Ministro tenta minimizar reunião de Lula sobre Pasadena

Paulo Roberto Costa e Lula: tudo a ver

Talita Fernandes
Estadão

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse nesta segunda-feira, 8, que “há muita especulação” sobre o encontro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, um dos delatores da Operação Lava Jato, às vésperas da compra da refinaria de Pasadena pela estatal, em 2006.

“Nessa hora há muita especulação que não leva a nada”, disse o ministro, minimizando o impacto do encontro no rumo das investigações. “Acho que esse tipo de situação por óbvio não traz nada”, respondeu Cardozo a ser questionado sobre o tema durante lançamento de uma consulta pública sobre corrupção.

Em matéria publicada na última sexta-feira, 6, o jornal O Estado de S. Paulo mostrou documento que revela encontro de Lula com Costa em Brasília, 31 dias antes de a Petrobras efetuar a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. A compra da refinaria é alvo de investigações e provocou um prejuízo de R$ 792 milhões aos cofres públicos, segundo relatório do Tribunal de Contas da União (TCU). Oposição cobra explicação sobre encontro de Lula com Costa

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG –
O ministro da Justiça, desta vez, tem toda razão. Realmente, a reunião entre o então diretor da Petrobras e o presidente da República, para conversar sobre Pasadena, conforme está assinalado na agenda da Petrobras, uma mês antes de a estatal fechar o negócio, não teve a menor importância. Foi apenas coincidênciaou a entrevista de Cardozo merece concorrer à Maior Piada do Ano. (C.N.)  

9 thoughts on “Ministro tenta minimizar reunião de Lula sobre Pasadena

  1. Enquanto Lula, o cafajeste de palanque ainda anda lépido e solto rindo de todos os brasileiros, dona Dilma senta a sua bunda num caríssimo modelo de bicicleta , deixando transparecer que nada do que acontece hoje neste país tem relação direta com as merdas ( desculpem a expressão) que fez em seu nefasto primeiro mandato, o Brasil vai descendo uma ladeira que vai demorar muitos anos , à custa do sacrifício de todos nós , para conseguir subir novamente.

    O Boletim Focus retrata com muita fidelidade, o que teremos pela frente.
    Inflação em disparada , sem tendência de queda, beirando a casa dos 8,46%
    Expectativa de queda acentuada do PIB, que por hora está a – 1,36%, mas com grande possibilidade de abaixar mais.
    Previsão de taxa de juros a 14% no fim do ano, que é a maior taxa de juros do planeta

    E essa estrovenga chamada de presidente pedala por Brasília como se estivesse em mundo cor de rosa.

  2. Novamente ‘exportaram’ mais uma plataforma, para melhorar o saldo da balança comercial.
    ” Depois de um abril horroroso e um maio um pouco melhor, o governo lançou mão de uma ajudinha para minorar o problema da balança comercial.

    De acordo com dados oficiais, a balança comercial registrou um superávit de 1,976 bilhão de dólares na primeira semana de junho.

    Para isso, contou com a exportação de uma plataforma para extração de petróleo no valor de 690 milhões de dólares. Uma plataforma que foi “exportada”, mas nunca deixou o Brasil – e nem deixará.

    Assim, o vermelho da balança em 2015 até agora é de 329 milhões de dólares. Sem a plataforma o déficit teria ultrapassado 1 bilhão de dólares.

    Ressalte-se que o governo não está cometendo qualquer ilegalidade. Trata-se, porém, de um velho expediente, conhecido como Repetro (leia mais aqui). Mas que desde julho de 2014 não era usado.

    Por Lauro Jardim

  3. Listando-se os nomes dos ex-ministros da Justiça, chega-se a fácil, singela e cabal conclusão: o atual é uma farsa. mai do que sua declaração concorrer a “piada do ano”, seu autor é um humorista que tenta alegrar um bebum. É ruim, mas está no nível do governo e da liderança que o usa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *