Federal;
    II – nos crimes de responsabilidade, após a instauração do processo pelo Senado Federal.
    § 2º Se, decorrido o prazo de cento e oitenta dias, o julgamento não estiver concluído, cessará o afastamento do Presidente, sem prejuízo do regular prosseguimento do processo.
    § 3º Enquanto não sobrevier sentença condenatória, nas infrações comuns, o Presidente da República não estará sujeito a prisão.
    § 4º O Presidente da República, na vigência de seu mandato, não pode ser responsabilizado por atos estranhos ao exercício de suas funções.
    … … …
    Onde???

  7. A justificativa dos autoritários para violar direitos fundamentais sacramentados na Constituição (trabalhar para sustentar a família, ir e vir e reunir-se pacificamente) é a recomendação da OMS e projeções pseudo-científicas.

    Ontem, o comuna que preside a OMS adotou integralmente o discurso do Presidente Bolsonaro, com tá OK e tudo. A TI e os mé®dias, que se empenham 24/7 para derrubar o Presidente, estão num silêncio ensurdecedor, sobre a declaração da OMS.

    O urubu togado deve ser um leitor da TI e telespectador da Globo, por isso desconhece os procedimentos adotados pelo Japão, Alemanha, Suécia, entre outros países e põe-se a falar supremas besteiras (fosse mais novo, eu lhe recomendaria o “Sobre Falar Merda”, de Harry Frankfurt).

    Quem receita quarentena total ignora a experiência médica no tratamento de doenças infecto-contagiosas sem medicação eficaz: isolar os doentes. Foi assim com a tuberculose, com a lepra e outros males que atacam a raça humana.

    Se alguém tem dúvidas sobre a quem interessa a panicodemia, basta descobrir as quatro palavras mais ouvidas nos últimos dias: coronavírus, renúncia, impeachment e isolamento (do Presidente). Definitivamente, os crápulas não estão preocupados com a saúde mental, corporal ou econômica da nação.

    • Quais são os procedimentos adotados no Japão, Suécia, Alemanha?

      O diretor da OMS no vídeo fala que o isolamento social é o mais eficaz para evitar-se a propagação do vírus, mas ele também defende políticas sociais dos governos para aqueles que perderam a renda.

    • Muito bom, caro José Guilherme. Então, estamos no caminho certo. Já tinha lido em vários sites internacionais as mesmas recomendações. Mas os testes em massa é algo difícil para alguns países. Talvez a polêmica seja o uso de máscaras. Lavar as mãos seguidamente, não cumprimentar com contato, lavar as roupas, não colocar as mãos no rosto, evitar aglomerações, sejam coisas mais fáceis de convencer (mas em um país que em muitas comunidades, falta o básico é difícil).

  8. João Amaury Belem, excelente a carta que juntaste, redigida pelo Prof Dr Honório Menezes, segundo ele, “aproveitando a imortalidade.”

    Muito representativo este pedaço do magnífico texto …”E logo arrumou aliados, uma imprensa falida moral e economicamente, governantes inescrupulosos pensando na próxima eleição e um povo idiotizado por 20 anos de doutrinação.
    O resultado desses 3 fatores foi maravilhoso: a imortalidade.”

    Esse retrato-síntese que ele faz de nosso azarado país, uma simbiose imoral entre a imprensa imunda e governantes corruptos, o que gerou o povo idiotizado é prova incontestável de que Deus existe, mas não é brasileiro …

    Aproveito meus minutos de “imortalidade” para parabenizá-lo e também ao Prof Dr Honório Menezes.

  9. Ainda não entendi por que tanto brasileiro defende a China com unhas e dentes? É outro caso para a NASA estudar…
    Sobre a reportagem de 2015 na RAI, que todos tentam esconder,aí vai a matéria da “insignificante” revista Nature sobre as pesquisas chinesas implantando proteína de morcego no vírus Sars, o transformando em um supervirus com possibilidade de infectar humanos e causar… a morte.
    Em 2015 eles já faziam estes experimentos considerados por parte do mundo acadêmico como arriscado e desnecessário. E diziam que iriam continuar. Mas, como sempre curiosamente, os acadêmicos “chefes” se levantam e afirmam peremptoriamente: ficção! Com o parco conhecimento que temos hoje do covid-19.
    O futuro dirá a verdade.
    https://www.nature.com/news/engineered-bat-virus-stirs-debate-over-risky-research-1.18787

      • Como a matéria é impactante NINGUÉM comenta aqui na TI. Existe uma ordem para que os robôs fiquem quietos para não espalhar a informação.
        Ignoram pois é BATOM NA CUECA!

      • “De onde vem?

        SARS-COV-2 é um novo vírus; nem o conhecemos há seis meses. E, como todos os novos vírus, apresenta grandes desafios epidemiológicos e biológicos. O primeiro deles é a sua origem. A única maneira de ter certeza sobre esse assunto é estudar os dados genômicos que felizmente estão disponíveis para a ciência desde pouco tempo após os primeiros surtos na China. Comparando esses dados com os de outros coronavírus históricos, podemos ter certeza de que é de origem natural.Porque Os vírus usam estruturas proteicas para se fundirem com receptores nas células invasoras. No caso do SARS-CoV-2, essas estruturas foram identificadas e não são semelhantes às de nenhum vírus conhecido. Se alguém quisesse projetar um patógeno em laboratório, teria que confiar nas proteínas encontradas em outros vírus. A especificidade do SARS-CoV-2 mostra que é um vírus que sofreu mutação na natureza. O problema é determinar onde evoluiu.”

    • Se soubessem do que a china(ESTADO POLITICO) é capaz, teriam medo terror pavor trauma e todas as paúras existente no universo, são eles iguais a gafanhotos.
      Quando eles entrarem aqui o brasileiro não vai servir nem pra faxineiro, e vai ser escravizado igual ao povo chines

  10. Isso é vergonhoso. Precisamos exigir nos movimentos democráticos populares mais dignidade e caracter daqueles que nos representam.
    Tendo dito isso, vale ressaltar que juizes do STF não deveriam dar opiniões públicas sobre assuntos fora da sua área, especialmente sobre os outros poderes.
    O país está virando (se já não é) uma zona sem cafetão: todo mundo apita e ninguém tem razão.

  11. É um drama. A Globolixo e vários políticos, entre outras posições incentivando aos locatários a solicitarem redução de seus aluguéis junto aos locadores, quando muitos aposentados complementam a ridícula aposentadoria paga por nosso governo com esses aluguéis, que são provenientes de um esforço de toda uma vida para a aquisição desses imóveis… Maia em pronunciamento inicial falava que TODOS os membros do judiciário, legislativo e executivo deveriam dar a sua contribuição com a redução temporária de seus supersalários e auxílios diversos como gasolina, viagens aéreas, etc e esse dinheiro ser destinado a saúde. Alguém ouviu alguma nova movimentação dos nossos “imortais” do pico da pirâmide quanto a esse importante tema?

  12. Espaço para quem não é empedernido, vê o que o governo está fazendo nas circunstâncias atuais, e não se nega evidências, porque racionais e objetivas.

  13. Comentários dúbios e confusos não esclarecem a real situação no Brasil e no mundo sobre o vírus.

    Ontem, fiz uma postagem sobre uma pesquisa inglesa, que Aranha foi categórico em dizer que era ridículo.
    Não sei por que cargas d’água, as que ele posta seriam absolutas e as únicas verdadeiras!

    Portanto, a questão continua sendo debatida não como doença, porém em termos políticos.

    Notícias de agora dão conta que os americanos entraram com um pedido de 20 trilhões de dólares contra a China pelo genocídio mundial:

    https://www.businesstoday.in/current/world/usd-20-trillion-lawsuit-against-china-us-group-says-coronavirus-bioweapon/story/399071.html?fbclid=IwAR35vFVuEYFxUB5BoFg5iV4JK7NK7NK4NK4NK

    A razão deste pedido:
    Trump, que pensava como Bolsonaro em não isolar o país, voltou atrás dias antes.
    Por quê?!
    Descobriram que o COVID-19 não matou três mil e poucos chineses.
    PORÉM MAIS DE 40 MIL MORTOS!!!!
    Quarentena nos Estados Unidos vai ATÉ 30 DE ABRIL.

    Os corpos foram incinerados, então não se via o movimento de caminhões levando os corpos como na Itália e Espanha!

    Logo, a reportagem de ontem sobre as mortes que poderão acontecer não são expectativas ridículas, pelo contrário, agora com mais credibilidade.

    Outra questão:
    Vídeos, link, informações, que abordam espiões, guerra bacteriológica, crime contra a humanidade … NÃO DIMINUEM A VIRULÊNCIA DA CONTAMINAÇÃO!

    A doença é séria e grave porque nova, ainda sem prevenção (vacinas) e medicamentes específicos (somente testes).

    Bolsonaro age como um criminoso, e deveria ser mesmo impedido de continuar governando!

    Ontem, mais uma vez se atritou com a imprensa no cercado da entrada ou saída do Alvorada.
    Sob os gritos de “mito” de meia dúzia de idiotas e imbecis, questionado sobre os porquês de agir contrariamente ao ministro da Saúde, Bolsonaro teve a petulância de usar um espectador que vaiava a mídia lá presente, dizendo que o seu apoiador iria responder as perguntas!

    Evidentemente que os repórteres se retiraram, deixando o energúmeno berrando que a imprensa era contra o povo!!!

    Trump admitiu, no cais do porto, onde chegava o navio-hospital com mil leitos, que a previsão mais otimista seria até 200 mil mortos;
    na pessimista, um milhão!
    Então decidiu pelo isolamento social dos americanos até 30 de abril, quando soube que em Wuhan morreram 40 mil pessoas!!!

    • Bendl, sobre a parte que me toca:
      O modelo matemático do Imperial College foi feito para países da Europa e EUA. Está lá no pdf disponibilizado no site deles.
      Não há uma única linha sobre o Brasil. Não sei quem pediu esta “adaptação”, que não é cientificamente comum, para avaliar o nosso caso.
      Sobre o modelo feito para europa e EUA, com seus algoritmos e pressupostos, acadêmicos da USP questionam suas diretrizes. Vai aí uma artigo recente sobre isto.
      https://jornal.usp.br/ciencias/ciencias-exatas-e-da-terra/matematica-preve-cenarios-para-covid-19-e-muda-rumo-de-governos/
      Considero, assim como o especialista que postei, os modelos limitados principalmente quando “adaptados”.l.

      • Bem, li os argumentos. E acho que há um consenso: a curva de contaminação não pode ser tão acentuada de modo a que o sistema de saúde do país estudado não dê conta. A retomada das atividades, após medidas restritivas não pode ser abrupta, caso contrário, volta ao início. Quanto ao número de infectados por pessoa, se não houver testes massivos, é um fator a ser chutado.

  14. Enquanto a maioria se preocupa com a doença, a esquerda faz política.

    Um de seus dogmas é que nela até o hediondo justifica sua prática.

    Foi só Trump, seguido de Bolsonaro alardear melhoras com o uso da Cloroquina junto a azetromicina, que a esquerda se transtornou.

    Fosse o Castro de Cuba que o fizesse….

    • Ontem os EUA começaram a usar o protocolo da hidroxicloroquina com azitromicina no início e plasma em casos em UTI. Seria uma notícia de enorme interesse de todos. Afinal a mais rica nação do mundo está usando oficialmente remédios que podem curar a doença.
      O que fez seu bonner e seus asseclas ativistas.
      IGNOROU e não deu um pio sobre isso.
      Chama-se essa farsa de jornalismo?

  15. Aranha,

    “Ontem os EUA começaram a usar o protocolo da hidroxicloroquina com azitromicina no início e plasma em casos em UTI. ”

    CASOS EM UTI, ou seja, em situações extremas, onde o paciente está com o pé na cova, e se tenta recuperá-lo com novos protocolos.
    Afora os problemas de toxicidade da droga para pacientes com problemas cardíacos, que tem a maioria dos idosos.

    • Bendl,
      Por favor, eu escrevi “no início”. Este protocolo funciona quando a infecção começou pois freia a multiplicação do vírus aumentando o pH das células e dificultando a introdução do RNA nelas. Já quando o paciente está entubado o protocolo usado já há 100 anos é dar plasma de um paciente são que tem os anticorpos pois vai direto para o sangue e tenta reverter o quadro.
      São protocolos já testados há anos e que estão sendo adaptados para o NOVO vírus, pois obviamente nada ainda foi feito.
      Não entendo tanta ojeriza pela cura!
      As pessoas acham que ficar em casa somente vai fazer o corona ir embora de tédio? Quando todo mundo sair a rua de novo ele reaparecerá, talvez maior forte ou não. Ninguém sabe nada ainda em definitivo.
      Até nos filmes de ficção o clímax é descobrir a cura.
      Abs

      • Aranha,

        NÃO TENHO OJERIZA PELA CURA, até porque não estou no grupo de risco, SOU O RISCO DO GRUPO!!!

        Também não contesto nada, protocolo algum!
        Apenas tenho dito que devemos ser mais cautelosos com tratamentos descobertos recentemente.
        Notícias que podem ser otimistas não devem ser levadas à risca, porém com prudência e expectativas positivas.
        MAIS NADA!

        Agora, Aranha, ainda bem que as experiências sempre tiveram seus críticos, pois os autores aperfeiçoaram seus inventos e descobertas para uma vida melhor a cada ser humano.

        Digamos que eu seja aquele cara das restrições.
        Não posso ser rotulado de comunista, socialista, de ser contrário à cura, de discordar da liberação do povo para ir trabalhar …
        Apenas exponho minhas opiniões, e como alguém demasiadamente interessado que se encontra um tratamento eficiente e eficaz para o COVID-19.

        Por enquanto, meras especulações, suposições e teses.

        • Bendl,
          Você é realmente um democrata pelos teus textos. Acontece que atrás dos debates técnicos que tentamos manter aqui na TI, vem uma matilha politizando, tergiversando e tentando desconstruir o principal que é a busca de caminhos que façam voltarmos a alguma normalidade. E a cura é a principal delas.
          Sobre ojeriza pela cura não te citava em destaque, falava dos que parecem insistir no quanto pior melhor para pegar a chave do cofre.

          • Aranha,

            Nada melhor que dialogar para eliminar possíveis mal-entendidos.

            Perfeito.
            Não há questões entre nós de discordâncias, de diferenças.
            Digamos eu ser mais voltado para o lado de São Tomé – ver para crer -, que nutrir uma esperança que depois não se concretize!

            Mas estamos rigorosamente no mesmo barco, e temos de remar a favor da correnteza, e não contra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *