Ministros do STF são audaciosos e não temem colocar em risco a democracia

Resultado de imagem para supremo charges

Charge do Mariano (Charge Online)

Carlos Newton

É claro que não existe mobilização para um golpe militar e a situação é muito diferente do quadro que se formou em 1964, quando havia importantes lideranças civis envolvidas, como Carlos Lacerda, Magalhães Pinto e Roberto Marinho, com os Estados Unidos monitorando tudo, preocupados com a expansão do comunismo pós-Cuba. Mal comparando, o que existe hoje é apenas uma esculhambação institucional que causa muita preocupação às Forças Armadas, mas não há uma conspiração militar em evolução no País.

É claro que as Forças Armadas acompanham atentamente as tentativas da chamada Operação Abafa, que visa a inviabilizar a Lava Jato,  tal como aconteceu na Itália com a Mãos Limpas (“Mani Pulite”) no final do século passado.

A FORÇA DA WEB – A grande diferença com o ocorrido na Itália é que naquela época a internet apenas engatinhava e não existiam as redes sociais. Sem comunicação via celular, o quadro era outro e ocorreu a reviravolta que redundou na volta da corrupção, em esquema conduzido pelo empresário Silvio Berlusconi, uma espécie de Roberto Marinho à italiana, que resolveu se tornar político para melhor dominar o país.

Desde 2015, Berlusconi está condenado a três anos de prisão por subornar um senador, mas continua impune, pois a Itália. sob determinados aspectos, é realmente muito parecida com o Brasil.

A diferença é que nos dias de hoje a internet funciona como os olhos e ouvidos na nação. Nada passa despercebido, as reações são simultâneas. Por isso, a Lava Jato tem resistido a tantas manobras.

UM NOVO MUNDO – É impressionante como o mundo já se modificou depois da internet e a democracia continua evoluindo. A Lava Jato é um fenômeno dos novos tempos. Por mais que haja boicote, a força-tarefa (Polícia Federal, Ministério Público e Receita Federal) segue em frente, estimulada pela nova geração de magistrados.

Apesar dessa realidade inquestionável, há ministros do Supremo que não percebem o que acontece à sua volta. A recente mensagem do general Villas Bôas foi uma clara advertência. Mas os Cavaleiros do Apocalipse da era moderna (na Bíblia eram quatro, mas no Supremo brasileiro são cinco) nem ligaram para o que disse o comandante do Exército. Muito pelo contrário, aliás. Resolveram afrontá-lo, tendo Celso de Mello como porta-voz.

Na sessão de quarta-feira, Marco Aurélio Mello e Ricardo Lewandowski pressionaram incansavelmente a ministra Rosa Weber e depois peitaram a presidente Cármen Lúcia, para exigir que coloque logo em pauta as duas ações que contestam a prisão após segunda instância. Ou seja, a cavalgada apocalíptica não terminou.

BATALHA FINAL – O relator Marco Aurélio Mello ia usar o Regimento do STF para pôr em julgamento as duas ações que garantem a impunidade dos corruptos. Mais uma vez os cinco Cavaleiros do Apocalipse iriam tentar desesperadamente convencer Rosa Weber e Alexandre de Moraes a mudarem de posição, para libertar Lula e o resto da turma, incluindo Sérgio Cabral, Geddel Vieira Lima, Eduardo Cunha, José Dirceu, Henrique Eduardo Alves e os demais envolvidos em corrupção e outros crimes.

Mas a presidente Cármen Lúcia desfez a manobra, ao colocar em pauta dois pedidos de habeas corpus, que têm preferência. Com isso, fica adiada a nova tentativa desses ignóbeis ministros do Supremo, que já demonstraram não se preocupar com os interesses nacionais nem com a estabilidade da democracia. Como se diz baianamente na “axé music”, os ministros/sinistros não estão nem aí.

###
P.S. –
O mais impressionante é que eles não acreditam em intervenção militar nem se importam de serem alvos da execração pública. Em breve, nenhum deles se arriscará a frequentar restaurantes, participar de eventos abertos ou viajar em aviões comerciais. Na luta para libertar os corruptos, esses ministros do Supremo estão se tornando prisioneiros de si mesmos, destinados a viver em prisão domiciliar eterna, que eles mesmos decretaram. (C.N.)

16 thoughts on “Ministros do STF são audaciosos e não temem colocar em risco a democracia

  1. Temer acaba de nomear Moreira Franco (gato angorá) para o cargo de Ministro de Minas e Energia (reforçar o foro privilegiado)

    A PGR Raquel Dodge tem que fazer a 3ª denúncia contra Temer.

    Caso contrário ela estará cometendo crime de prevaricação !!!

  2. O tempo é curto para passar o Brasil a limpo antes das eleições 2018. Mas o certo sera resolver AGORA!
    A caneta vai impedir que a lei acabe com os malfeitores, mais uma vez?
    Não há outra saída, há que impedir o atual governo e fechar o STF…
    O exercício é hercúleo!
    Com quantos Moros e Forças Tarefa, alinhados com o propósito de arrumar a casa, podemos contar, no Brasil?

  3. E pensar que já estaríamos nos livrando de alguns desses “ministros”, se a famigerada lei dos 75 anos não tivesse sido aprovada.

    Marco Aurélio Collor, Lewandowski, o sinistro, Celso de Melo, o famoso Rolando Lero, etc, etc etc..

    • Já que vc tocou nesse assunto, é bom lembrar que, à epoca em que foi aprovada, a emenda constitucional que aumenta a idade de aposentadoria compulsória dos ministros do STF para 75 anos foi efusivamente comemorada, pois impediria a então presidente Dilma de nomear mais dois ministros em seu governo, pois Celso de Mello e Marco Aurélio atingiriam a idade limite de 70 anos durante seu governo, era Dilma quem iria indicar seus substitutos.

  4. Caro Carlos Newton, muito interessante essa matéria, porém ao que diz respeito aos cavalheiros do apocalipse, te pergunto: você acha que eles estão preocupados com opinião pública, ética e dignidade???
    Essa turma aí sabe muito bem o tipo de “bando” que é o povo brasileiro.
    Eles sabem que estamos as portas do início do campeonato brasileiro de futebol e da copa do mundo (ou seja, sabem que o brasileiro estará com outro foco).
    Esqueça, amigo. A população irá continuar fazendo o de sempre (NADA).
    E os poucos que se preocupam em viver em um país mais digno, acaba sendo uma minoria insignificante.
    Quanto aos militares, eles não farão nada, pois são subordinados as ordens do presidente (que também está enrolado em denúncias).
    Moral da história, vai continuar esse “chove e não molha” e em setembro DT irá ser o presidente do stf, e aí todos sabem o final (Lula solto e liberado para concorrer às eleições).
    Tem gente que fala que não tem como o Lula vir a ser candidato, mas acabam esquecendo que os cavalheiros do apocalipse são experts em “brechas na lei” (ainda mais tendo um dos cavalheiros como “chefe” da casa).

  5. O que acontece CN é que a maioria já tem plano B/C/D e certamente o E. De nós, só querem o $, quando o “bicho” pegar, eles vão para Portugal, EUA, e, etc.
    Se nós do povinho já estamos “nos mandando” para Portugal para depooois procurar trabalho, imagine estes demônios.
    A muito tempo não leio o Théo Fernandes, ele diz que estes “caras”, vão pagar tudo no dia do juízo final; mas aí já é tarde para quem morreu na fila do hospital, ou num buraco da estrada ou de doença transmitida por falta de saneamento básico, ou por bala perdida ou e principalmente pela falta de competitividade motivada por uma educação falida.
    É uma lástima.

  6. A grande parte das desgraças acima é resultado da hedionda e maldita corrupção.
    É duro ouvir que não existe “clima” para uma intervenção militar por falta de cidadãos como Carlos Lacerda, Magalhães Pinto e outros.

  7. Caro Newton, simplesmente assino e dos comentaristas. STF está stf; que Deus no ajude a sair pacificamente dessa situação tenebrosa.

  8. Não há segurança jurídica. Simples assim.

    A interpretação das leis voa ao sabor dos ventos.

    Hoje se entende assim. Amanhã se entende assado. E la nave va.

  9. Realmente a situação hoje é distinta. Na verdade, é muito, muitíssimo pior. A diferença é que não temos mais uma mega nação como a URSS querendo o domínio do planeta, nem os EUA brigando por mercado, nem a guerra fria que resultou disso. Hoje sem pressão o STF não funciona como STF, nem o Congresso funciona como Congresso. A corrupção se institucionalizou a ponto de merecer setores inteiros em empresas, específicos para tratar de corrupção. Hoje se as FA tomassem o poder, não teriam o apoio necessário de fora. Estariam sozinhos e a partir daí o país sofreria com as sanções internacionais e internamente de retaliações contra os militares. Mas uma intervenção constitucional, seria sim viável e de grande aprovação popular.

    • Esqueça amigo, os militares já devem ter sido alertados pelos Estados Unidos para não tomarem o poder.
      Claro que já passou da hora de alguma coisa ser feita. Esse pessoal aí que está metendo a mão na nação, deveria ter medo de alguma coisa, mas a corrupção é tanta, que acho que no Brasil, a LAVA JATO será eterna, pois cada vez que futuca um buraco, encontra uma caverna.
      Não vejo chance nenhuma de melhorar alguma coisa, pois o Exército não terá como intervir.

    • Não podemos nos desmobilizar, agora!
      Precisamos tomar as ruas e levar os militares conosco, pois não existe nada mais PERIGOSO do que esses CINCO ministros do STF!
      Os que moram em Brasilia têm uma tarefa pra lá de especial: pressionarem , em frente ao stf, pela MANUTENÇÃO DA SALUTAR E INDISPENSÁVEL JURISPRUDÊNCIA SOBRE A PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA.
      Outra coisa: precisamos avançar e COBRAR dos candidatos a Presidente que se manifestem sobre :

      1) Prisão na PRIMEIRA instância;
      2) Fim das indicações políticas para o Supremo;
      3)Fim do Foro privilegiado;
      4) Fim da catastrófica lei que impede ser investigado, o Presidente da República, no exercício do mandato.
      5) Concurso Público para Ministros do STF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *